Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Quartu sapidu... - uni adoculare MCCMLXXIV anni posteriores ad factuum!".

Ut quia esset possibile, fiat voluntas nostra in via ludicantis ad-transverse aeternitate et historia... - [para que seja possível, faça-se a nossa vontade no caminho que brinca de atravessar a eternidade e a historia].
Mais uma vez, eu, nascido em Manaus, na estação oito, na estância janeiro, da era mil, novecentos e quarenta e três, a Simome, nascidaa em Santa Maria de Belém do Grão Pará, na estação vinte e cinco, na estância dezembro, da era mil,novecentos e cinquenta e dois, o João, nascido em Floripeia de Nossa Senhora das Neves, atual João Pessoa, na estação trinta, na estância julho, da era mil, novecentos e quarenta e sete, a Raquel, nascida em São João da Ponta, na estação cinco, na estância setembro, da era mil, novecentos e cinquenta, a Dalva, nascida em São Luiz do Maranhão, na estação vinte e nove, na estância outubro, da era mil, novecentos e sessenta e três e a Helena, nascida em Espinosa, na estação vinte e três, na estância outubro, da era mil, novecentos e sessenta e nove, decidimos tomar o metrô de Deus para, viajando na velocidade do planeta Terra, ou seja, dois milhões, quinhentos e setenta e três mil, oitocentos e cinquenta  e seis quilometros lineares, por dia, cobrir as doze mil, trezentos e setenta e um ponto sete, três, sete, dois Unidades Astronômicas (UA's) - [cada Unidade Astonômica equivale a cento e cinquienta milhões de quilometros lineares correspondente a distância entre Sol e Terra] - para descer na cidade de Jerusalém dos dias messiânicos a fim de acompanhar as peregrinações de ninguém mais ninguém menos do que o quarto sábio.
Conta-se que o quarto sábio é nada mais nada menos do que um jovem riquíssimo, habitante da Arábia, chamado Artaban que, desejoso de se encontrar com a maior personalidade da historicidade humana, Jesus, o homem que revela Cristo aos homens, pediu ao pai que adiantasse a sua herança e, atendido, partiu para as não tão distantes terras da Palestina.
Ali chegando, pos-se a peregrinar na tentativa de uma entrevista com o Filho de Deus, para tanto se expondo aos rigores do calor intenso dos dias e do frio cortante das noites...
Ele chegava em Jericó, Jesus havia saído para Betfagé, ele ouvia falar que Jesus se encontrava em Cafarnaum, mas Jesus havia se retirado para Betânia, diziam,o mestre está em Jeruisalém, no entanto, ,ao chegar Ele já havia se encaminhado para o Mar da Galiléia, ele ia ao Mar da Galiléia e Jesus estava no Monte das Oliveiras... - um verdadeiro martírio na busca incessante.
Os recursos de Artaban se tornaram escassos e, certa manhã, a do décimo sexto dia do mês de Nizã no contexfto judaico, trinta e um de março no contexto gregoriano do século vinte e um de onde vimos, procedente de Betânia, Jesus ordena que dois discípulos adentre a lendária Jerusalém e desatem um burrinho para que Ele, montado, entre na cidade. Estamos atentos, à espreita, quando vimos a Artaban se encaminhar na direção de seu Mestre e Senhor, no entanto, a fatalidade, mais uma vez, vai pregar-lhe uma peça, pois no leito de uma viela, segundo o costume dos judeus, uma menina de nove anos é levada como escrava para fins de pagamento de um a dívida contraída por seu pai recém-falecido. Artaban inqire ao usurário; por que fazes isso? É uma tradição entre os judeus, responde o outro... Artaban abre uma espécie de alforge e, de lá, retira o único bem que possui dentre os presentes que haveria de ofertar à Jesus... - uma pérola da fócida!
Assim, apresenta-a ao homem e pergunta:... - Esta pérola é sufuciente para o pagamento da dívida. O homem anui que sim e Artaban sugere:... - É tua deixe a menina em paz com a sua mãe! Os dias se passam, Judas trai à seu Mestre e Senhor, os soldados romanos o prendem, Marcus Pontius Pilatus, ao dizer... - Quia eum scipto, scriptum est - declara que Jesus é o Rei dos Judeus que, sepultado, ressurge dentre os mortos e promove o seu retorno ao seio da Trindade Santa. Artaban, já cansado pelas augruras da vida, adoece e morre... - encontra-se post mortem diante de um ser e, ali, trava-se o diálogo:
Ah... - Senhor! Eu te procurei por toda a vida e não te encontrei. Trazia muitos presentes para te ofertar, mas, hoje, como moribundo, nada possuo.
O Senhor responde:... - Enganas-te Artaban. Eu recebi todos os teus presentes...
Mas, como Jesus tu resebestes todos os meus presentes?
Jesus aclara:... - Quando eu tive fome tu me deste de comer, quando eu tive sede tu me destes de beber, quando eu estive nu tu me vestistes, quando eu tive frio tu me agasalhastes...
Artaban contesta:... - Mas quando Senhor eu te fiz isto se nem ao menos desgrutei da alegria de te encontrar?
Jesus observa:... - Filho quando tu fizestes a um daqueles pequeninos é a eu que tu fazias, por isso vai e descansa em paz!
 
   
           
YOSEPH YOMSHYSHY
Enviado por YOSEPH YOMSHYSHY em 04/11/2007
Código do texto: T722860

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
YOSEPH YOMSHYSHY
Arujá - São Paulo - Brasil, 74 anos
300 textos (24992 leituras)
16 e-livros (213 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:18)
YOSEPH YOMSHYSHY