Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Labirinto

Tudo começou no ano de 2005, quando uma turma de 3º ano se preparava para ir para a faculdade.A cada dia que passava, mais próxima ficava a formatura e eles esperavam ansiosos por ela.
O ano foi chegando ao fim, os alunos já se preparavam para a despedida e um grupo de amigos comemorava pelo sucesso conseguido naquele ano em seu ponto de encontro.
Os dias se passaram, e  o dia da formatura finalmente chegou, Emily já estava com tudo preparado. A comemoração aconteceria às 19:30 daquele dia quando seu telefone tocou.
Emily pega seu telefone e diz:

_Já tô indo!

Emily desliga o telefone, pega sua bolsa e sai.
Emily havia saído para encontrar seus amigos Raul, Bruna, Alex e Edu. Ao encontrá-los, diz:

_Hoje é o grande dia!
_Você tá preparada?
_Acho que sim, Edu.
_Nós não podemos perder o contato quando nós formos para “facul”.
_Claro que não, Bruna!Nós sempre vamos nos encontrar aqui, no Cyber Café.
_Eu acho melhor nós irmos embora, daqui a pouco nós vamos nos formar.
_Graças a Deus!Depois de tanto sufoco!
_Não exagera, Alex!
_Galera, tchau, tchau!Até a hora da formatura!

Todos vão embora.
Ao chegar em casa, Emily liga o rádio e deita na sua cama.
A campainha toca.
Emily vai abrir a porta e ao abrir vê que é um homem que diz:

_Com licença!Você pode me dizer onde fica a rua Costa e Silva?
_Fica pra lá.
_Muito obrigado!Você está sozinha em casa?Quer que eu te faça companhia?
_Não, obrigada!

Emily tenta fechar a porta, mas o homem a segura e diz:

_Você ainda não me disse seu nome.
_Por que você quer saber o meu nome?
_Curiosidade.
_Emily.
_Muito prazer, eu sou o Paulo.Você tem certeza que não quer uma companhia?
_Tenho sim.
_Por que você não aceita logo que eu fique aqui com você?
_Sai de perto de mim!Socorro!

O homem agarra Emily, a coloca dentro do seu carro e a leva embora.
Os amigos de Emily chegam na festa de formatura e estranham não encontrar nem Emily e nem Alex.
Preocupados, eles ligam para os pais dos dois e eles dizem que não viram seus filhos e que estão preocupados.
O celular de Bruna toca, ela atende e pergunta:

_Quem tá falando?Alô!Alô!Quem é?Fala alguma coisa!Eu vou desligar, hein!

Bruna desliga o celular.
Logo em seguida recebe uma mensagem de texto no celular que diz: “SEUS AMIGOS ESTÃO COMIGO! POR QUE VOCÊ NÃO VEM BUSCÁ-LOS? EU ESTOU NO CARRO EM FRENTE AO CYBER CAFÉ! ESTOU TE ESPERANDO...”.
Depois de ler a mensagem, Bruna diz:

_Edu e Raul, nós precisamos ir ao Cyber!
_Agora?A formatura já vai começar!
_Nossos amigos foram seqüestrados!
_O que?
_É isso mesmo!Eu recebi uma mensagem, olha.
_Isso pode ser uma brincadeira.
_Eu acho melhor verificar.
_Mas pode ser perigoso.
_É um risco que nós vamos correr, vamos!

Raul, Edu e Bruna vão até o Cyber Café.
Ao ver o carro, Bruna diz:

_Vocês ficam aqui.
_Você não vai sozinha!
_É!Nós vamos com você!
_Eu acho melhor não.

O celular de Bruna toca.
Ela percebe que recebeu outra mensagem de texto que diz: “DEIXE SEUS AMIGOS VIREM COM VOCÊ! ASSIM VOCÊ NÃO CORRE NENHUM PERIGO!”.
Bruna diz aos amigos para eles irem com ela até o carro.
Quando chegam perto do carro, a porta abre e eles não vêem ninguém.Bruna e seus amigos colocam a cabeça dentro do carro pra ver se Emily estava lá e ela estava.
Emily estava amarrada e amordaçada, seus amigos entram no carro para salvá-la e de repente a porta se fecha.
O carro liga e começa a se movimentar, depois de tirar a mordaça de Emily, Edu pergunta:

_Emily, cadê o Alex?
_Vocês não deviam ter vindo aqui!
_Nós sabemos, mas responde!Cadê o Alex?
_Ele ficou na casa, Bruna.
_Que casa?
_Eu nunca vi aquela casa, eu só sei que é uma casa muito grande e sinistra.
_O Alex tá bem?
_Ele desmaiou depois de bater com a cabeça quando tentava fugir, mas ele está bem, Bruna.
_Seqüestrados no dia da formatura!Dá pra escrever um filme com esse titulo!

O carro parou.
Um gás foi solto dentro do carro fazendo todos dormirem.
Quando acorda Raul olha em volta e vê seus amigos dormindo e diz:

_Gente!Acordem!Pô, galera!Acorda.
_Onde nós estamos?
_Não faço a mínima idéia, mas ali tem uma porta e ali tem outra.
_Edu, acorda!
_Que lugar é esse?
_Nós vamos descobrir isso agora.Vamos!

