Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alucinação

O sangue corria,corria pelo chão,manchava as paredes,tingia tudo de vermelho.
Lorena tremia sentada num canto da cela,seus lábios estavam roxos e os olhos começavam a não mais querer piscar.Mesmo com a visão embaçada ela ainda podia distinguir os traços nitidos da chacina a sua frente.
Cabeças,braços e outras partes de corpos.Todos presos a ganchos de açougue na sua frente,no chão alguns potes com inscrições como "olhos" ou "linguas",Lorena sabia que era exatamente o que tinha lá dentro.Com um esforço tremendo ela apertou a medalinha de seu santo de devoção rezando ao céus que a salvassem.Sua respiração começou a falhar,um grande cansaço tomou conta de seu corpo e logo ela tombou para o lado.Presa por sete horas no frigorifico ela até que resistira bastante a hiportermia.
Do lado de fora,dois homem observavam seus ultimos momentos por uma tela da porta.Usando uniformes coloridos eles discutiam em voz baixa.
- Uma pena ter que acabar assim não é? - Diz o primeiro destrancando a porta.
- Verdade,ela logo seria promovida.Se não tivesse vindo bisbilhotar...Mas como dizem a curiosidade matou o gato né João? - Diz o segundo batendo de leve numa das cabeças dependuradas e rindo debochado.
- Nos temos que começar a trancar melhor aqui embaixo,ja foram três funcionarios essa semana...Agora me ajuda a levar essa menina daqui. - Diz o primeiro começando a tirar Lorena dali.
Os dois saem cantarolando algo como "dois hamburgueres,alface,queijo,molho especial..."
Naquele mesmo dia substituiram a plaqueta de funcionario do mês,apagaram todos os registros de Lorena e trataram de contratar uma nova balconista.
Algumas horas depois num drive thru,uma menina ou morder seu sanduiche acha algo duro e mostra a mãe.
Tomando a medalhinha de São Jorge nas mãos a mãe diz sem emoção.
- Não sabia que os lanches agora vinham com brindes religiosos...Finalmente eles resolveram ensinar algo...
O caixa João apenas sorri e diz boa-noite.Afinal,quem iria adivinhar do que realmente era feito o tão elogiado molho especial?
Hell
Enviado por Hell em 10/08/2006
Código do texto: T213375

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hell
Maringá - Paraná - Brasil, 26 anos
149 textos (36164 leituras)
1 áudios (287 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:37)
Hell