Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
               QUE SUSTO!

Na noite, ele caminha solitário pela calçada. De súbito, ouve passos. Anda mais rápido sem voltar a cabeça para ver quem o segue. Os passos atrás dele também se aceleram. Quem será? Põe-se a correr. Os passos soam mais fortes e seguem o mesmo ritmo dos seus.

Ninguém na rua. Quer gritar, mas não consegue. A voz não lhe sai da garganta. Um suor gélido começa a escorrer por seu corpo. E os passos continuam a segui-lo.  O cansaço é excessivo. Precisa parar. Está ofegante. Sente que vai desmaiar na calçada. O medo toma conta de sua mente e de seu corpo. Já não suporta mais. Não pode correr nem caminhar.
 
Sente que o agarram. É o seu fim. Pára. Fecha os olhos. Não move um músculo. Está paralisado pelo terror. Então ouve uma voz conhecida:
-Olá amigo! Por que foges? Eu somente queria cumprimentar-te e saber como vais. Olha-me. Não te lembras mais de mim? Conhecemo-nos há algum tempo. Por que não me esperaste? Às vezes, vamos juntos para casa. Sou Miguel. 

Ele encosta-se em uma árvore e desmaia...
Mardilê Friedrich Fabre
Enviado por Mardilê Friedrich Fabre em 11/08/2006
Reeditado em 20/05/2008
Código do texto: T214323
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mardilê Friedrich Fabre ( http://www.recantodasletras.com.br/autores/mardile)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Mardilê Friedrich Fabre
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil
1400 textos (1454340 leituras)
151 e-livros (19464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 01:57)
Mardilê Friedrich Fabre

Site do Escritor