CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

O Homem do Machado

                             "Uma história sangrenta"

 Outubro de 1990. Cody é uma cidade localizada no estado norte-americano de Wyoming, no condado de Park. Sua população 9217 habitantes; é o estado menos populoso dos Estados Unidos. Fica a leste com a Dakota do Sul e o Nebraska, ao sul com Utah e o Colorado, e a oeste com Utah e o Idaho. Nesta cidade vive doze jovens aventureiros e muito amigos que adoram acampar e buscam um novo destino para uma nova viajem.
  - Hilary?!
  - Oque foi? Por que está me gritando, Ethan?
  - Acho que já sei onde vamos acampar.
  - Espero que seja num bom lugar, pois as outras opções eram péssimas.
  - Relaxa, irmãzinha!! O lugar é diferente mas o conhecemos, e incrível que pareça nunca fomos lá com a turma.
  - E que lugar é este?
  - Algumas pessoas do grupo estão atravessando dificuldades financeiras, então optei por um lugar perto para curtirmos.
  - Fala logo, Ethan?!
  - O lugar é a Floresta Nacional de Shoshone.
  - O que? A floresta de Shoshone?
  - Por que, você não gostou da idéia?
  - Ouvi dizer que lá é perigoso demais. Ninguém da cidade tem coragem de ir lá à noite.
  - (risos) Ah, está história é muito velha. Eu acho que seria ótimo acampar na floresta de Shoshone.
  - Não brinque com isto, Ethan!! Um senhor de mais ou menos setenta anos que disse as pessoas que lá é muito perigoso.
  - Este velho está caducando Hilary!! O que ele viu lá? O Jason?(risos).
  - É melhor pedirmos a opinião dos nossos amigos.
  - Tenho certeza de que todos eles irão concordar comigo.
  - Não tenha tanta certeza.
    Duas horas depois Ethan reuniu em casa todos os seus amigos  inclusive chamou sua irmã Hilary e com isso foram chamados:  Andrew, Elisabeth, Peter, Sarah, Anthony, Nicole, Jordan, Tiffany, William e Andrea.
  - Quer dizer que o Ethan teve está idéia de nos levar para Shoshone?
  - Incrívil que pareça foi sim, Andrea.
  - O seu irmão não pensou nenhum um pouquinho em nossa seguranças, Hilary!!!
  -  Nem um pouco, Andrea. Para ele isso é só uma história para que os visitantes não possam ir lá.
  - O que as duas estão reclamando ai?!
  - Estamos falando de você mesmo, Ethan!!
  - Posso saber do que estão falando?
  - Está sua escolha de ir para Shoshone, é absurda não tem nenhum cabimento irmos para lá!!
  - Você reclama de tudo, Andrea. Em vez de curtir com os amigos você só faz é reclamar!!
  - As suas atitudes é que não me agradam, Ethan.
 - O que têm as minhas atitudes?
 - São todas infantis.
 - Se quiser pode ficar em casa, não iremos força-lá a ir.
 - Eu vou nesta viagem mesmo ela sendo estúpida!!
 - Olha, Hilary. Só você mesma para entender esta criatura!!
 - Vocês dois se amam.
 - Galera quero falar, quero a atenção de todos por favor!!
 - Pode falar, Anthony.
 - Obrigado. Como sou o mais velho do grupo, creio que minha opinião seria de muita importância neste momento.
 - E qual seria esta sua opinião?
 - Irei dizer agora, Nicole. E a minha decisão é que devemos dar um voto de confiança para o Ethan pois ele fez isso para unirmos.
 - Eu concordo.
 - O Jordan concorda, que mais concorda?
 - Eu descordo!!
 - Andrea, descordou. Vamos lá galera quero a opinião de todos.
 - Concordo em irmos para Shoshone.
 - Elizabeth, também concordou. Sarah e ai oque vez me diz?
 - Eu quero ir nesta floresta até porque nunca fomos lá e é perto.
 - Tiffany, Pether, William. Vocês querem ir para Shoshone ou ir para outro lugar?
 - Nós três iremos confiar no Ethan e ir nesta aventura.
 - Beleeeeeeezaaaaaa!!! Vamos para Shoshone.
 - Calma ai Ethan, só Hilary e Andrea não concordaram e ir. Então as duas vão ficar em casa ou ir conosco?
 - Iai Andrea? Acho que vou nessa com eles.
 - Não tem outro jeito, eles são a maioria então... vou com vocês.
 - Então nosso destino será Shoshone, galera!!!