Os quatro amigos passam por uma porta e saem em outro cômodo.Ao ver mais portas, Emily conclui:

_Eu já sei que lugar é esse.
_Eu também acho que eu sei.
_Bruna, se você pensou que isso é um labirinto, você acertou!
_Eu não acredito que no dia da minha formatura, eu estou preso em um labirinto!
_Quem seria o louco que faria isso com a gente?

De repente uma voz falou:

_Eu!O professor Willian De Luca.
_Professor?
_Eu disse que eu voltaria pra me vingar daqueles que fizeram eu ser demitido e depois ser preso.
_O senhor foi preso por matar cinco alunos com aquela machadinha!
_É mesmo!E ainda usou aquele nome patético!O homem da machadinha...
_Por isso que vocês estão aí, por me achar patético!Outros amigos de vocês também estão aí!
_Que amigos?
_Aqueles que faziam parte do grêmio estudantil junto com vocês!A Camila, o Davi, o Victor e a Julia!Ah!E o Alex também está com eles!Divirtam-se no meu brinquedinho, há, há, há, há...

Os quatro amigos começam a andar e encontram seus outros amigos.Ao ver Alex, Bruna corre e pergunta:

_Alex, você está bem?
_Tô ótimo!Olha quem está aqui!
_Oi gente!
_Que pena, nos encontrarmos aqui, não é?
_Esse homem é um louco!Ele não devia ter sido preso em uma cadeia e sim em um hospício!
_Como é que nós vamos sair daqui?
_Boa pergunta, Julia!
_Nós não podemos ficar aqui parados.
_Esse lugar pode ser enorme.
_Mas nós temos que tentar encontrar a saída, se nós entramos, nós vamos sair!

Os amigos começam a caminhar.
Durante o percurso, eles ouvem a voz do professor Willian dizendo:

_Tomem todo cuidado possível!Durante o caminho vocês vão encontrar algumas surpresinhas...
_Que surpresinhas?
_Ah, isso vocês vão ter que descobrir.
_Desgraçado!
_Não fale assim do professor de vocês.
_O senhor foi um péssimo professor!
_Não fale assim comigo, Victor!
_Por que não?
_Porque eu não gosto.
_Por que você prendeu a gente aqui?
_Nossa!Quantos porquês!Esse vai ser o último porquê que eu vou responder!Até rimou!
_Responde logo!Por que você nos prendeu aqui?
_Porque eu quero me vingar de todos que me prejudicaram! Aguardem as surpresas!Boa sorte pra vocês, vocês vão precisar!

Depois de ouvir isso, Camila pergunta:

_Que surpresinhas são essas?
_Sei lá.
_Eu espero que não seja nada muito ruim.
_Aaaahhhh...
_O que aconteceu, Camila?
_Eu quebrei a minha unha.
_Você não muda esse seu jeito, hein.
_Nós temos que nos preocupar em sair daqui e não com unhas quebradas!
_Me desculpe.Eu não queria assustar.
_Mas assustou.
_O que será que esse psicopata preparou contra nós?
_Eu não faço a mínima idéia.
_Nós temos que encontrar a saída o mais rápido possível antes que as surpresinhas comecem a aparecer.

Eles continuaram andando e encontraram um papel.
Davi pegou o papel e começou a ler para os seus amigos.

"Muitas surpresas aguardam por vocês!
Não vejo a hora de começar a minha vingança...
Vocês estão prontos?
Espero que sim, pois não perdem por esperar...

Ass: Professor Willian De Luca"

Ao acabar de ler, Davi diz:

_Ele deve ter muita raiva da gente.
_É o que parece.
_Parece até que ele quer nos matar.
_Não fala isso, Alex.
_O Alex tá certo, Bruna.
_Eu tô ficando com medo.
_Você tá ficando, Julia?Eu já estou.
_Vamos!Nós temos que encontrar a saída!

Eles começam a andar novamente.
Enquanto isso o professor Willian conversa com seu ajudante:

_Eu vou ativar as surpresinhas agora.
_O senhor tem certeza, professor?
_Claro Paulo!Quando eles estavam no maldito grêmio, eles me fizeram perder o emprego e de tão louco que eu fiquei, matei cinco alunos com uma machadinha...
_Eu já conheço essa história, professor.E acho que eles não deviam ter feito isso.
_E é por isso que eu vou acabar com eles!
_O senhor é quem sabe.
_Vamos até a sala secreta!

Os dois vão até a sala secreta.
O professor liga seu computador e diz:

_Agora é só ativar as armadilhas.

O professor digita sua senha e o computador mostra o seguinte recado: “SISTEMA DO LABIRINTO ATIVADO”.
Enquanto isso no labirinto, uma sirene começa a tocar e Emily pergunta:

_O que é isso?Que sirene é essa?

Quando Emily acaba de perguntar, a voz do professor diz:

_Eu posso explicar.Eu acabei de ativar um sistema para presenteá-los com as minhas armadilhas, ou melhor, com as minhas surpresinhas para vocês.
_Seu louco!
_Ao invés de perder tempo me xingando, vocês deviam correr antes que alguma coisa pegue vocês!

