Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOBRES PENSAMENTOS


O fato aconteceu assim de repente. Ela chegou, parou na minha frente, dizendo que queria conversar comigo. Para quem conhece Elisabeth, isto mesmo, com th no final, sabe que ela é o que tem de melhor na natureza humana. Em outras palavras; ela é gostosa. Muito gostosa. Não vou detalhar o seu corpo porque é só imaginar a mulher dos seus sonhos e pronto, ai esta ela. Linda e pronta para o uso.

Eu fiquei totalmente sem ação, alias, sempre fico quando ela aparece.

_O que você quer falar comigo, perguntei por perguntar. Não conseguia atinar o que ela poderia querer falar comigo.
_É que toda a vez que eu passo por você, tenho a nítida impressão de que escuto os seus pensamentos.
_Não pode ser! Ninguém pode!
_É verdade! Eu escuto os seus pensamentos. Todos eles.
_Todos?
_Sim todos.
_Você não esta imaginando coisas?
_Acredito que não! É sempre quando estou perto de você. Nunca com outras pessoas. Só com você.
_Mas isto é impossível! Será que você é alguma vidente?
_Claro que não! No começo eu não sabia de onde eles vinham, ate agora.
_Como assim, ate agora! Parece que você sabe de quem são os pensamentos que anda  escutando. Falei só para ter a certeza de que eram meus os pensamentos que ela ouvia. Se realmente fossem os meus, então estaria perdido. Penso em fazer tanta coisa com ela que ate eu mesmo me envergonho do que penso.
_Sei de quem são os pensamentos que escuto. São seus. E não adianta dizer que não são, porque sei que são.
_Ora, você deve estar brincando comigo. É impossível ler pensamentos dos outros.
_Pode até ser! Mas que eu escuto teus pensamentos, isto eu escuto.
Será que ela estava falando a verdade ou querendo tirar um sarro comigo? Eu confesso que estava ficando confuso. E se ela realmente tivesse esta capacidade de ler os pensamentos, então já sabia o que pensava dela.
_Então ta, disse olhando nos olhos dela, quero ver se você sabe o que eu estou pensando agora!
_Isto é fácil! Facílimo! Disse ela sorrindo maravilhosamente.
_Então diga de uma vez, não fique enrolando!
_Você quer fazer sexo comigo.
_Não foi isto que pensei agora. Fazer sexo com você é conseqüência, é um pensamento primário, faz parte da natureza do homem. Portanto, este pensamento não vale.
_Como não vale! Vale sim senhor. Foi isto o que você pensou, ou estava pensando, o que importa é que pensou, disse ela demonstrando irritação.
_Esta bem, disse para tentar acalma-la, eu acredito em você. Eu não podia ver uma mulher chorando na minha frente que já me derretia todo.  Então comecei a passar a mão no seu rosto numa tentativa de carinho.
_Pode ir tirando esta mão dai, não se esqueça de que eu sei o que voce pensa.
_Eu só ia lhe fazer um carinho.
_Eu sei! Muitas crianças nasceram assim com gestos carinhosos como este.
_Ta bem então, disse contrariado.
Permaneci alguns minutos em silêncio. Precisava organizar meus pensamentos, ou melhor, esconde-los dela.   Mas como esconder pensamentos de alguém que pode le-los? Eu tinha que encontrar uma solução para este impasse.
_Cuidado com o que pensa, dise ela maliciosamente. Eu sei o que você esta pensando.
_Sabe mesmo? Indaguei olhando bem nos seus olhos.
Antes que ela pudesse reagir, eu comecei a beija-la e acariciar seu  corpo avidamente e em pouco tempo estávamos fazendo amor. A melhor parte foi  ver a expressão dela tentando entender o que havia acontecido, porque ela não estava conseguindo ler meus pensamentos.
Depois, quando osol começava a surgir no céu, ela abriu os olhos e disse que eu podia fazer o que estava pensando, mas que era melhor eu não pensar muito para não estragar a surpresa.
_Dane-se os pensamentos, disse ela beijando meus lábios.
Adão Jorge dos Santos
Enviado por Adão Jorge dos Santos em 30/08/2005
Código do texto: T46137
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Adão Jorge dos Santos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
70 textos (8136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:47)
Adão Jorge dos Santos