    Enquanto isso na Floresta de Shoshone, uma velha casa que aparenta ser abandonada durante o dia é bem movimentada à noite.
  - Ai meu Deus!!! Socorro!!!!
    A casa tem difícil localização, as autoridades nunca chegaram a encontrar e nem sabem que existe esta casa na floresta.
  - Alguém me ajuda!! Socorro!!!!
   Os gritos são de um homem que está preso numa gaiola grande, ele é um morador da região e é um caçador e desta vez ele foi caçado.
  - Eu quero ir para casa, não aguento mais ficar aqui!!!
   Quem o prendeu na gaiola, isso é um grande mistério. Até que surge um homem de mais ou menos dois mentros de altura e muito forte, com um corte no rosto e o principal com um machado na mão.
  - Mas quem é você? Porque me prendeu aqui?!
 O homem grande não fala, só observa a sua presa; com ele traz na mão um veado.
  - Você matou o pobre animal?!
 Com machado em mãos, o homem coloca o veado ainda vivo em cima da mesa. Ele não tem nenhum um pouco de piedade do animal que chora muito; sem se importa quebra as patas do bicho como se quebrasse uma galho de árvore assim ele iria parar de se mexer e para terminar crava o machado no crânio do bicho, muito sangue é derramado.
  - Seu idiota, maníaco, psicopata!!! Matou o animal.
   O homem não falava, mas escutava tudo que sua preza falava e foi em direção a parede de madeira e pegou um canivete e riscou com os seguintes dizeres. "Você e ele serão o meu jantar!!"
   O rapaz, ficou apavorado; o pior é que o homem se dirigiu até a gaiola para pegá-lo.
  - O que quer comigo?!
 O grandão o pega pela a camisa sem chance de sua presa tentar fugir, e o joga em cima da mesa; arranca a sua camisa e com o machado arranca o braço esquerdo da vítima que agoniza.
 - Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhh!!!!!!
  O grandalhão só observa sua vítima chorar aos berros, ele não diz nada parece que fez isso com a maior naturalidade do mundo. Assim que arranca o braço da vítima, ele acende uma fogueira fora da casa e coloca os pedaços do veado morto em espetos e os assa.
   O sangue do homem jorra, mas o homem do machado percebe e coloca um copo de baixo assim não cai no chão. Terminado de assar o braço de sua presa ele pega o seu machado e o encrava no peito do rapaz que morre na hora; em seguida tira o cavinete do bolso e com ele arranca os olhos e a lingua todos eles colocados no espeto e da li em diante se alimenta com os membros do pobre homem capturado.
   Em Cody, os doze jovens se preparam para acampar em Shoshone. Todos eles não tem nem idéia do perigo que estão correndo indo para lá; um grande equipamento é preparado para seguirem ao local. Com tudo praticamente pronto seguem a pé até a principal avendida da cidade, lá esperam dez minutos até que o primeiro ônibus passa. Será isso uma passagem para o céu?
  Logo depis chegam a Shoshone e se deparam com um senhor que estava na entrada da floresta.
  - Uhul galera!! Estamos na floresta de Shoshone.
  - Não se intusiasme tanto, Ethan.
  - Pessoal tem um senhor na entrada da floresta.
  - Vamos perguntar a ele como fazemos para acampar lá. Diz Anthony.
     O velho estava sentado numa cadeira de balanço em baixo de uma árvore com um boné na cabeça. William desta vez resolveu ir até ele e pergunta-lo onde é o melhor lugar para acampar.
  - Com licença, senhor. Queria lhe fazer uma pergunta!!
  - Pois faça!!
  - O senhor conhece está floresta?
  - Conheço sim, mas algumas partes pois ela é muito grande.
  - Sabe qual o mlhor lugar onde podemos acampar?
  - São todos seus amigos?
  - São sim.
   O velho olhou para todas aquelas pessoas e esboçou um sorriso.
  - Vocês podem ir até a lagoa que fica bem lá no final da floresta. Lá tem uma casa velha.
  - Lá é o melhor lugar?
  - É. - responde o velho sentado na sua fiel cadeira de balanço.
  - Obrigado.
  - E ai, William. O que ele respondeu?
  - Ethan ele disse para nós irmos para a lagoa.
  - Lagoa?
 - É. Diz ele que é o melhor lugar e que tem uma casa velha.
 - Uma casa velha?(risos) O que vamos fazer nesta casa, nós temos os nossos equipamentos.
 - Acho melhor nós irmos para perto desta lagoa, no outro da nós iremos querer ir tomar banho e não vai ter lugar pra ir.