Os amigos começaram a correr.
Davi ia correndo na frente quando de repente um buraco abriu e ele caiu.
Seus amigos ficaram desesperados e Julia gritou:

_Davi!Você está bem?
_Estou, mas não vejo nada.
_Nós vamos arrumar um jeito de te tirar desse buraco.
_Tá bom!Mas sejam rápi...Dos...
_O que foi, Davi?
_Eu estou sentindo alguma coisa enrolando na minha perna.Ai, meu Deus!É uma cobra!Uma só, não!Várias!Socorro!Pelo amor de Deus me ajudem!
_Nós temos que tirar ele dali.
_Mas como?
_Ele não tá gritando mais.
_Davi!Davi!Diz alguma coisa!Davi!Responde!

A voz do professor diz:

_Um já foi!Só faltam oito...
_Você vai matar um por um?
_Você descobriu isso sozinha ou alguém te ajudou, Camila?
_Monstro!
_Você será a próxima.

De repente uma lança sai da parede e acerta Camila.
Todos se espantam e o professor pergunta:

_Vocês vão continuar me xingando ou serão bons meninos e meninas, e morrerão cada um na sua hora?
_Por que você tá fazendo isso?Por que?
_Eu já disse o motivo.

Enquanto isso Emily conversava com Camila que ainda agonizava.

_Camila, por que você foi xingá-lo?
_Eu...Não imaginei que...Ai, ai...Que ele fosse...Fazer isso.
_Foi muito bom te conhecer, você é uma amigona.
_Pra onde...Quer...Que eu vá...Eu sem...Sempre vou levar...Vo...Vocês no meu...Coração.

Camila morre.
Seus amigos pegam seu corpo, o deitam e fecham seus olhos.
Eles continuam a caminhar e não agüentando mais andar, Julia diz:

_Pessoal, eu não agüento mais andar!Vamos descansar um pouquinho?
_Nós não podemos!O professor Willian pode se aproveitar do nosso descanso pra nos fazer algo.
_A Emily tá certa.
_Eu sei, mas eu não agüento mais andar.
_Vamos fazer assim: enquanto os outros dormem, dois de nós ficam acordados vigiando.
_Eu posso ficar acordada por enquanto.
_Então eu fico com você, Emily.
_Valeu, Edu.

Os outros vão dormir e, Emily e Edu ficam acordados vigiando para que nada aconteça aos seus amigos.
Enquanto seus amigos dormem, Emily e Raul conversam.

_No dia da nossa formatura, nós ficamos presos em um labirinto cheio de armadilhas.
_É uma situação muito difícil, mesmo!Pelo menos isso tem o lado bom, nós encontramos os nossos amigos depois de anos separados.
_É mesmo!
_Eu nunca imaginei que um dia isso poderia acontecer comigo.
_Quem ia pensar que o professor Willian apareceria depois de anos e faria isso com a gente?
_E ele tem um cúmplice!
_É, o nome dele é Paulo!Foi ele quem me seqüestrou.
_Esse Paulo deve ser outro maluco!
_Eu tô ficando com sono...
_Agüenta mais um pouquinho, Emily!Deixe os outros descansarem mais e depois nós descansamos.
_Eu não vou dormir!Eu disse que ficaria aqui vigiando e vou ficar.
_Eu amo esse seu jeito decidido de ser!Diz que vai fazer uma coisa e faz!Eu admiro a sua coragem.
_Obrigada!Mas você também mudou muito, ficou mais responsável, mais maduro.
_Você me fez mudar assim.Eu olhava pra você e te usava como exemplo!
_Que bom saber que eu servi como exemplo pra você.
_Eu sempre fui louco por você.
_Eu sei.
_E você nunca me deu uma chance.
_Se nós sairmos daqui, pode ter certeza que eu vou te dar essa chance e essa sua mudança contou muito nessa minha decisão.
_Que bom!

Algum tempo depois, Raul acorda e diz:

_Galera, vocês devem estar destruídos, né?
_Um pouco, Raul.
_Podem deixar que agora eu vou ficar vigiando.
_Você consegue ficar vigiando sozinho?
_Consigo.

Nesse momento, Victor acorda e diz:

_Eu fico vigiando com ele, podem dormir tranqüilos.
_Valeu, gente!

Emily e Edu vão dormir.
Victor e Raul ficam vigiando tudo enquanto seus amigos descansam.
Algum tempo se passa, Julia acorda e diz que não consegue mais dormir e fica vigiando com os amigos.
Depois de algum tempo, Alex e Bruna ficam vigiando os amigos com Julia e depois de todos terem acordado, os amigos recomeçam a procura pela saída.
Eles chegam até uma sala onde na porta estava escrito: SAÍDA.
Todos comemoraram e Emily diz:

_É melhor nós não comemorarmos antes do tempo.
_Por que?

A porta por onde eles entraram se fecha.
Emily disse:

_Por isso!Isso aqui é uma armadilha!
_Nós não devíamos ter entrado aqui!
_Vamos abrir essa porta!

Bruna abriu a porta e do outro lado tinha uma ponte de madeira e embaixo tinham cobras e escorpiões.
Emily sempre decidida disse:

_Nós vamos ter que atravessar essa ponte!
_O que?Eu não passo por aí nem que me paguem!
_Você prefere ficar aqui dentro até morrer, Bruna?
_Não.
_Então deixa de ser fresca e vamos atravessar essa porcaria dessa ponte!Eu vou primeiro e depois vocês vão indo, mas de um em um, nós não sabemos se essa ponte está em boas condições.

