Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHAPEUZINHO VERMELHO

CHAPEUZINHO VERMELHO


             QUAL O NOME DELE?

             Caminhava  pela floresta uma garota com um Chapeuzinho Vermelho sapeca a “bessa” cantando:
             - Eu vou, eu vou, eu vou levar comidinha para a vovó eu vou...( Esse refrão é de outra estória).

             Ela era acompanhada de longe por um faminto lobo mau que usando um atalho passa a frente dela e a ataca a moça...
             - Come a comida da vovozinha não...
             - Como não, é você que eu vou comer...

             Então ele cumpre o prometido e a deixa continuar cantando feliz:
             - Como a vida é bela...

             Quando chega na casa da vovó ela vê deitada na cama da velha uma figura desengonçada e pergunta:
             - Vovó pra que um olhão desce?
             - É pra melhor lhe ver!...
             - E pra que uma bocão desse?
             - É para melhor comer...

             Ela sentiu pelo cheiro deixando o comida em cima da cômoda gritando:
             - Socorro a vovó foi comida, socorro a vovó foi comida...

             Um lenhador alto, forte, de olhos azuis, loiro e “taradão”, que trabalhava nas cercanias ouviu o apelo da garota e veio em seu auxilio:

             - O que foi menina?’
             - O lobo-mau tá lá dentro da casa comendo a vovó...

             Pegando-a em sua mão correu para a casa da vovó e viu que o lobo após comer a comida da Chapeuzinho Vermelho, mais uma vez comia a vovozinha.

            - Com um salto magnífico o herói caiu sobre o lobo dominou e começou a come-lo...Logo depois comeu a vovozinha que a muito era sua velha comida, puxou a neta para a cama falando:
            - Vem cá adoro comida nova...

            Alguém já deve ter ouvido essa estória a eles indago:
            - Qual é o nome do loiro, alto, forte, de olhos azuis e “taradão”?...
            - Ah é isso aí mesmo. É Ricardão...
            Em tempo esse conto não é pedofilia a garota já tem mais de cem anos...
            Esqueci de acrescentar todos sairam dali felizes para sempre.

             Goiânia, 1/11/13.
jurinha caldas
Enviado por jurinha caldas em 01/11/2013
Código do texto: T4551579
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jurinha caldas
Goiânia - Goiás - Brasil, 72 anos
6206 textos (301644 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/14 21:05)
jurinha caldas



Rádio Poética