 - Concordo com a Elisabeth.
 - Então vamos galera.
  Os jovens se dirigem para dentro da floresta, mas não sabem que estão correndo um sério risco colocando suas vidas em jogo.
 - Senhor, eu não lhe perguntei o meu nome.
 - Meu nome é Viktor.
 - Prazer em conhece-lo, senhor Viktor. Me chamo William!!
   O senhor Viktor observa a entrada dos doze jovens na floresta, oque parece ser um velho cansado e acabado. Ele escondia um rádio no bolso e com ele falaou com uma pessoa.
  - Você está ai? Atenda!! Olhe preste bem atenção no que vou lhe dizer, entraram na floresta doze jovens que estão indo para perto da lagoa acampar. Está ouvindo? Sei que tem um ouvido muito bom já que não pode falar.
    Os jovens seguem a trilha, a floresta é fechada, árvores por todos os lados. Alguns como Tiffany, Peter e Sarah não aguentam mais andar.
  - Galera, vamos calma. Estou muito cansado, não aguento mais andar. Diz Peter já sem folego algum.
  - O Peter tem razão, andamos muitoe está lagora não chega.
  - Nós queremos chegar lá antes do anoitecer.
  - Nós sabemos, Anthony!! Mas não dá pra prosseguir com a caminhada agora.
  - Está bem, olha Peter fique com está bússola.
  - Pode deixar.
  - Não vão se perder!!
  - Pode deixar.
    Ethan, Andrew, Hilary, Elisabeth, Jordan, William, Nicole, Andrea, Anthon seguem a caminhada enquanto Tiffany, Peter e Sarah ficaram pelo o caminho  descansando.
  - Nós não podemos demorar muito, já está escurecendo e estou ouvindo barulhos de bichos na mata. - Diz Tiffany assustada.
 - Está com medo de ficar no escuro, Tiffany?(risos).
 - Para com isso, Peter seu idiota!!
 - Gente, por favor parem com isso. Parecem duas crianças!!
 - Ih, Sarah. Só estamos descontraindo o ambiente!!
 - Eu sei Peter mas não vamos fazer muito barulho pois também estou ouvindo barulhos na mata.
 - Olhem, eu já descansei o bastante. O que as duas acham de nós seguirmos em frente até encontrarmos o restante do pessoal?
 - Por mim tudo bem. E como você está Tiffany? Dá para seguir?!
 - Huuum... já estou melhor, podemos ir.
 - Então vamos, mas antes deixe eu pegar a bússola e a lanterna.
   Os três seguem com a caminhada, pelo o tempo que ficaram descansando dá pra presumir que estão bem longe.
 - Nós diviamos ligar para o Peter e saber se eles já estão a caminho. - Diz Andrew.
 - Tem razão, Andrew. Vou fazer isso agora!
 - Iai Anthony? Ele atendeu?
 - Não, está dando fora de área. Aqui conserteza não deve pegar linha nenhuma.
 - E agora, como vamos saber se eles estão bem?!
 - Dei uma bússola para o Peter, eles não vão se perder tenho certeza disso.
  - Deus te ouça amigo.
    Mais atrás.
  - Drogaaaaaaaaaa!!!
  - O que foi, Peter?
  - Está bússola... está com defeito!!
  - E agora? Como vamos encontrar eles?!
  - Calma, meninas!!!
  - Como calma?! Nós estamos perdidos.
  - Não estamos não!!! Algo me diz que este é o caminho.
  - Você e essas intuições, Peter.
  - Tiffany, pare de reclamar!!
  - Você que é chato!!
  - Os dois são chatooos!!! Peter deixe me ver está bússola?
   - Está aqui.
  - Não tem como consertar?
  - Não!
  - O jeito é seguirmos em frente e se virmos a tal lagoa é sinal que chegamos no local do acampamento.
  - Tenho impressão de que devmos ir por aqui.
  - Então vamos.
    No outro lado da floresta.
  - Estou muito preocupado com Peter, Tiffany e Sarah.
  - Não é só você que nada preocupado com eles, Anthony!
  - Foi um erro deixarmos eles lá.
  - Eles pediram para nós prosseguirmos, Hilary!!
  - Estou afim de voltar lá.
  - Quer voltar lá, Ethan?!
  - Quero. Não estamos conseguindo falar com eles.
  - Vamos acabar no perdendo na floresta.
  - Você está com bússola, Anthony.
  - Estou... mas esperem ela está com defeito.
  - Ah que bom, agora mesmo é que não iremos chegar ao destino.