Emily atravessou a ponte que balançava muito e do outro lado gritou:

_Venham e não olhem para baixo!

Victor atravessou a ponte, depois foi à vez de Raul e depois Julia.Edu atravessou e quando Bruna ia atravessar, ela disse:

_Gente, eu acho que eu não vou conseguir!
_Bruna!Bruna atravessa logo!
_Emily, deixa comigo!

Alex se aproxima do ouvido de Bruna e diz baixinho:

_Bruna, imagina que essa ponte é uma passarela e que esse é o seu primeiro desfile.Vai sem medo!Imagina que esses bichos são a platéia e arrasa, desfila como você nunca desfilou!
_Tá bom, Alex!

Bruna levanta a cabeça e atravessa a ponte rindo como nunca.Depois Alex atravessa e eles saem em uma sala com muitas velas e um bilhete do professor Willian.

"Parabéns!
Vocês conseguiram, mas agora se preparem porque vai ficar difícil.Vocês terão que enfrentar seus maiores medos..."

Depois de ler o bilhete, Emily pergunta:

_O que será que ele planejou pra gente?
_Os nossos maiores medos.
_Que medos serão esses?
_Vamos seguir em frente  e descobriremos.

Os amigos continuam andando apesar de estarem com muito medo.
Eles param em um lugar onde havia algumas plantas.
Emily viu que em uma das plantas havia pequenas frutinhas e disse:

_Essas frutas parecem guaraná.
_Então eu vou comer uma!Estou morrendo de fome.
_Julia, essas frutas podem estar envenenadas ou coisa parecida.
_A Emily tem razão!É melhor a gente nem encostar nelas.
_Por que a Emily sempre tem razão?
_Talvez seja porque eu use a cabeça, Bruna!
_O que você está querendo dizer com isso?
_Que você é uma garota fútil que só pensa em estar bonita.
_Meninas, por favor, não briguem!Nós temos que gastar as nossas energias agora procurando a saída e não brigando!

Eles continuam a caminhada, eles estavam com muita fome, mas não comeram as frutas que haviam visto.
De repente Emily que estava sempre prestando atenção em tudo e em todos, gritou:

_Parem!

Todos pararam e Emily pergunta:

_Quando vocês andam, vocês não olham para o chão, não?
_Por que?O que aconteceu?
_Não aconteceu nada por que eu estava atenta!Olhem!
_Um buraco...
_Como nós vamos atravessar?
_Ali no canto da parede tem tipo um degrau, nós subimos ali e vamos até o outro lado.
_Agora eu entendi o que o Professor Willian quis dizer com: “Vocês vão enfrentar os seus maiores medos...”.
_Por que você tá dizendo isso, Alex?
_Eu tenho medo de altura.
_É só você não olhar pra baixo.
_Eu não sei se consigo.
_Nós te ajudamos.

Emily foi a primeira a atravessar o buraco e já do outro lado dizia:

_Vem Alex!Você já viu que não é tão difícil passar por aí.
_Eu vou tentar.

Alex coloca o pé no degrau, depois tira e diz:

_Gente, eu não consigo!Me deixem aqui.
_Nós estamos juntos nessa!Todos nós vamos sair daqui juntos!
_Tudo bem!Eu vou tentar não olhar pra baixo.

Alex começa a atravessar o buraco pelo degrau e ao chegar do outro lado diz:

_Ufa!Graças a Deus, eu consegui!
_Tem um bilhete aqui pra você.
_Deve ser do Professor.
_Não, não é dele, não!!É da sua mãe!Dã...
_Lê logo isso aí!!

"Parabéns Alexandre!
Você já conseguiu vencer seu medo, mas isso não significa que você não possa morrer..."

_Nossa!Como isso é gratificante, né?
_Não dê atenção a esse bilhete!Todos nós vamos sair daqui com vida e ainda vamos denunciar esse psicopata e o comparsa dele.

Os amigos continuam procurando a saída.
Eles andam, andam e andam, mas não encontram a saída.
Durante o percurso, eles ouvem a voz do Professor Willian dizendo:

_Vocês estão indo muito bem!
_Obrigado.
_Eu tenho que reconhecer que vocês superaram as minhas expectativas.Eu pensei que vocês desistiriam logo no inicio, mas vocês se superaram...

Depois de ouvir isso, Emily diz:

_Muito obrigada pela força!Essas palavras me deram uma coragem enorme pra enfrentar você e sair desse labirinto maldito!
_É assim que se fala, Emily!
_Vamos mostrar para o professor Willian que nós somos capazes de enfrentá-lo e sair daqui!
_Eu não acredito que vocês irão conseguir sair daí.
_Mas nós acreditamos!
_Mesmo duvidando da capacidade de vocês, eu desejo boa sorte...

A voz do professor sumiu e Bruna diz:

_Ele vai tentar fazer de tudo para nós não sairmos daqui.
_Você descobriu isso sozinha ou alguém te ajudou?
_Não comecem a brigar agora, garotas!
_É isso aí!Vamos encontrar a saída.

Enquanto isso na sala secreta, o professor Willian conversa com seu cúmplice, Paulo.

_Eles estão se saindo muito bem até agora.
_Professor, o senhor acha que eles podem achar a saída?
_A Emily tem muita força de vontade e ela vai procurar até não conseguir mais!Os outros podem tentar, mas eles não têm a mesma força que a Emily tem.
_Quem vai enfrentar o medo agora?
_Eu pensei na Julia.
_E ela tem medo de quê?
_Você verá agora.

