Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Diário da ceifadora - outro mundo, três colegas

Diário da ceifadora, 6 de dezembro de 2011


Eu não deveria chamar você de diário se não escrevo todos os dias. Que tal folgário, por escrever em quase todas as folgas? É um nome estranho, mas convincente. Hoje fiz uma visita a outro mundo, bem mais interessante e antigo do que esse nosso... mais evoluído também. Lá existem três ceifadores responsáveis por tudo. Os ceifadores de lá também tem responsabilidades grandes, e sabem detalhes técnicos interessantes, foi um bom aprendizado. Basicamente, eles recolhem a alma, e também todo o prana que aquele espírito juntou durante sua passagem por lá. Prana é um tipo de energia mais forte, a própria vida em si... cada um deles é encarregado por um tipo de morte, o que gera uma hierarquia interessante. Do mais fraco para o mais forte, o primeiro se chama Versag, e sua foice se chama foice de tuurem. Ele cuida das mortes por suicídio. A hierarquia de poder é construída pela quantidade de prana que cada um ceifa. Como geralmente pessoas se suicidam cedo, ele é o que menos recolhe. Os outros disseram que ele tem uma péssima mania de largar sua foice para as criaturas a pegarem. Assim ele manipula o novo portador da foice, causando caos e levando este a ser eliminado. Ou seja, a foice de Tuurem leva o portador direto para sua própria morte. Um suicídio. Na verdade, o verdadeiro nome é foice de Vertrag. Significa contrato em uma das línguas do meu mundo(extinta por lá. La só existe a língua dos armeiros, a dos orcs, e a das divindades). Uma arma poderosa dominada através de um contrato de morte. O segundo se chama Darukian. Esse, na minha opinião é o mais interessante. Ele cuida das mortes causadas pelos outros. Ou seja, as "mortes matadas". O mais interessante sobre ele é que ele vive dentro de um garoto. E eu sei quem é o garoto. O garoto é tão destrutivo quanto o próprio ceifador que abriga. Aqui ele seria um ninguém, lá ele é conhecido por Omni Raitun. Há toda uma hierarquia de poderes lá. Ele é como um "Arklord", um carinha de posto bem alto pra idade dele... dizem que essa é a trigésima sétima vida da alma dele e que uma profecia irá se cumprir, não sei qual. Não sei o que houve também para um ceifador estar dividindo o corpo com um garoto, uma raposa e um espírito de uma espada(garoto realmente estranho...como ele concilia isso tudo é uma boa pergunta. Um humano bem intrigante, se é que é humano. Não achei polido ficar perguntando essas coisas como visita). O garoto me sentiu, e chamou o Darukian. Ele ficou mais alto, mais imponente, mudou as roupas pra um capuz que só deixava a mostra o brilho de duas pupilas brancas e verticais. É um ceifador imponente. A foice dele se chama "Despairus, a lâmina do desespero". Os suicídios são atos de desespero, mas uma boa tortura antes da morte traz um desespero muito maior. O medo de morrer em uma batalha. O desespero do mais fraco quando está prestes a ser aniquilado. É isso que alimenta a foice de Darukian. Ele é meio irritadiço, mas se deu bem com o garoto. Seja lá o que tenha feito, se a intenção era castigá-lo colocando no corpo de um humano, deram o castigo errado. A última da hierarquia é uma deusa, literalmente. Se chama Mizushi. Ela era a deusa que controlava o espírito da água, era a vida... mas ao se revoltar com os pais foi banida para o submundo, e agora cuida das almas que sobrevivem até o grande regente dizer que acabou para elas. Ela cuida das mortes "naturais", dos que "morrem de velhice", das "mortes morridas". Por isso ela absorve mais, guerreiros e suicidas duram muito menos do que anciões. Ah, deve ser uma sensação maravilhosa carregar uma alma de 2 mil anos ou mais... nunca terei esse prazer no meu mundo retrógrado e cinza. Curiosamente, a foice dela se chama ceifadora. Está manipulando uma garota que está ligada ao garoto do Darukian. Dizem as lendas das criaturas do lugar que ela está se fortalecendo para se libertar, uma nova revolta. Lá existem três foices, e esses são conhecidos por "Os três deuses da morte.". Darukian e Mizushi tem a mesma habilidade, mas o nível de prana dela é maior. É como duas pessoas possuírem a mesma instrução e habilidade com espadas, mas uma delas ter mais força física. Porém, o garoto do Darukian me é familiar. Talvez ele não seja de lá. Talvez ele seja a chave da coisa toda. Como boa visita, não fiquei perguntando esses detalhes. Apenas perguntei como as criaturas chamavam o lugar: Montris. Espero que apareça uma nova folga logo, quero investigar o estranho garoto que carrega a morte, a espada e a raposa. E uma massagem, sim, uma massagem... e uma alma de 2 mil anos. Até a próxima, querido folgário.
Dija Darkdija
Enviado por Dija Darkdija em 06/12/2010
Código do texto: T2656505
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Por favor, atribuir autoria a Dija Darkdija e citar o blog http://dijadarkdija.blogspot.com/) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dija Darkdija
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 24 anos
1580 textos (48063 leituras)
9 áudios (329 audições)
4 e-livros (160 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 07:16)
Dija Darkdija