      Enquanto isso os três que ficaram para trás encontram-se perdidos em Shoshone em sem saber para ir naquele momento.
  - Pra onde vamos agora?
  - Vamos por aqui.
  - Com sabe que este é o caminho certo, peter?
  - Eu não sei, apenas vou seguir em frente. Olha meninas, pelo o que nós andamos acredito que eles não estão tão longe.
  - Pode ser que esteja faando a verdade.
  - Gente, olhem só aquilo!!
  - O que foi Tiffany?
  - Tem um homem ali.
  - Ele é estranho, muito grande e está cortando algo.
  - Deve ser algum lenhador, vou lá falar com ele.
  - Peter, isso não é uma boa idéia.
  - Relaxa, Sarah. Ele deve estar só trabalhando!
  - Faça oque quiser.
    Peter vai ao encontro do homem misterioso de chapéu. Ao chegar perto se depara com um esquilo morto com um corte profundo na barriga.
  - Mais, oque é isso?!
   O homem se vira e mostra o seu machado à Peter.
  - Meu Deus!! Olha o rosto dele todo deformado.
  - Peter cuidado!!
  - Temos que fugir daqui!
    Quando Peter pensou em correr o homem do machado lançou o seu machado quem cravou nas suas costas, nas mesma hora o rapaz caiu no chão.
  - Peter?! - Grita Tiffany desesperada.
  - Temos que ir embora daqui, Tiffany!!
  - Não podemos, ele vai matar o Peter!!
  - Olha o tamanho daquele monstro... se nós formos lá vai nos matar.
    Peter sangra muito e pede para que o homem do machado não o mate.
  - Por favor, não me mate!!!
    O homem não está nem ai para que o Peter diz.
  - Lhe dou dinheiro, muito dinheiro que tenho na mochila mas não me mate por favor!!
     Eis que o homem retira o machado das costas de Peter e com ele corta a sua garganta jorrando muito sangue. O rapaz morre para o desespero de Sarah e Tiffany.
  - Ele cortou o pescoço do Peter.
  - Vamos correr, senão seremos as próximas!!
    Sarah e Tiffany saem correndo floresta a dentro, não sabem nem para onde estão indo oque importa naquele momento é salvarem suas vidas.
    O homem do machado percebe que as suas duas presas estão fugindo e então ele decide lançar o seu machado em direção das meninas. Por sorte de Tiffany o machado passou tão perto que cortou o seu cabelo.
  - Quase que ele te acerta, Tiffany!!
  - Vamos Sarah temos que encontrar os outros e sair o mais rápido possível desta floresta.
     Enquanto as duas fogem, o homem pega o seu machado na árvore e decide ir embora. Ele crava o machado no crânio de Peter e o arraste-o para a sua casa que fica num lugar previlegiado onde pode ver qualquer movimentação suspeita na floresta.
   Duas horas depois.
- Sarah, estamos andando a um tempão e está muito escuro.
- Temos que continuar, Tiffany.
- Mas não podemos descansar só uns dez minutinhos?
- Você também hein não aguenta nada!!
- aquele cara nem está atrás de nós!!
- Como pode ter tanta certeza assim?
- Eu vi ele parado, deve ter levado o corpo do Peter para algum lugar.
- O que será que ele vai fazer com o Peter?
    O que será não. Oque já esta fazendo. O homem do machado levou o cadáver para dentro de sua casa e começou a esquartejá-lo, primeiramente por braços pernas; pegou um alicate e arrancou as unhas, tirou um anel de compromisso que estava no dedo e em seguida abriu o peito, quebrou os ossos e arrancou o coração com a mão; ele ficou observando o órgão que ainda estava batendo e logo depois pegou um espeto e enfiou fazendo o parar de bater e o ato mais cruel que fez foi dar uma mordida no coração de Peter antes de colocá-los para assar.
   Este deve ser o destino dos outros jovens, agora a maratona de matança como e só falta onze.
  - Pessoal foi mais ou menos aqui que deixamos Sarah, Peter e Tiffany.
  - Só você para lembrar do local, Anthony!
  - Jordan, você está com a lanterna?
  - Está dentro da mochila, vou pegar.
  - Que tal nos separarmos para procurá-los?
  - Boa idéia, Ethan. Vamos nos separar galera!!
  - Como vai ficar os grupos?
  - Vai ser dividido assim: Ethan, Andrea e Hilary. Jordan, Elisabeth e Nicole. William, Anthony e Andrew.
  - Foi uma ótima divisão.
  - Vou ter que andar com o chato do Ethan mesmo?