O professor Willian aperta um botão.
Enquanto isso no labirinto, os amigos vêem que se abriram dois buracos, um na frente deles e outro atrás.
A voz do professor começa ser ouvida dizendo:

_Prepare-se para a surpresa...Julia!

Um buraco se abre no teto e um tubo desce, trancando Julia dentro dele.
Desesperada, Julia começa a gritar.
Emily tenta acalmar a amiga.
Quando Julia fica calma, baratas começam a cair dentro do tubo e Julia grita:

_Socorro!Ai!Tirem isso daqui!

Julia começa a ficar sem ar e Emily diz:

_Julia, tenta se acalmar!Você não pode ficar nervosa!
_Eeeuuu...Não consigo...Respirar...
_Você tem que se acalmar.
_Vamos tentar quebrar esse tubo ou ela vai morrer do coração!

Os amigos de Julia começam a bater no tubo, mas não conseguem quebrar o vidro.
Julia cai e Emily diz:

_Gente, ela caiu!Será que ela está morta?
_Ela pode ter desmaiado.
_Tomara que seja só um desmaio.

O tubo sobe pelo teto e as baratas se escondem nos buracos do chão.
Edu se aproxima de Julia e diz:

_Galera, ela morreu.
_Coitada da Julia!
_Ela não podia ter emoções fortes!Ela estava com problemas cardíacos.

Emily chorava muito.
Os amigos deixaram o corpo de Julia no chão e recomeçaram a caminhada na esperança de achar a saída.
De repente Raul encontra um bilhete e diz:

_Emily, um bilhete do professor para você.
_O que será que ele quer agora?
_Não sei.
_Você só vai saber se você ler.
_Lê pra mim, por favor, Raul?
_Tá bom!

"Emily, não seja fraca!A Julia só foi mais uma e além de morrer, ainda provou que não é forte o bastante pra vencer seu medo.Até agora, você tem se mostrado muito forte enfrentando seu medo...Perder os seus amigos.Eles estão com você nesse momento, mas vão morrer em breve! E você ainda vai sofrer tanto que vai implorar para mim a sua morte."

Depois de ler, Raul olhou para todos e Emily disse:

_Vocês vão sair daqui!Nem que isso custe a minha própria vida!
_Será que nós vamos conseguir, Emily?
_Claro que vamos!Você está falando com Emily Fiorini da Costa.

De repente a voz do professor diz:

_Eu admiro a sua coragem, mas falar é diferente de fazer!Você disse que iria salvar todos os seus amigos e três deles já se foram.
_Por que você tá fazendo isso comigo, hein?Por que?Por que?
_Emily, é isso que ele quer!Te deixar confusa, te fazer desistir!Você não pode se deixar levar pelas coisas que ele diz!
_Obrigada Edu!Eu não vou desistir.

Enquanto isso na sala secreta, Paulo pergunta:

_Professor, o que o senhor vai fazer agora?Ela não vai desistir tão fácil!
_Eu vou ter que matar mais um ou mais uma.
_Quem o senhor tem em mente?
_A Bruna.

No labirinto, Emily caminhava na frente de todos procurando a saída.
Eles andavam, andavam e já faziam alguns dias que eles não comiam e nem bebiam nada.
Estavam fracos, mas não perdiam a esperança.
Os amigos paravam um pouco, descansavam e em seguida continuavam a caminhada em busca da saída.
Emily dava força aos amigos e quando parou novamente para descansar, ela disse:

_Pessoal, eu queria perguntar uma coisa.
_Pergunta.
_Qual é o medo de cada um de vocês?
_Eu tenho medo de...Eu tenho vergonha de dizer!
_Nós somos seus amigos e não vamos te zoar, Raul!
_Tudo bem!Eu tenho medo de aranhas.
_Como vocês já viram, eu tenho medo de altura.
_E venceu esse medo muito bem, Alex.
_Pode parecer ridículo, mas eu tenho medo de estar feia.
_Realmente é ridículo!
_A essa altura do campeonato, nada é ridículo, Emily.
_Eu tenho pavor de ficar no escuro.
_Eu também era assim, Victor e enfrentei esse medo com muita força de vontade.Você vai conseguir com a nossa ajuda!Não é, pessoal?
_Claro!O Victor pode contar com a gente.
_Valeu, galera!
_Eu sou igual a Emily!Tenho medo de perder alguém que gosto muito.
_Agora nós temos que tentar sair daqui.
_Nós não vamos tentar!Nós vamos conseguir!

De repente a voz de Paulo diz:

_Que cena melancólica!Eu tenho que dar uma noticia pra vocês!O professor pediu para informar que se vocês ficarem parados aí por muito tempo, vão acabar se ferrando...Tchauzinho...

Ao ouvir isso, Emily diz:

_Galera, chega de descanso!Vamos agir!
_O que nós vamos fazer?
_Vamos andar até encontrar a saída!

A cada passo que eles davam, Emily repetia:

_Galera, nós vamos conseguir!É só ter força de vontade!

