Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE "ESPINHELA CAÍDA"

Ele a procurou.Queria conversar.
Era uma visita quase rotineira, não fosse a inquietação em saber se estava tudo certo.
De aparência franzina e caminhar lento, sentou-se calmamente e com olhos ainda brilhantes, tirou o chapéu  de couro surrado, e estendeu-lhe a mão.
-Bom dia, "moça"! Oia, não se preocupa não, tô bem. "Mode o que" tenho uma dorzinha na "pá", mas posso me demorar não!Tenho que voltar ao trabaio!
Só queria saber se é a tar da "espinhela caída"! Dei uma "emperrada"!
Ela fez o de praxe, e ele muito acanhado, retrucou:
Oia, vai olhar "as partes' não, ô moça! No meu tempo tinha disso não!
Ela o acalmou.
-Vou olhar nadinha não seu FLORISVALDO, é só a espinhela mesmo...e o senhor tem todo direito desse mundo de emperrar a tal da espinhela!
Mas oia , ô moça!- ainda tenho muito trabaio nessa vida!
-Mas seu Florisvaldo, com setenta anos pode dar uma paradinha só para poder sarar, pode não?
-Setenta que nada, ô moça! Noventa semana que vem!
Não era possível! Devia haver algum engano de documentação-pensou.
-Tá bom seu  Florisvaldo, apenas um remedinho e nada de serviço pesado, certo?
-Oia, ô moça...vixi santa!- assento tijolo lá nos prédio.Sou pedreiro, e dos bom, moça!
-Mas seu Florisvaldo, isso não é possível! É pesado...DEMAIS!
-É serviço pesado não...é pois? Só uns tijolinho...costumei já, moça...
FIcou perplexa. Era um exemplo  para MUITAS vidas!
Levantou sofregamente a espinhela da cadeira, recolocou o chapéu, e lá se foi o seu Florisvaldo, assentar os seus tijolinhos de vida, daquela sua impressionante construção...apesar da espinhela caída...
Porque viver...é só querer...
-Até quarquer dia...moça...

(Verídico, NOME FICTÍCIO.)
MAVI
Enviado por MAVI em 26/10/2007
Reeditado em 26/10/2007
Código do texto: T711028

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5424 textos (339153 leituras)
991 áudios (86925 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 07:04)
MAVI