  - Andrea senão quiser andar do meu lado, então ande sozinha!
  - Vou acompanhar a sua irmã que é minha amiga!!
  - Atenção, pessoal!! vamos partir de manhã pois está muito tarde.
  - É uma ótima idéia, pois com esta escuridão não iremos encontrar nada.
  - Vamos acampar aqui mesmo.
    Enquanto os grupo armam o acampamento, Sarah e Tiffany já parecem exaustas pela a caminhada na floresta e nenhum sinal de pessoas por perto.
  - Tiffany, não adianta andarmos e andarmos por ai floresta a dentro. Nós temos que descansar!!
  - É... eu não aguento mais andar, só pela manhã que iremos conseguir encontrá-los.
  - Vamos ficar por aqui então.
     No dia seguinte, um forte nevoeiro toma toda a floresta e oque parecia que a luz do dia iria ajudar, o tempo fechado só difucultaram as buscas. Mas nada impede de Ethan e Anthony acordarem de bom humor e irem atrás de seus amigos.
 - Galera, temos que ir. Os grupos já foram divididos agora é começar as buscas.
 - É isso ai, temos que partir agora mesmo.
   Ethan levou sua irmã Hilary e a sua amiga Andrea para seguir as buscas. Eles foram os primeiros a sair; Já Jordan levou Nicole e Elisabeth; e William, Anthony e Andrew seguiram para um outro lado.
   O que o grupo de Anthony não sabe é que foram para o lado errado da floresta em direção ao inimigo.
 - Nossa!!!
 - O que foi, Andrew?
 - Olhem isso, Anthony e William?!
 - Minha nossa, muito sangue foi derramado por aqui!!
 - Será que este sangue pode pertencer a Tiffany, Peter ou Sarah?
 - Não, William. Este sangue deve ser de algum animal!!
 - Tomara que esteja certo, Anthony.
 - Temos seguir em frente.
   Os três rapazes, continuam a caminhada só que estão visualizando mais sangue derramado no chão oque eles não entendem é do porque tanto sangue derramado e então eles vêem algo agonizando.
  - Mais sangue derramado.
  - É sim, mas vejam está fresco é sinal de que...
  - Tem alguem por perto.
  - Pessoal, estão ouvindo?
  - O que William?
  - Se fizerem silêncio vocês vão ouvir um barulho.
  - Também estou escutando... parece ser um animal.
  - Vem daquela direção.
      Eis que visualizam a casa abandonada.
   - Uma casa.
   - E parece estar abandonada.
   - William e Andrew, vejam só é um urso.
   - Este sangue derramado era do urso.
   - Não sei que tipo de pessoa possa ter feito isso com ele mais enrolaram um árame farpado por todo o corpo, olhem só está todo machucado.
   - E na medida que vai se mexendo o árame o corta.
   - Mais aqui não tem só um urso ferido.
   - Isso ai é uma ossada ou estou sonhando?
   - Não você não está sonhando Andrew, isso é um ossada.
   - E se repararem está ossada não é de um animal e sim humana.
   - Vejam tem braços, pernas e um cabeça em decomposição aqui.
   - Que cheiro horrível.
   - Estão com marcas de mordidas, de quem será estes restos mortais.
  - Vou ver o rosto.
  - Minha nossaaa!
  - Não pode ser.
  - Mais é o Peter!!
  - Mataram o Peter, mataram o Peter!!!
  - Calma, Andrew. Não podemos nos desesperar!!
  - Que calma, Anthony; a pessoa que amarrou um urso com árame, matou e praticamente almoçou o Peter.
  - Olha eu não sei vocês mais eu vou cair fora daqui!!
  - Espere Andrew, não pode sair andando sozinho por ai.
  - Anthony, eu vou voltar para o mesmo local onde estavámos e esperar o pessoal voltar.
  - Espere mais cinco minutos.
  - Nem mais um minuto, estou indo.
    Quando Andrew se encaminha em direção ao acampamento...
  - Andrew, cuidado!!!
   O homem do machado aparece na sua frente e em sem deixar o rapaz fugir, crava o sue machado em peito.
  - Ele vai matar o Andrew!! -  se desespera William.
  - Não podemos fazer nada, William!!
    O homem do machado aplica uma sesão de golpes de machado no peito de Andrew até abriri o corpo. Andrew já está morto.
   Mas William tenta impedir e também vira a vítima.
 - Vou tirar o Andrew de lá!!
 - William, não faz isso ele já está morto.
