Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PEQUENO HORROR DOS PÁSSAROS DE SATAN



       Amaldiçoado seja o corvo que nao achou a terra.Amaldiçoado seja o corvo que espreitou JESUS em seu martirio na cruz.
      "... então Noé soltou a pomba ,pq o corvo nao havia achado lugar seco , e a pomba voou e voltou com um ramo de oliveira no bico indicando q a agua havia "baixado" --- concluiu o padre Louis que contava a historia do diluvio para as crianças.
      A pequena Carmem agradece ao padre pela maravilhosa historia e vai pra casa.Ocalor do outono emanava uma sensaçao de calor durante o crepúsculo,mas que ao se tornar completamente obscuro algo corrompe esse explendor de harmonia.
     Todos dormiam sob o luar fosco na casa da pequena garotinha.
     A garota acorda e percebe que seu quarto estava gelado como um cadáver,estava escuro e Carmem sentia medo.Seus olhos começaram a ver formas estranhas no teto,nas paredes e do seu lado...Aos olhos dela aquilo era uma verdadeira desgraça que fervia sua cabeça.Sentada na cama ela tremia , sentiu um aperto na garganta: coisas pavorosas que habitavam as profundesas da sua mente e talvez o inferno.
    Ela estava pálida ,levou outro susto repentino, seu cachorro Boque começou a gemer lá fora.O cão chorava e era um lamúrio de pavor.A menina ficou ofegante ouvindo aquele ruído da rúina do seu cachorrinho.Vagarosamente ela se enfiadebaixo das cobertas e dorme um sono agitado por paisagens noturnas e pesadelos destrutivos.
    De manha la estava , e ja começava a feder ,estava todo carcomido e hipnótico com o olhar de espantoe misericórdia ao mesmo tempo, mas os olhos nao estavam la ,nao estavam nas orbitas: era o  amado cachorrinho de Carmem estatelado .Um cheiro que fez Kai , o pai dela , arfar e depois vomitar...
    Kai contou á esposa Marisa o que aconteceu com o cachorro da filha e decidiram nao contar a ela. Mas antes que eles pudessem vê-la ela ja viu e os gritos começaram a soar e os pais sabiam o "porque".
     Ela correu la fora ,abraçou o cachorro com os olhos oscilando em lágrimas. Aí ela percebe o odor fétido em que estava o cadáver animalesco, gelado como seu quarto na noite anterior, a noite do assassinatodo cão .A garotinha logo repeliu o amor que se transformou em nojo.
    Kai colocou Boque em sacos de lixo e o jogou em um terreno  aos fundos de sua casa ou aos fundos do quarto da filha...
     A noite Carmem ficou olhando para onde o papai jogou o cachorro, era perto de uma casa de taboas pretas pintadas pelo musgo do tempo  , um lugar funesto onde tempos atrás houve um assassinato bem peculiar e similar ao do cachorro ,mas ninguem sabia disso.
    Carmem olha piedosamente para a casa ,seus olhos se arregalaram , seu coração palpitava como o ruído de uma metralhadora, eram olhos vermelhos que fitavam--na da casa.Ela fecha a janela.
      Neste momento ela começa a se lembrar do episódio da noite passada, o horror que elasentia era ilimitado , começou a pensar em coisas nao muito sádias para sua mente, a morte.Com certeza nao queria ficar como seu cachorro.
     Gritava desesperadamente em busca de seus pais .Onde estavam os desgraçados quando sua filha mais precisa de vcs?
       Começou a rezar impetuosamente.o medo , o ar congelado , o corpo febriu ,o horror , os olhos vermrlhos e a morte.
       Então Carmem se lembra do padre que lhe contava histórias divinas que a acalmava.Foi correndo ao encontro dele na igreja e chorava como se estivesse insana.
      Na igreja arfando murmurava o nome do padre Louis .Ele estava sob o altar como se estivesse dormindo , ela foi se aproximando.Berrou quando um forte estrondo ecoou pela igreja vazia que lhe fez desmaiar .Eram passaros negros queestavam empuleirados na cruz gigante fitando Cristo.
      Carmem acordou ja enjoada com a podridão , era o velho padre corroído pelas aves de Satan . o sangue coagulado no chão aos pés da garota , a lágrima que Jesus liberou de seus olhos piedosos . Era o pecado , a profanação .Era Satan.
      A garota se ajoelha no sangue defronte a Jesus sem pensamentos , sem sentidos.Ouviu o bater das asas e correu para casa.
       Seus pais não estavam la.Entao Carmem segue para a casa de tábuas no final do crepúsculo ,onde aqueles olhos vermelhos assombraram sua mente infantil.
       Em frente a casa havia um poço do qual Carmem foi hypnotizada a ver (assim como todos os corpos que jaziam la dentro), era ainda mais assombroso , um frio macabro correu por todo o seu corpo ,apesar do final da tarde ela viu todos aqueles cadaveres na escuridão do poço ,inclusive o da sua mãe...
      A noite caiu , um luar embaçado.
     Uma nuvem de passaros sombrios estavam comendo vorazmente o corpo do papai.A sensação sentida ali era de Satan se manifestando através dos corvos .Um dos passaros que devorava o pai delacom avidez lança um olhar de escarnio á menina , ele sorria...O bando voou pra cima dela e ela viu a rúina em que estava o corpo do pai , morto mas pedindo por socorro.Carmem nao sentia mais medo , estava louca só podia ser isso .
       Mas por que tudo isso ???
       São passaros de Satan.
     Um bando de passaros negros , torpes e devassos cobriram o corpo dela até se mesclarem com á obscuridâo assombrosa da da noite.
lord edu
Enviado por lord edu em 20/07/2006
Código do texto: T198278
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lord edu
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 28 anos
65 textos (4620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:30)
lord edu