Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mordecai

Elise se encontrava novamente diante dos portões retorcidos do inferno.Erguendo a cabeça pronunciou as palavras angelicais que os abriram.Que bela irônia a de Lucifer,fazer da senha de seus portões uma palavra tão bela.
Os pés descalços de Elise tocaram o chão escaldante sem que no entanto se queimassem,afinal nada machucaria a rainha dos mortos.
Os cacos de vidro e bichos rastejantes no chão tão pouco ousaram lhe ferir.Ela era a senhora daquele lugar.
Passando pela rua Elm ela olhou um grupo de mulheres que choravam.Prostitutas que agora com a vagina costurada e o utero destruido viam o sangue se esvair por entre os pontos causando-lhes imensa dor.
Elise sentiu pena de uma que ainda era uma garota.Tocando-lhe a cabeça curou-lhe todas as feridas dizendo.
- Agora corra e se esconda antes que lhe achem...Vá antes que eu me arrependa! - Vendo os olhos vermelhos de Elise a menina correu ainda agradecida por pelo menos aquele demonio ter coração.
Olhando o edificio Oasis, Elise imaginou se outra coisa no mundo poderia ser tão majestosa.O lugar onde o próprio demônio-mor morava era o mais imponente prédio de todo o universo.
Mas não era com o diabo que ela queria falar...
Voando até o trigésimo sexto andar ela entrou pela janela luxuosa do apartamento 353 e falou com voz autoritaria.
- Mordecai,eu estou aqui...
- Sim eu sei...Você não passa despercebida minha cara... - Disse um homem de reluzentes cabelos grisalhos e penetrantes olhos verdes.Seu corpo também não aparentava a idade que tinha.Ele foi até um piano tocando algumas notas.
- Mordecai,deve saber o por que de minha visita não sabe? - Disse Elise mal o encarando.
- Ora minha bela pode me olhar nos olhos eu sei que não és culpada.Apenas cumprir ordens.Mas respondendo,sei por que veio.
Tomando uma posição menos seria Elise disse.
- Mordecai,pela ultima vez eu lhe peço...Não se apresente ao conselho,fuja eu o ajudarei...
- Elise um homem tem que aprender a suportar o que lhe é imposto.Eu vou. - Disse Mordecai vestindo um belissimo colete preto por cima da camisa de mesma cor.
- Tarde demais! - Gritou uma voz estrondosa.
Logo depois uma explosão abalou todo o quarteirão,tudo foi destruido,Mordecai e Elise foram lançados pela janela.Caindo de pé no chão os dois penetram seus olhos vermelhos no atacante.Um anjo reluzente com uma espada de fogo nas mãos.
- Cardan!Que audácia sua vir aqui me buscar... - Disse Mordecai com rosto em puro desprezo. - Os anjos não tem mais respeito mesmo...
- Cale-se Mordecai!Eu vim buscá-lo e a essa filha do demonio,soube que ela tenta lhe salvar! - Cardan não tinha a expressão muito bondosa mas Mordecai continuava calmo.
- As cosias não estão boas na Terra não é?Eu vejo em seus olhos a tremenda confusão que se tornou aquele lugar,tem medo que eu me meta não é?Sabe que a cura está comigo,com Elise...Com os seres aqui de baixo...Isso seria uma tremenda desmoralização não é?Até os padres que sempre foram burros procuram Elise...Ah Cardan,desculpe mas tenho missão mais importante que ouvir sua conversa...Levarei Elise a Terra.Pronta? - Mordecai só esperou o brilho aparecer nos olhos de Elise então desapareceu deixando uma explosão de enxofre.
Um sorriso passou pelo rosto de Cardan que disse.
- O mundo está a salvo...Pena que não possa dizer o mesmo de mim... - Após essas palavras Cardan segurou a espada e com ela cortou a própria cabeça.
Longe dali Salatiel ainda procurava a esperança...
Hell
Enviado por Hell em 22/06/2006
Código do texto: T180196

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hell
Maringá - Paraná - Brasil, 26 anos
149 textos (36164 leituras)
1 áudios (287 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:02)
Hell