Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORTE ANUNCIADA

   


     Acorde, acooorde...
     O insistente apelo parecia resumir uma angústia de alguém que desejava a companhia ou necessitava falar com alguém sobre alguma coisa importante.
     Eram apenas 3 horas da madrugada.
     Ela abriu os olhos assustados, como se fosse aquilo o seu último desejo.
     - Que saco... me deixe quieta, estou com sono!
     - Você precisa acordar e levantar-se preciso contar-lhe um sonho.
     - O quê, acordou-me para contar um sonho? Ora, me deixe em paz, amanhã você conta. Estou com muito sono.
     - Não, precisa ser agora, é muito importante.
     Virou-se para o lado e tentou novamente dormir.
     - Acooorde, enquanto você não escutar eu não posso  deixá-la dormir.
     - Por quê ?
     - Se você dormir, você morre!
     - Que loucura é essa, pirou de vez?  Por acaso andou tomando alguma droga?
     -  Claro que não e você sabe disso muito bem.
     - Então me deixe em paz, estou com sono, preciso acordar cedo para trabalhar.
     - Eu sei, mas se você dormir, não acordará mais.
     - Tá booom, me conte essa loucura, mas, antes, vá fazer um café para nós.
     Rita saiu, dirigiu-se à cozinha para fazer o café. No armário de frente  pegou tudo de que necessitava, colocou água na vasilha, acendeu o fogo e sentou-se na cadeira, enquanto esperava a água ferver.
     Quando a água ferveu, levou-a ao coador e depois de minutos estava pronto a deliciosa bebida.
     Pegou uma xícara e um copo de vidro e depois de colocar o café neles, dirigiu-se ao quarto.
     Entrou, colocou as vasilhas sobre o criado mudo e
     - Maria, eis nosso café, sente-se para ouvir meu sonho. Ei, Maria! levante-se, o café está aqui.
     - Mariiia!...
      Não adiantava mais. Ela havia dormido.




07-12-07-9.03 VEM




Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 07/12/2007
Reeditado em 15/08/2008
Código do texto: T768262
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (111921 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 08:45)
Vanderleis Maia