Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ritual - Personagens de "Inimigos a vista"

- Então,onde ela está? - Falou um homem sentado numa cama imunda em um prédio na periferia da cidade.Nas mãos ele trazia uma adaga de rubi.
- Segura,mas não está conosco. - Disse o segundo homem que trazia um cálice de prata.
- Ela não está segura enquanto estiver com aquela raça pavorosa... - Disse uma mulher que trazia um espelho negro.
- Luanra,ela também pertence aquela raça pavorosa...Pode ser sua filha mas foi esse o destino que escolheu... - Disse o primeiro homem levantando e começando a caminhar pelo quarto.
- Minha filha não é um monstro Carlamaleu!Entendeu,ela é diferente!Ela tem alma! - Disse a mulher atirando um pequena pedra do chão no homem.
- Calem-se os dois!Controlem-se,não queremos botar tudo a perder não é? - Disse o homem do cálice olhando pela janela imunda. - Não falta muito agora...Um erro fará toda a diferença...Logo tudo o que nos foi tomado será nosso novamente...
Longe dali,Fairy se inquietava na cama,seus sonhos tinham sido os piores possiveis.Rituais,sangue e morte,tudo ela vira através de olhos negros,dois poços profundos de perdição.
Do outro lado do quarto,sentado perto da janela Shadow se preocupava em atirar pequenas gotas de água numa mariposa que estava pousada na parede.Cada vez chegava mais perto de atingi-la.
Romanin invadiu o quarto dizendo.
- Novidades para todos!Estamos prestes a aumentar nossa fortuna e ainda conseguir sangue para algumas noites...Escutem meu plano!
Fairy ouviu intediada o novo plano de Romanin.Que logicamente envolvia gente rica,seus sistemas bancários e como usariam a artimanha para conseguir o dinheiro e matar seus possuidores.
Fairy ja achava aquilo muito comum...Rotina,apenas rotina para uma vida solitária.No fundo estava cansada de todas aquelas tramas e queria ir para longe curtir um pouco da grana sem ter que se preocupar com o próximo que teria de seduzir para ganhar mais grana!
- Ok,mas vamos acabar logo com isso... - Disse Fairy ja cansada.
Entendendo que Fairy e Romanin precisanvam de um momento sós Shadow foi ao saguão do luxuoso hotel.Afinal sempre tinha uma bela companhia a sua espera.
No quarto Romanin falava com Fairy.
- Pensei que estivesse feliz com que estamos fazendo... - Disse ele olhando o rosto aborrecido dela.
- E por que eu estaria? - Disse ela sentando na cama.
- Pela grana,pelo alimento...Ou apenas por nós... - Disse ele tomando as mãos dela entre as suas.
-Estou cansada Dan,estou cansada dos golpes e das ciladas...Eu queria conhecer novos lugares e apenas gastar essa grana toda.
- Está certo,lhe prometo,depois que tudo isso acabar nós vamos viajar e vão ser os melhores de toda sua existência. - Falou Romanin tocando o rosto dela.
Ela sorriu e ia beijá-lo quando Shadow abriu a porta com um estrondo.Romanin o olhou com raiva dizendo.
- Não consegue mais bater antes de entrar?! - Mas Shadow não respondeu apenas disse.
- Temos que sair daqui... - Depois caiu no chão numa poça de sangue que escorria de seu pescoço.
Fairy fechou a porta mas antes foi atingida por um dardo no ombro,sua expressão era de puro terror.
Ela sentou no chão e algumas lágrimas negras escorreram por seu rosto enquanto uma coloração acinzentada tomava conta do braço atingido e o dardo branco se tornava vermelho.
Romanin tentou arrancar aquilo do braço de Fairy mas antes que seus instintos lhe avisassem de qualquer coisa algo atingiu sua nuca e tudo se tornou escuridão.
Shadow abriu os olhos devagar,suas pupilas imediatamente se tornaram verdes dando a ele a visão no escuro.
Ele viu que o chão que estava deitado era imundo e que um dia ja fora branco.Viu algumas marcas de sangue e depois Romanin deitado com os pulsos amarrados pelo que parecia serem fios de cabelo.
Na frente dele estava uma mesa cirurgica,ele reconheceu os cabelos loiros que apareciam pela borda.Eram de Fairy,estava morta?Não,eles eram imortais...
A vela que foi acendida depois quase cegou Shadow que piscou várias vezes antes de entender o que estava acontecendo.Três pessoas de capuz branco entraram na sala.
A primeira trazia um espelho negro,a segunda um calice de prata e a terceira uma adaga de rubi coisa que assustou muito Shadow que entendeu.Aqueles três estavam preparados para um ritual e as oferendas seriam Romanin,Fairy e ele próprio.
Shadow prendeu a respiração quando o primeiro tirou o capuz.Era uma mulher com a voz mais aguda que ela ja tinha ouvido.
- Hoje as profecias se realizarão e os pesadelos serão reis...
O segundo também tirou o capuz,era um velho de olhos penetrantes.
- A lua selará o destino dos que estão a nossa frente e o impuro se acabará...
O terceiro era um rapaz de olhos verdes que pareciam pegar fogo.
- E nesta hora eu digo que tudo será de novo nosso...Digo isso pelo Fogo...
- Pela Terra - Disse o velho.
- Pela água... - Falou a velha.
- E pelo ar - Falaram os três juntos erguendo seus objetos e abrindo uma claraboia no teto de onde se podia ver meia lua.
Então Shadow compreendeu tudo e percebeu o quanto estava perdido...
Continua
Hell
Enviado por Hell em 18/01/2006
Código do texto: T100541

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hell
Maringá - Paraná - Brasil, 26 anos
149 textos (36170 leituras)
1 áudios (287 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:34)
Hell