Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O caminhar na vida

Os caminhos da vida levam a jornadas em busca de ideais. Uma jornada é o que se pode dizer estar galgando montanha. Nesse subir, encontram-se acidentes que causam desânimo, mas ao olhar para o alto ver-se-á o brilho da estrela visionária que atrái.

O objetivo é alcançar o alto, caminhar na planície é encontrar coisas fáceis e banais. Galgar a montanha, subir ao cume e vislumbrar de lá as maravilhas do mundo. É poder ver melhor.

Do alto também pode-se descobrir e encontrar preciosidades perdidas no vale. Quem sobe desfaz impecilhos que dificultam a caminhada; quem sobe procura conhecer mais e melhor do que outros; compreende que o lôdo nunca fica sobre a água límpida, ele se esconde no fundo do poço.

É galgando a montanha que se retempera para superar a mediocridade. É no alto que o ar é mais puro e revigorante. Não se pode permanecer apenas de cima, necessário se torna voltar à planície a fim de constatarem os valores adquiridos, pelo confronto com o comum.

É no alto que se livra da peçonha da víbora, que, com seus botes, procura atacar.

A atração divina impele sempre para cima, é só deixar que ela o conduza.

Na subida, procure nunca estar sozinho, leve consigo alguém a quem possa ajudar.  Um deslize pode levar a despemhadeiro, a uma nova jornada, a um novo objetivo, talvez mais árduo de ser alcançado, e fica um pouco mais adiante.  Mas quem busca realmente não desiste.

O alto da montanha é a razão da sua escalada. O passo final, talvez o mais difícil, mas é a culminância de um destino.

Compreender o objetivo da jornada é alcançar a recompensa.
Zilda
Enviado por Zilda em 20/08/2006
Reeditado em 16/09/2006
Código do texto: T220800
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zilda
Brumado - Bahia - Brasil, 93 anos
52 textos (10064 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:59)
Zilda