   Tarde demais, o homem do machado percebe a aproximação de William que estava com um pedaço de madeira na mão, o monstro tira a madeira da mão de William e o degola.
 - William, nãoooo!!!
  O homem do machado, recolhe a cabeça de William e a coloca próximo a ele; que continua a abrir o corpoo de Andrew.
  Anthony aproveitando que o assassino está ocupado, foge correndo pela a mata sem saber ao menos onde está aindo. Enquanto o homem percebe que sua terceira presa fugiu, coloca os dois corpos nos ombros e dá um chute na cabeça de William que a lança para dentro de casa. Já foram três mortes e o grupo está reduzindo.
   Depois de uma hora e meia de correria, Anthony resolve parar por uns instantes; ele não está acreditando no que aconteceu com os seus amigos principalmente pelo o fato de Peter ter sido morto e devorado aos poucos.
 - Espere! Mas se o Peter morreu... onde será que Sarah e Tiffany estão?
   O rapaz não tinha a mínima idéia de que o lado para onde correu era o lado onde as duas moças fugiram.
  Enquanto isso, o homem do machado pendura os corpos num gancho e coloca a cabeça degolada de Andrew em um freezer quebrado com alguns restos de carne dentro junto com moscas e larvas; ele pouco se importava com os insetos que habitavam no local. Mas percebeu que há mais pessoas dentro da floresta e com a fuga de Anthony pela a floresta, conserteza suas próximas vítimas não irão chegar perto de seu matadouro quer dizer sua casa.
  Sarah e Tiffany decidem dar uma outra descansada.
 - Estamos andando a horas e nada do pessoal, Sarah.
 - Temos que ser fortes e acreditar que podemos sim encontrá-los.
 - Não aguento mais andar!!
 - Olha, Tiffany. Olhe para mim quando estou falando com você!!!!
 - Está bem, estou olhando.
 - Se ficarmos aqui, aquele monstro vai nos pegar e nos matar o mesmo que fez com o Peter!!
 - Nada disso, temos que continuar aquele homem estranho não vai nos pegar!!
 - Até que fim você me entendeu, pensei que não tinha nada nesta sua cabecinha.(risos)
 - Ah para de graça!!(risos)
   Um barulho de gente andando as deixam espantadas.
 - Está ouvindo, Sarah?!
 - Estou, pegue uma pedra que vou nos defender com este galho.
   Quando o barulho da tal pegada ficou mais mais próximo eis que surge um homem na frente delas, mais Tiffany não queria saber.
 - Ei, tome cuidado isso pode machucar alguém!!!
 - Anthony?!
 - Sarah, Tiffany que bom que encontrei as duas.
 - Estávamos muito assustadas com o barulho.
 - Entendo.
 - Onde estão os outros, Anthony?
 - Nos dividimos em grupo e saimos a procura das duas e de Peter.
 - Temos uma notícia muito triste sobre o Peter.
 - Não precisam falar nada, já sei de tudo.
 - Como assim?
 - É sim, eu disse que nos dividimos em grupo e saimos a procura de vocês e...
 - E oque, Anthony?
 - E levei William e Andrew comigo, nós achamos os restos mortais de Peter.
 - Se você estava acompanhado de William e Andrew. Onde estão os dois?
 - Eles morreram, Sarah. Um homem com um machado os matou e eu consegui fugir.
 - Perdemos três amigos!!
 - Olhem temos que achar os outros e sair desta floresta o mais rápido possível antes que aquele homem com o seu machado nos encontre!!
 - Era oque Sarah e eu estavamos tentando fazer.
 - Então não podemos perder mais tempo aqui e continuar andando.
 - Está certo, vamos!!!
    Enquanto Anthony, Sarah e Tiffany seguem com a caminhada; o grupo 2 segue sem saber por onde ir cada metro percorrrido.
  - Não temos nem idéia de onde estamos.
  - Na floresta não é?
  - Isso eu sei, mas onde? nem sinal dos outros.
  - Jordan não podemos ficar nervosos, temos que acha-los para voltarmos ao acampamento.
  - Irei seguir a minha intuição, vamos garotas algo me diz que este é o caminho a ser seguido.
  - Fazer oque né, vamos segui-lo Nicole.
  - Olhem tem um carro velho ali.
  - Você diz carro. Eu digo sucata né Elisabeth!!
  - Tanto faz, Nicole. Alguém entrou com este carro aqui na floresta!
  - Huumm... E foi por acidente, pois dá para ver o amaçado na lateral.
  - Bateram com o carro, foram embora e o deixaram ai.
