Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anos Dourados (1960)

De dia eu trabalhava de Almoxarife,
Na Vila eu era o Xerife.
A noite eu cabulava no Virgilia,
E Tula sempre na minha compania.

De sábado, eu e o Nenê no Palestra,
Ver o Palmeiras, era uma festa.
Havia Djalmas, Dudu e Ademir da Guia,
Cezar e Leivinha, completava a Academia.

Domingo tinha missa na Alvorada,
E mama , caprichava da macarronada.
A TV Record, reunia a moçada,
Para ver Roberto e a Jovem Guarda.

A Usp , ainda em construção,
Lógo é invadida por Samangos e Canhão.
O berço da democracia vira repressão,
A burguesia no Dops, descia pro porão.

Hoje no INPS, sentado num  banquinho,
Ouço Beatles e Zeca Pagodinho.
Penso com saudade, na minha mocidade,
Que foi uma grande felicidade.
Bossi
Enviado por Bossi em 26/11/2007
Código do texto: T753634
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bossi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 67 anos
98 textos (9794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 20:52)
Bossi