Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se precisar de mim

Ele abre a porta deseperado e me traz sua notícia.
Eu estava fazendo macarrão ao molho branco.
Eu nunca entendi muito bem por que as pessoas choram, mas se alguém aparece chorando a sua frente pode ter certeza que será um tédio. Ouvir lamentações dos outros não é uma das minhas qualidades, mas eu estava lá e era obrigado.
Há sempre uma tendência em esperar pelo pior para encontrar soluções obvias. A maior parte das decisões só são tomadas quando se arma um cenário de tristeza.
Então é aquele buá-buá encenado. Como bom mentiroso que sou, sempre finjo preocupação, mas nessa etapa da minha vida, meu macarrão marece maior atenção.
As sete etapas de uma solução para problemas "problemas" são:
Planejamento
Sabotagem
Buá-buá
Lamentação
Megalomania
Benção
e ufa!
Somando tudo isso dá: Esquizofrenia dissociativa de ausência.
No meu programa de ajuda para dependentes de amor e sexo consta que devo amar a mim mesmo (ou seja, ser egoísta) e que um vício é superado pelo controle rigoroso de si mesmo (ou seja, queime-se com o cigarro, mas não faça sexo, corte seus punhos transversalmente, mas não faça sexo, use drogas, mas não faça sexo, mate alguém, mas não faça sexo).
É preciso tirar de um lado para colocar em outro. Alguém se fode para o outro ser feliz.
Todo vício é uma forma de fuga, um escape para os dramas da vida. Se não estivessemos drogados ou bêbados o que mais restaria? Tristeza, angustia, tédio, ansiedade. Ninguém vira alcoolatra por que quer, porra. A vida é complicada.
Ele me diz que não suporta a pressão de ser quem ele é, e que não tem culpa de ter nascido com defeito.
Ok. O que eu falo para ele?
Mate-se
Mate-se
Mate-se
Mate-se
Não, é melhor mentir.
Então digo:
- A vida é uma merda, mas tudo passa.
Vai esperando, otário.
Quando se finge uma vida, torna-se mais fácil de conseguir sexo fácil. As mentiras da minha vida são:
1 - Amante das artes: Sexo
2 - Plagiador de poetas: Sexo
3 - Músico: Sexo
4 - Médico: Sexo
5 - Ter pai rico: Sexo
6 - Ser rico: Sexo
7 - Inteligente: Sexo
As 7 mulheres que tive em toda minha vida foram à base da mentira. E dizem que mulheres são complicadas.
Mas nada se compara as reuniões dos sexolatras. Como um grupo de reunião de ajuda pode ajudar justamente pessoas que não podem se reunir. Cara, não é preciso ter mais de 1 neurônio para descobrir que aquilo é um parque de diversões.
Tem branca, negra, parda, loira, morena, é só escolher.
Ele diz que não consegue se relacionar com mulheres e que talvez esse seja o maior problema de sua vida: carência.
Ok, ok. Se você já passou dos 18 e é virgem tem que visitar um grupo de sexólatras.
Ele diz que sente falta de calor humano e que a vida não é justa em deixá-lo na solidão. Depois cita os procedimentos:
1 - "Ser eu mesmo"
2 - "Ser ético"
3 - "Minha mãe me ensinou..."
4 - "Ser sincero"
Digo que a vida é uma merda. E completo dizendo que não sou gay.
Por mais que eu enrolasse, ele já sabia o que fazer, então eu era apenas um aprovador das suas decisões. É por isso que os psicólogos ficam em um silêncio idiota, eles estudam anos só para aprender que as pessoas simplesmente fazem tudo sozinhas.
É tudo mera formalidade.
"Quem pensa demais, acaba ficando burro".
Talvez depois de um tempo ele entenda que a vida é cão come cão e que as leis sociais não se diferenciam muito das leis da natureza. Que no mundo vale tudo e que seleção natural se aplica ao mundo social.
- "Ética é um monte de merda que se embrulha e joga fora" - foi o que me disseram.
Não há como errar.
Plínio Platus
Enviado por Plínio Platus em 09/11/2007
Reeditado em 24/01/2008
Código do texto: T730011
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Plínio Platus
São Paulo - São Paulo - Brasil, 102 anos
81 textos (8219 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:18)
Plínio Platus