  - Mas isso deve ter anos.
    Enquanto ficavam visualizando o carro, a morte parecia estar bem próxima dos três.
  - Vamos gente, temos que ir.
    Jordan, Elisabeth e Nicole são pegos de surpresa e caem um grande buraco, bem profundo que não têm como voltar.
 - Vocês duas estão bem?
 - Estou.
 - Elisabeth, como você está?
 - Ain... estou bem!!
 - Caimos em um buraco.
 - É ele está com água.
 - É mesmo, quem iria jogar... perai isso aqui não é água.
 - Não é água?!
 - Não, isso aqui é álcool!!!
 - Álcool, isso aqui está me parecendo um filme de terror. Só falta aparecer uma pessoa lá em cima e tacar fogo em nós.
 - Jordan, acho que não falta mais nada.
 - Não falta oque Nicole?!
 - Olha para cima.
 - Olhem só um homem com um machado nas mãos... deve ser um lenhador.
 - Não me parece um lenhador.
 - Claro que é um lenhador, Elisabeth!!
 - Então fale para ele nos tirar daqui.
 - Ei grandão... nós caímos neste buraco acidentalmente, queira nos tira daqui por favor?!
 - Ih, acho que ele não te ouviu.
 - Ele só fica olhando.
 - Ei grandão, me responda vai nos tirar daqui ou não?
   O homem do machado observa suas vítimas, mas Jordan insisti.
 - O cara, você vai ficar ai só olhando? Fale conosco... o gato comeu a sua língua?!
    Eis que o canibal, pega um balde de álcool e entorna nos três.
 - Ai, ele jogou álcool em nós!!
 - O que ele vai fazer?
   O homem, volta a jogar outro balde de álcool neles.
 - Ele jogou outro.
 - Temos que tentar sair daqui!!
 - Ele vai tacar fogo em nós!!!
    Tarde demais para fugir, Jordan, Elisabeth e Nicole não iriam escapar da morte e são queimados vivos. O fogo estava tão forte que dava para ver a pele de Jordan se abrindo e o cabelo de Nicole encolhendo com as queimaduras, Elisabeth não aguentou o fogo entrou diretamente no seu nariz e seus ouvidos; ela foi a primeira a cair e morrer mas seu copro continuou a ser lambido pelo o fogarel.
   Já foram seis mortes, o homem do machado devagar vai caçando suas presas ali ele observa o fogo fazer o trabalho de matar os três jovens. Depois de meia hora ele resolve abaixar o fogo mas desta vez não vai degustar de suas novas vítimas pois seus corpos estão irreconhecíveis oque ele fez... resolveu deixa-los ali para os lobos e ursos darem conta do recado.
  - Estão vendo, naquela parte da floresta está em chamas.
  - É agora estou vendo, oque será que aconteceu lá?
  - Querem ir lá?
  - Não mesmo, Ethan. Andamos muito e não iremos até lá!!!
  - Andrea, como sempre com medo!!
  - Não comecem, por favor!!
  - Olhe, não vamos brigar. Andrea, me desculpe?!
  - Olha, Andrea... isso foi legal da parte do meu irmão.
  - É foi legal sim, aceito as desculpas desde que ele me deixe em paz.
  - Vou deixa-lá em paz. Pode ficar sossegada!!
     Oque será está aguardando Ethan, Andrea e Hilary?
  - Olhem gente, me siga!!
  - O que foi, Hilary?!
  - Confiem em mim, me sigam.
  - Só quero ver onde vamos parar.
  - Esperem, venham devagar.
  - Devagar pra quê?
    Andrea leva um susto com um enorme buraco.
  - Minha nossa olhem a profundidade disso?!
  - Não dá nem para ver o chão.
  - Tomem cuidado, andem devagar.
    No outro lado da cratera.
  - Anthony, onde nós estamos?
  - Eu não sei Tiffany. Temos que continuar!
  - Olhem!!
  - O que foi Sarah?
  - Uma cratera.
  - Não dá para atravessar.
  - Dar sim, Tiffany. Tem uma ponte ali!!
  - Vamos até lá.
    Chegando na ponte, os grupos se encontram.
  - Olhem só é o Ethan, Andrea e a Hilary!!
  - Encontramos eles.
  - Olha lá, Ethan!! São eles.
  - É mesmo, pessoal!! Aqui!!
  - O que estão esperando vêem logo para este lado.
  - Ethan, é o primeiro a atravessar. Seguido de Andrea e Hilary.
  - Estamos todos unidos.
  - É mesmo, mas esperem está falta gente.
