Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rirone - Ato 4

Pietra

Todos olhavam com os olhos esbugalhados para aquela figura que causava espanto e paixão ao mesmo tempo. Pietra, a Capitã de Selva, mulher respeitada entre a predominância masculina nas tropas de Fe-ho. Com um olhar duro e sereno ao mesmo tempo, Pietra fitou cada um dos ali presentes e sinalizando com a mão esquerda, indicou o caminho por aonde vieram os soldados da infantaria que partiram desesperadamente.

Encaminhando-os para um pátio interno do palácio, a capitã se posicionou no alto de um palanque improvisado. Ao lado do palanque, uma pilha de entulho, parecia que algo acabara de ser destruído ali mesmo, a poeira ainda pairava no ar.

Ícaro, Rufus e Lili se assentaram bem próximos a pilha de entulho e a curiosidade dos três não deixava dúvidas de que a escolha do lugar foi intencional. Com os olhos grudados na pose militar de Pietra, os calouros se silenciaram para ouvir o que a mulher tinha a dizer:

- Caros recrutas do exército de Fe-ho, é com muito pesar que venho a reafirmar que não teremos cerimônia de iniciação este ano. Todos os nossos esforços foram em vão até agora, e precisaremos de reforços urgentes.

Sem fazer idéia do que se passava, os recrutas já estavam aflitos com o que havia pela frente.

- Não chegou ao conhecimento da população civil, mas estamos operando uma missão secreta de resgate.

Agora, o que pareciam olhos aflitos, brilhava como estrelas cadentes. Os garotos mal podiam acreditar que ao entrarem para o exército já estariam engajados em uma missão.

- A princesa Enfa de Pyros, desapareceu a quatro dias, e as suspeitas de seu pai é de que o ocorrido tenha sido próximo as nossas fronteiras, na região das montanhas monstruosas.

Um sussurro de suspense passou pelos que ali estavam.

- Vocês serão divididos em equipes de três, e partirão rumo as montanhas amanhã de manhã. Perguntas?

Quase que todos levantaram suas mãos, mas por estar bem próximo ao palanque, Rufus foi o felizardo:

- Senhor, que tipo de equipamentos levaremos conosco senhor?

- Apenas sua espada de iniciação soldado. Mais alguma pergunta?

Antes que outro jovem tivesse a oportunidade, Rufus lançou a segunda:

- Senhor, em caso de encontrarmos a princesa, para onde devemos levá-la?

Ícaro não podia esconder o quanto estava impressionado com a iniciativa do garoto que mal parecia ter largado as fraldas. Lili também ficou impressionada, mas logo a lembrança de que ele era filho de um militar famoso esvaziou sua mente de curiosidade.

- A princesa deve ser encaminhada diretamente ao nosso palácio.

Ao responder a pergunta, Pietra deu meia volta e desceu do palanque. Dois guardas abriram uma imensa porta de aço que mais lembrava a escotilha e um sub-marino e revelaram um corredor mal iluminado de onde jazia um forte cheiro de mofo.

- Soldados, sigam esse corredor e me esperem nos dormitórios. Dentro de duas horas estarei em cada um entregando os uniformes e organizando as equipes.

O guarda acendeu uma lamparina e começou a caminhar rumo aos dormitórios.

- Comam e descansem – Disse a capitã – Estejam preparados para qualquer coisa.

Já no dormitório, os três amigos não se aquietavam e arriscavam palpites para o que poderia esperar por eles nas montanhas.
Ícaro não se esqueceu de mencionar que durante seu treinamento particular com o mestre Shugal, que foi realizado bem próximo as Montanhas Monstruosas, o velho sacerdote já havia mencionado a aparição de monstros recentemente, esses que a muitos anos, haviam desaparecido.

Rodrigo McTusk
Enviado por Rodrigo McTusk em 10/09/2007
Código do texto: T646144

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Rodrigo Viana - http://rirone.blogspot.com) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo McTusk
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
8 textos (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:02)
Rodrigo McTusk