Seus amigos já estavam cansados, eles já estavam presos ali há bastante tempo sem água, sem comida e sem dormir direito.
Emily estava decidida a sair dali e andava sempre na frente procurando o melhor caminho, quando de repente ela olhou para trás e viu que seus amigos haviam desaparecido.
Emily deixou uma lágrima descer pelo seu rosto e em seguida disse:

_Você não vai conseguir me fazer desistir, professor!Eu vou ser forte!

Enquanto isso na sala secreta, Paulo dizia:

_Professor, ela realmente está decidida a sair do labirinto!
_Eu percebi.
_Solte os amigos dela, professor!
_Deixa-a sofrer só mais um pouco...
_Sofrer?Olhe ali!Ela está cantando, professor!
_Ela está tentando me enganar, eu sei que ela deve estar quase morrendo por dentro.
_Solte logo os amigos dela, professor!Por favor!
_Tudo bem, tudo bem.Você é um estraga prazeres!

Ao ver seus amigos, Emily pergunta:

_Onde vocês estavam?
_Nós ficamos presos em uma parede.
_Foi o professor que fez isso pra ver se eu ia fraquejar, mas o plano dele foi por água abaixo!
_Você venceu seu medo?
_Sim.
_E o que você fez pra conseguir?
_Eu sentei no chão e comecei a cantar pra me distrair.
_Então é verdade que quem canta, seus males espanta!
_Eu sou testemunha que esse ditado é verdadeiro!Agora, vamos continuar a procurar a saída!
_Vamos!
_Eu não agüento mais ficar aqui!
_Ninguém mais agüenta!

Os amigos voltam a caminhar.
De repente um buraco abre no chão e Bruna cai.
Desesperada, Bruna começou a gritar:

_Socorro, me tire daqui!
_Calma!Esse buraco não é fundo, ele só é...Sujo.
_Que nojo!Essa sujeira vai acabar com o meu cabelo!
_Nós aqui, presos em um labirinto e ela pensando em cabelo!Só Deus pra ter piedade dessa alma!
_Espera!Esse é o seu medo!Ficar feia!
_É mesmo!
_Fica tranqüila!Vem, me dá a sua mão!
_Peraí!Eu senti alguma coisa!
_É coisa da sua imaginação.

Alex tira Bruna do buraco e os amigos voltam a caminhar.
No caminho eles encontram dois bilhetes: um para Emily e o outro para Bruna. Emily lê o seu primeiro.

"Parabéns Emily! Você venceu essa etapa, mas eu acho que você não vai agüentar tão firme quando você perder o seu melhor amigo, Raul!
Ele é o próximo e ninguém vai poder impedir a sua morte..."

Quando Emily acaba de ler, ela diz:

_Raul, fica tranqüilo!Você não vai morrer!
_Será mesmo?
_Você vai entregar os pontos assim?Esse não é o Raul que eu conheço!
_Gente, eu vou ler o meu bilhete.Ai, eu preciso de um banho.

"Bruna, você está horrorosa! Eu acho que tomar banho de esgoto não faz muito bem para pele. Mesmo assim, parabéns! Pelo que eu vi, você se mostrou bastante forte!Mas não cantem vitória antes do tempo! Vocês ganharam a luta e não a guerra!!"

_Esse professor está se sentindo, né?Mas nós vamos cortar o barato dele!
_Gostei dessa atitude, Bruna!
_Agora eu não te acho mais uma garota tão fútil!
_Tá vendo como eu não sou só mais um rostinho bonito na multidão!
_Realmente você se superou.
_Vamos procurar essa maldita saída, galera!

Os amigos começam a andar.
Enquanto os amigos andam em sua frente, Emily vai ficando para trás, mas ninguém percebe até que Edu pergunta:

_Galera, cadê a Emily?
_Ela estava atrás da gente!
_Será que aconteceu alguma coisa com ela?
_Se aconteceu, eu quero morrer!
_Não fala besteira, Edu!É isso que o professor quer!
_O Victor está com toda razão!Nós não podemos desistir agora!
_Vocês podem continuar procurando a saída!Eu vou procurar a Emily!
_Não, Edu!Você não pode ir sozinho!
_Por que?
_Pode ser perigoso, eu vou com você!
_Esperem pela gente aqui!

Edu e Raul vão procurar Emily.
Enquanto isso, na sala secreta o professor pergunta:

_Paulo, você viu o que aconteceu com a Emily?
_Não!Ela sumiu e não aparece em nenhum dos monitores!
_Não pode ser!Todo o labirinto tem câmeras espalhadas para eu não perder nenhum passo desses adolescentes estúpidos.
_Mas a Emily não está aparecendo em nenhum monitor!
_Eu vou tomar providências!

Enquanto isso em algum lugar do labirinto, Raul e Edu procuravam Emily.
De repente, Raul ouviu a voz de Emily te chamando e perguntou:

_Edu, você ouviu?
_A Emily?
_É.
_Ouvi.

Edu olhou em volta e viu Emily dentro de um buraco.
Ele se aproximou e perguntou:

_Emily você está bem?Você caiu nesse buraco?
_Eu estou bem e acho que achei a saída!
_O que?
_Lembra quando a Bruna caiu nesse buraco e disse que tinha sentido alguma coisa?
_Lembro sim.
_Era essa portinha.
_E por que você não avisou que você queria entrar aí?
_Porque vocês não iam concordar comigo!
_Eu seria o primeiro!
_Aí, eu não encontraria esse túnel.
_Nós vamos poder sair daqui?
_Acho que sim, agora nós temos que chamar os outros!
_Eu vou lá!