  - Só posso ir direto ao assunto.
  - Então nos conte, Anthony?!
  - Estão todos mortos!!
  - O que como assim?!
  - Tem um canibal a solta na floresta.
  - Um canibal?
  - Isso mesmo, Andrea. Um homem com um machado está matando nossos amigos!
  - É sim, podem acreditar ele matou o Peter na nossa frente.
 - E matou William e Andrew na minha frente.
 - Mas e Jordan, Elisabeth e Nicole?
 - Sarah, nós vimos uma fumaça vinda do outro lado.
 - Será que foram eles?
 - Não podemos sair daqui sem eles!!
 - Certo vamos as buscas.
   Os aventureiros, se uniram mas oque eles não esperavam naquele momento é que iriam se separar novamente. Surge o homem do machado na frente de Andrea.
  - AAAAAAAAAAAAAAAAAH!, tomem cuidado!!
  O homem da uma machadada na moça que ela desequilibra e cai na cratera é morte certa.
  - Andreaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
  - Ela morreu, correm!!
    Tiffany era a mais lenta então sobrou para ela. O homem lançou seu machado em direção a sua perna que foi cortada isso a impediu de correr; o canibal cravou o machado em sua testa; tanto que parte do cérebro ficou amostra e muito sangue derramado.
  - Ele pegou a Tiffany!!
    Hilary, por sua vez tenta fugir mas o homem lança seu machado contra ela. Quando parece que sua morte era certa eis que surge um anjo.
  - Ethaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaan!!! - Grita Hilary, desesperada.
  - Hilary, sai dai!!!
   Hilary se afasta e vê seu irmão morto. Os três que sobreviveram atravessaram a ponte o mais rápido possível; o homem do machado por ser mais pesado não conseguiu os alcançar com isso Anthony consegue contar as cordas da ponte assim o assasssino não poderá atravessar.
  - Pronto, isso vai atrazá-lo.
  - Mas ele continua nos encarando!!
  - Melhor lá do que cá!!
  - Meu irmão!!!
  - Hilary, seu irmão salvou sua vida!!
  - Era para mim ter morrido no lugar dele.
  - Não fale isso, Hilary. Ethan a ama ele iria fazer o impossível para protege-lá.
  - Gente, ele vai lançar o machado.
  - Ele não vai parar enquanto não estivermos mortos.
     Quando o canibal iria lançar o machado, guardas florestais e policiais surgem no local.
  - Ei vocês estõa bem?
  - Ai, graças a Deus alguém apareceu!!
  - Cadê o homem do machado?
  - Ele sumiu!!
  - Deve ter fugido.
  - Nem vimos ele fugir.
  - Sou o policial Robert, vocês estão bem?
  - Estamos policial!!
  - Então irei caminha-los até a ambulância.
     Mais tarde, no hospital o policial fez uma pergunta.
  - Vocês viram quem os atacou?
  - Foi o homem do machado.
  - O homem do machado? Então ele existe mesmo.
  - Conhece este homem, policial?
  - Já ouvi falar nesta história, as pessoas dizem que andar em Shoshone é colocar a vida em risco.
  - Nunca mais iremos voltar lá!!
  - Não, não se preocupem. A nossa equipe vasculhou o local e encontrou alguns corpos, três deles estão carbonizados e são de Jorda, Nicole e Elisabeth. Conhecem?
  - Sim, nós conhecemos. São nossos amigos!
  - O restante não conseguimos encontrar, tentamos descer aquele buraco mais era muito arriscado e a amiga de vocês Andre não deve ter sobrevivido. Já o corpo de Ethan sumiu!!
  - Aquele monstro deve ter levado o corpo do meu irmão.
  - Não só de seu irmão mas de Tiffany também.
  - Bom, eu tenho que ir. Vocês vão ficar bem aqui no hospital; logo terão alta.
  - Obrigado, policial!!
  - É, este acampamento é para esquecer.
  - Nunca vou me esquecer dos nossos amigos.
  - O pior é que nem prenderam o homem do machado.
  - Vamos seguir nossas vidas e deixar que a polícia o capture e o prenda.
     O homem do machado, carrega os corpos de Tiffany e Ethan para sua casa. Agora será que haverá mais matança em Shoshone ou o canibal será capturado?!

                        Um texto de Victor Nascimento.
Victor Nascimento
Enviado por Victor Nascimento em 15/04/2012
Código do texto: T3613444

Comentários

Sobre o autor
Victor Nascimento
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 24 anos
49 textos (2804 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/08/14 21:09)