Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vidas Breves V

A roupa ainda estava no varal e tinha começado a chover. Era sempre assim, bastava começar a novela pra acontecer algo que lhe pedia a atenção. Será que São Pedro não podia colaborar dessa vez? Era o último capítulo e ela não queria perder nada. Quando se levantou da poltrona manchada que tinha na sala pequena para tirar a roupa da chuva aumentou o volume para não perder nem uma fala. O Texto era importante, já que não poderia ver a cena, através dele poderia imaginar toda a sequência de eventos que viriam em seguida. Quase como estar do lado da TV, vendo tudo.
Do lado de fora, a chuva começava a ficar forte, e as roupas molhadas. Trovões eram ouvidos de vez em quando, o que a impedia de ouvir as preciosas vozes dos atores. Ela começou a juntar a roupa em um cesto grande próximo ao tanque e longe da chuva. Se fosse rápida poderia terminar antes do casamento de Thiago com Rachel.
Na TV as vozes eram estridentes: "Abaixe a arma Leandro!","Não, se afaste de mim!". Droga estava perdendo a prisão de Leandro. Então um trovão. Aquilo foi um tiro? Mataram Leandro? Ou foi ele que atirou?
Ela pegou a última blusa, nunca tinha reparado no furo perto da gola. Sentiu um calor no peito e caiu ajoelhada, molhada e sangrando. Morava próxima ao morro. Sua mãe sempre disse que aquele lugar era perigoso. Quando fechou os olhos, a única coisa que conseguia pensar era "quem deu o tiro?"
gothmate
Enviado por gothmate em 28/11/2005
Código do texto: T77934

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (por gothmate igni delirium). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gothmate
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
26 textos (1005 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:18)
gothmate