Raul vai até os seus amigos e conta sobre o túnel.
Todos vão até o túnel e entram.
Enquanto isso, na sala secreta, Paulo diz:

_Professor!Eles estão entrando no túnel.
_Droga!Eles não deviam encontrar o túnel agora!
_Por que?
_Porque eu queria matar o Raul.
_Mata ele lá dentro.

Os amigos entram no túnel e começam a caminhar.
Emily vai à frente liderando o grupo e diz:

_Além do labirinto lá de cima, aquele louco criou um labirinto subterrâneo.
_Será que ele nos ouve e nos vê como no labirinto de cima?

De repente a voz do professor disse:

_Isso eu posso responder!Claro que eu posso vê-los e ouvi-los!Afinal fui eu mesmo que desenhei esse labirinto.
_E você lembrou de desenhar a saída?
_Claro!Afinal como eu ia sair depois de deixar os bilhetes? Pensem! Mais à frente vocês vão encontrar mais um bilhetinho.Tchau!

Os amigos caminham mais um pouco e encontram o bilhete.

"Bem vindos à continuação do meu maravilhoso labirinto!Eu esperava ansioso pela entrada de vocês aí!Ah!E nem tentem voltar para o labirinto de cima, a porta que dá acesso a ele já foi trancada.Boa sorte a todos!"

Depois de ler, Victor diz:

_Esse cara tá zoando com a nossa cara!
_Esse professor é um maluco!

Quando Victor terminou de falar todas as luzes se apagaram e Emily gritou:

_Victor, fica calmo!E parado, pode haver algum buraco por aqui!
_Alguém pode ficar perto de mim?
_Eu estou aqui, Victor!Fica tranqüilo!Me dá a sua mão.
_Valeu, Emily!

Depois de algum tempo as luzes se acenderam e os amigos recomeçaram a caminhar quando de repente mais um bilhete do professor apareceu. O bilhete era para Victor.

"Muito bem, Victor! Você conseguiu! Venceu o medo, mas será que você vai conseguir vencer a morte? Eu creio que não, mas mesmo assim desejo boa sorte!"

_Agora eu fiquei intrigado.
_Com o quê, Victor?
_Será que nós vamos conseguir escapar da morte?
_Claro que vamos!É só ter força de vontade!
_Emily, chega dessa ladainha!O que nós precisamos ter é a saída!
_Desculpe, Bruna!Eu só estou tentando fazer vocês não desistirem.
_É!Mas isso já encheu!Que saco!Vira o disco!
_Tudo bem, eu não falo mais isso.

Os amigos continuaram a caminhar, quando de repente Raul gritou:

_Galera, olhe ali!Aquela passagem está fechando.
_Nós vamos ficar presos aqui!
_Não vamos!Corram e rolem pelo chão até o outro lado!

Bruna foi à primeira, depois foi a vez de Edu, depois Emily, depois Alex e em seguida Victor.Quando Raul foi passar a parede se fechou e ele ficou preso.
Emily ficou desesperada e gritou:

_Raul!Você está bem?Raul!

Do outro lado, Raul dizia:

_Eu estou bem, mas continuem sem mim!Agora eu estou enfrentado o meu medo...De aranhas.

E enquanto isso, Emily gritava:

_Raul, você tem que sair daí!

E do outro lado Raul dizia:

_Emily, foi muito bom conhecer você e todos outros também, mas a minha história termina aqui!A minha atuação no palco da vida chegou ao fim...

E Emily não parava de gritar:

_Raul, Raul!
_Emily, nós temos que continuar.
_Eu não posso, o Raul é o meu amigo e eu não posso fazer isso com ele.
_Nós também somos seus amigos e você não pode nos deixar agora!
_Emily, é você que dá força pra gente!
_É!Eu sei que eu fui grossa com você, mas os meninos têm razão!Se não fosse por você, todos nós já teríamos desistido.
_Tá bom!Eu vou com vocês!

Eles continuaram caminhando e encontraram mais um bilhete do professor que dizia:

"Emily, você ainda ia sofrer muito! É isso que vai acontecer quando mais um amigo seu morrer!Você vai chorar e me implorar a sua morte!"

_Professor, o senhor é um covarde!Por que não aparece aqui e resolve o seu problema com a gente?
_Calma Emily!
_Calma nada!Esse professor tá pensando que é o quê?Eu já estou cansada de tudo isso!Bilhetinhos, ameaças...Por que ele não aparece aqui? Parece uma criança com esses bilhetinhos!Se você não se comportar eu vou matar você...
_Emily, pare com isso!
_Por que?Eu não agüento mais andar pra procurar essa maldita saída!Esse louco prendeu a gente aqui já deve fazer dias, nós estamos sem comer, sem beber, sem dormir direito, sem viver!Eu juro que não agüento mais!
_Nós temos que ser fortes!
_Eu já cansei de ser forte!Eu espero que você tenha ouvido tudo que eu disse, professor Willian De Luca!Que nome horrível!

De repente, o professor apareceu e disse:

_Horrível foi esse seu discurso barato!
_Seu desgraçado!
_Emily fique aqui com a gente!
_Fique com os seus amigos pela última vez.
_Por que pela última vez?
_Porque eu vou te matar!

