Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor além da vida

Todos os dias ela atravessa aquele jardim....
Havia dias em que de semblante baixo e taciturno ela olhava na direcção oposta para ver se sentado naqueles bancos da praça que estava ali a poucos metros do caminho dela aquele senhor de cabelos brancos a alimentar as aves que por saberem certo o alimento ali colocado voavam em torno daquela criatura que transmitia calma e bondade com seu ato de alimenta-los.

Um dia ao atravessar o jardim não resistiu e perguntou:
_O senhor vem todos os dias a essa praça, senta-se aqui e espera os pombos silenciosamente e os alimenta .....
Deu um sorriso e disse ainda:
_ As mesmas horas sempre...
-Ele,muito calmamente elevou os olhos para olha-la e disse:
-Na verdade não sou eu quem os alimenta ....
-É o amor que ainda esta vivo em mim...
-E que não posso deixar morrer...
-Repito os mesmo actos, os mesmos movimentos que eu e a mulher da minha vida fazíamos todos os dias de nossa vida juntos.
- Mesmo durante a doença dela, ela vinha me fazer companhia nessa minha aventura diária .
Ela se despediu dele, agradeceu a atenção e foi-se prometendo retornar no outro dia .
Aquele homem, com sua atitude queria manter o espírito de seu amor sempre presente.
O amor é eternizado em nossos corações....
-Quando amamos alguém de verdade, mesmo que o corpo já não exista mais, o espírito e os bons sentimentos sempre são lembrados.
Era isso que ela acreditava ....E aquele homem tb.....
Olhou para o relógio e saiu apressada .
Demorou mais do que deveria nessas suas divagações.
Aquele dia passou rápido .
No outro dia passou de novo pela mesma praça e lá estava aquele homem a repetir mais uma vez seus actos quotidianos....
Alimentar os pássaros e falar com seu amor como se ela lá estivesse.
A brisa aquela manhã estava fresca, era começo de outono ....
As folhas caiam das árvores com o suave toque que recebiam dela .
Olhou para o relógio e pensou:
-Não posso deixar d lhe dar um olá ...
Que iria pensar da minha pessoa se eu não o cumprimentasse?
Assim, todos os dias antes de ir para o trabalho ia até onde o seu agora já amigo se sentava, dava o seu bom dia, falava sobre as coisas de seu passado, de como sua esposa ficaria contente de saber onde ela estivesse que tinha sido realmente amada por ele e que ele perpetuara seus gostos e atitudes com a natureza que ela tanto amava .
E passaram-se dias, o inverno entrou com seu rigoroso frio feito chicote a cortar a pele de suas mãos....
Ela ia mais uma vez passar pela praça .
Estranhou passar por ali e não ver mais seu amigo ....
Parou e olhou para os lados para ver se havia mais algum frequentador que como ela conversava com o homem triste que todos os dias ia para ali alimentar os pássaros .
Adiante estava sentada em outro banco uma senhora ela se aproximou e perguntou:
-A senhora viu por esses dias o homem que vêm aqui todas as manhãs alimentar os pássaros?
Ela olhou para ela e disse:
-Coitado, era um bom homem!
Se apiedava desses pobres seres voadores....
-Ela perguntou ....
Mas coitado porque?
Aconteceu algo a ele?
A mulher muito séria disse:
-A senhora o conhecia?
-Ela respondeu:
-Sim
Todos os dias passava por aqui e sentava ao seu lado a observar a sua tão graciosa maneira de prestar uma homenagem ao seu amor que já havia partido .
Dizia que era uma maneira de estar mais perto dela .
-Mas me diga senhora ....
-O que aconteceu a ele?
-Estava tão bem na sexta feira, que foi o ultimo dia que o vi.
-A senhora sabe me dizer algo?
-A mulher respondeu:
-Ele foi encontrado na noite de sábado, sentado aqui congelado com um sorriso nos lábios e as mãos entendidas como se estivesse a aceitar as mãos que alguém lhe oferecia .
Ela na mesma hora lembrou-se do que ele havia lhe dito:
“ Se deus por misericórdia me achar merecedor, partirei em breve para junto de meu amor e lá  no jardim abençoado dos céus nós nos juntaremos de novo a alimentar nossas tão amadas aves.”

Bem amigo ....Fostes feliz....ainda bem....
Deu adeus a mulher, agradeceu-lhe a informação e foi embora feliz
Pedindo a deus que Tb a abençoa-se com um amor assim...
Amor além da vida .

Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 16/09/2005
Código do texto: T51131

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36703 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:28)
Wanda Ayala