Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

- Então é assim. Começas por ir à escola saber os preços. Mas, espera... preciso olhar bem para ti - na sua sabedoria infinita de deus esquecido num Olimpo com deuses a mais -


- Tens sempre que olhar para mim! - ela sorria sempre, sentia-se bem pela disponibilidade infinita que ele tinha para ela -

- Calma miúda! Ouve-me... sei o que digo. Estás perfeita. Na idade perfeita para aprenderes!

- És suspeito meu querido - e ainda sorria mais. Dava muitas vezes por si assim, sentia-se desejada, mas apenas o via como um amigo muito especial -

- Sou quem te pode ajudar. Não vais cair na conversa daquela gente, já lá andei, lembras-te? - o seu ar de santo protector evidenciava-se -

- E vais voltar, vou-te fazer voltar!

- Veremos até que ponto eu o posso fazer - adoptando um ar sério, grave mesmo...

- Mau!... quer dizer, vens com a filosofia, a sabedoria, mas para agir já não serves?

- Sabes bem como é a minha vida! - ele não a via como amiga querida, esse papel podia ser desempenhado por outras mulheres, mas com ela estava noutra dimensão -

- Não sei! Nem quero saber! Tanta vontade de ajudares e afinal? - a sua graça era natural e nem a súbita vermelhidão que lhe assaltava o rosto quando se deixava dominar pela tensão lhe tirava o charme. Não deixava de ser engraçado porque ela apenas o via como um amigo, o irmão que nunca tivera. A única pessoa que a deixava insegura à mais pequena contrariedade.

- És um amor! - quando a via assim, pegava-lhe sempre nas mãos quando a queria apaziguar e os olhos saltavam das órbitas, vendo-se nitidamente o brilho que apenas se via num amor puro, cristalino -

- Não desvies o assunto meu tonto! - não conseguia resistir, a zanga mal tinha começado, caía por terra, mas ainda assim precisava de o fazer mudar de ideias...

(continua em Amizades Intimas 2)
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 03/09/2007
Reeditado em 08/09/2007
Código do texto: T636980

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (58996 leituras)
50 áudios (13973 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 07:39)
Manuel Marques