O professor sacou uma arma e atirou, mas Victor entrou na frente de Emily e levou um tiro certeiro no peito.
Victor cai no chão e Emily pergunta:

_Victor, por que você fez isso?
_Você me ajudou a superar o meu medo e eu achei que tinha que te ajudar de alguma forma.
_Dessa vez você escapou, mas da próxima você não vai sair viva!
_Não vai ter próxima vez!

Emily correu até o professor e pulou em cima dele.
Os dois começaram a rolar pelo chão quando de repente todos ouviram um disparo.
Edu correu até Emily e o professor, e perguntou:

_Emily, você está bem?
_Estou, quem não está é esse maldito professor!
_Você atirou nele?
_Agora nós temos que sair daqui antes que o cúmplice dele apareça e tente fazer alguma coisa com a gente.
_Victor, você consegue andar?
_Não...Eu não...Consigo...Nem respirar...
_Victor, Victor!
_Ele morreu, Emily!
_Então esse professor também vai morrer.
_O que você vai fazer?
_Me certificar que ele não vai mais fazer mal a ninguém.

Emily vai até o professor, pega a arma e dá vários tiros na cabeça do professor dizendo:

_Esse é pela Julia, esse é pelo Davi, esse é pelo Victor, esse é pela Camila, esse é pelo Raul e esse é por mim, seu desgraçado!

Bruna não parava de chorar depois de ter visto Emily matar o professor, quando Emily gritou:

_Bruna, eu acho que já chega!
_Tá bom!
_E agora, Emily?O que nós vamos fazer?

Emily olha para uma das câmeras e diz:

_Eu e meus amigos queremos sair daqui e se você não mostrar a saída, Paulo, eu vou acabar com você com eu acabei com o professor!

Quando terminou de falar, Emily viu uma porta se abrir e disse:

_Vamos galera!
_Finalmente nós vamos sair desse labirinto!

Ao sair, uma luz muito forte brilhou nos olhos deles e Emily apareceu deitada em sua cama.
Espantada, ela concluiu:

_Isso tudo foi um pesadelo!Eu não acredito, parecia tão real.

De repente, Emily ouviu sua mãe gritando:

_Emily, já são seis horas da noite!Vai se arrumar para sua formatura!

Emily foi para o banheiro, tomou banho e vestiu sua roupa quando de repente a campainha tocou.
Ela foi até a porta e ao abrir, perguntou:

_O que você está fazendo aqui?
_Eu só quero saber se você sabe onde fica a rua Costa e Silva.
_Fica pra lá!Tchauzinho!

Emily bateu a porta e disse:

_Meu Deus!Aquele homem era o homem que me seqüestrou no sonho.
_Filha, quem era?
_Um homem perguntando sobre a rua Costa e Silva.
_Você já está pronta?
_Já.
_Eu vou pegar a minha bolsa e nós já vamos.
_Tudo bem!

Emily pegou o telefone, ligou para seu amigo Raul e perguntou:

_Raul, você está bem?Que bom!Daqui a pouco eu te vejo na formatura!Me conta na formatura!Beijinho, tchau!
_Vamos, filha?
_Claro!

Emily vai para sua formatura e lá conta aos seus amigos sobre o sonho que teve e Raul diz:

_Eu tive o mesmo sonho!
_Eu também!
_Que coincidência, eu também.
_Só falta o Alex chegar agora e dizer que também sonhou com isso tudo.

De repente o celular de Bruna toca e ela percebe que recebeu uma mensagem que diz: “SEU AMIGO, ALEX ESTÁ COMIGO! POR QUE VOCÊ NÃO VEM BUSCÁ-LO? EU ESTOU NO CARRO EM FRENTE AO CYBER CAFÉ! ESTOU TE ESPERANDO...”. Ao terminar de ler, Bruna olha para os seus amigos e pergunta:

_Nós vamos lá?
_Não sei.
_Eu não tô a fim de passar por aquilo tudo.

De repente Alex aparece rindo e pergunta:

_Vocês acreditaram nessa mensagem?Caraca!
_Isso não é brincadeira, Alex!Nós tivemos um sonho horrível e isso acontecia nele!
_Eu também tive um sonho sinistro!Eu era seqüestrado, ficava preso em um labirinto com vocês, mas depois nós conseguíamos sair de lá...
_Você também sonhou isso?
_É muita coincidência!
_Galera, tá na hora!Vamos pra nossa formatura!
_Ainda bem que tudo aquilo foi um sonho.
_Será?
_Por que essa pergunta, Bruna?
_Eu recebi outra mensagem, olhem!

Bruna mostra a mensagem aos amigos que diz: “SEUS AMIGOS, JULIA, CAMILA, DAVI E VICTOR ESTÃO COMIGO! SE VOCÊ QUISER VÊ-LOS NOVAMENTE VENHA ATÉ O CYBER CAFÉ...”. Depois de ler a mensagem, Emily pergunta:

_Nós vamos até lá?



                                            FIM


Em breve, 'Labirinto 2, os sonhos são sonhados, os pesadelos vividos'
Aguardem...
Rodrigo Santos
Enviado por Rodrigo Santos em 07/12/2007
Código do texto: T769015

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Santos
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
7 textos (580 leituras)
3 e-livros (62 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:42)
Rodrigo Santos