Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apenas um conto...


Um dia uma mocinha de minha estima me perguntou porque eu não escrevia contos, e sem imaginar como começar a escreve-los eu coloquei um som estilo celta no meu aparelho de som e fechei os olhos...
Minutos se passavam e eu ainda estava de olhos fechados,
Viajei para uma época distante, onde haviam florestas encantadas e cheias de magia...
Onde podíamos nos banhar em belas cachoeiras cheias de paz e livres..
Então ainda de olhos fechados, contemplei o dia nascendo diante de meus olhos... minha alma se revigorava a cada fagulha que penetrava nas árvores a minha volta...
Eu sentia o cheiro do orvalho deixado pela noite fria e perfeita que havia terminado...
A fogueira de outrora já não existia mais.. eram apenas lembranças e fumaça...carvão e pequenas pepitas brilhantes quase sem calor e luz..pois o dia havia chegado..
Estava lindo, os animais passeavam pela margem do rio e os pássaros cantavam intensamente...
Ouvi então um bater de asas e um grito ecoando em minha direção, ao olhar para o céu vi uma bela águia com uma fita vermelha em sua pata... ela então calmamente pousou em meu braço, eu a aconcheguei enquanto via as borboletas dançarem sobre as flores...
Encantada com tal visual me encaminhei à aldeia...
De pés descalço e com uma cesta de flores amarelas e brancas eu caminhava por entre os arbustos da floresta..
A águia minha fiel companheira me acompanhava em seu lindo vôo planando sobre mim...
Vivi... sonhei, cresci e acordei.
Senhora da Luz
Enviado por Senhora da Luz em 20/08/2005
Código do texto: T43986
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Senhora da Luz
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 41 anos
40 textos (5509 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:39)
Senhora da Luz