Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Comemoração

Bela mansão, bairro de destaque, moradores em expectativa.Quem seriam os novos donos daquela casa dos sonhos?
O convite chegou na manhã de sexta feira, trazido não se sabe por quem.A mensagem era de uma grande festa de apresentação, o dono da mansão iria finalmente se mostrar.No alto da colina a casa continuava silenciosa.
20:30 Os primeiros convidados começavam a chegar, as portas se abriram sozinhas, tudo em seu devido lugar, a musica também começou a tocar.Mascaras estavam dispostas em um recipiente dourado na entrada, cada convidado pegou a sua, agora ninguém tinha rosto.O anfitrião ou anfitriã só apareceria as onze daquela sexta 13, uma excentricidade que todos receberam bem, afinal todos os ricos são meio excêntricos.
Algo de estranho pairava no ar, mas os convidados estavam tão maravilhados com a mansão que nem perceberam.Bruno, um dos moradores mais antigos pensou ter visto uma bela dama de branco passar pela varanda, mas olhando melhor não percebeu rastros de ninguém ali.
22:55 A ansiedade parecia presente em todos, cochichos tomaram conta de todos os ambientes.
22:59 A musica parou de tocar.Todos olharam o topo da escada, passos puderam ser ouvidos em meio ao silencio.Bruno que estava na biblioteca nada ouviu, nem Nathalia que se refugiara na cozinha.
23:00 Duas figuras distintas e majestosas se mostraram no alto da escada, um homem e uma mulher, ele totalmente vestido de preto com uma mascara branca, ela com um vestido branco e mascara preta.Na sala de jogos, Bruno ouviu a porta ranger de leve.Na cozinha Nathalia sentiu um arrepio, como se não estivesse só.
- Bem vindos! – Disse o homem, sua voz se espalhou pelo salão. – Eu sou o Barão Von Sorian, a bela dama ao meu lado é Victoria Magna, sejam todos bem vindos a minha casa.
 - Esteja à vontade para andar por todos os aposentos, apreciar nossa comida, nossa musica e nossa companhia. – Enquanto falava a mulher exibia um sorriso convidativo e ao mesmo tempo maldoso. – Essa noite é especial, então divirtam-se pois aqui,cada diversão pode ser a ultima...
Bruno olhou para a porta tentando ver quem entrava, mas não viu ninguém, respirou fundo e se concentrou no livro aberto em suas mãos, seu coração acelerou ao ver a moça de vermelho sentada na sua frente.Ela deu um sorriso estranho, seus olhos brilharam por trás da mascara vermelha que usava.
Na cozinha Nathalia sentiu duas mãos geladas pousarem em seus ombros, o grito foi inevitável.Uma voz de homem se espalhou pelo local.
- Fique calma, seu coração esta acelerado...A respiração está ofegante, não sou tão assustador assim...
No salão o casal se juntara ao convidados junto com mais alguns mascarados, um deles com mascara de lobo foi cercado por jovens curiosas.
- Calma garotas...Tem Henry pra todas...
Na biblioteca, Bruno se via encurralado pela estranha de vermelho.
- Não sabia que curiosidade mata? – Ela se aproximava mostrando os dentes muito brancos.
- O que você quer dizer?- Perguntava Bruno assustado.
- Eu?Nada...Estou apenas avisando...
Na cozinha Nathalia se via frente a frente com um homem vestido de branco.Ela se sentia estranhamente envolvida por ele.
- Viu?Não sou assustador... – Ele sorria.
- Não...Nem um pouco, eu que sou boba... – Ela o deixava se aproximar.
00:00 Sorian sorriu para Victoria numa afirmação muda.Os dois gritaram ao mesmo tempo que todas as pesadas cortinas negras se abriam.
- Tirem as máscaras!Tirem as máscaras!
A lua cheia resplandeceu pelos ambientes e enquanto todos retiravam suas mascaras.Os convidados davam sorrisos alegres enquanto os anfitriões se transformavam.Victoria e Sorian mostraram as longas presas e os olhos claros,com um uivo Henry também revelava o que era de verdade.
Na biblioteca Well a dama de vermelho correspondeu ao uivo dando inicio a sua própria transformação.
Na cozinha Linx deixava seus olhos brilharem alaranjados e mordia Nathalia se deliciando com os gritos da jovem.
Bruno se via de frente ao monstro mais assustador de sua vida.As garras se agitavam em sua direção enquanto ele se via mais e mais encurralado.Sentiu a primeira dentada e gritou,o sangue manchou as paredes enquanto ela tornava a morder,de novo e de novo.
No salão Henry o lobisomem atacava as moças que antes o rodeavam se banhando em sangue,Sorian e Victoria também atacavam,dilaceravam,rasgavam.Os convidados que tentavam fugir eram barrados nas portas por Celly e Roger que terminavam a matança.
Bem Vindos à festa da I.S onde cada diversão pode ser a ultima...

Dedicado a todos os membros da I.S.Especialmente,ao Paulo Soriano,Victoria Magna,Henry Evaristo,Celly,Rogerio SIlverio e...O Linx...
Hell
Enviado por Hell em 12/11/2006
Reeditado em 15/11/2006
Código do texto: T289676

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hell
Maringá - Paraná - Brasil, 26 anos
149 textos (36164 leituras)
1 áudios (287 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:10)
Hell