Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visita prematura II

Depois que o Sr. Progresso me visitou, aliás ainda não partiu, não sou mais aquela, mais automática que reflexiva;  conoto mais, vivo mais lenta, questiono o universo, busco solução para a vida ... Ora, que pretensão, uma rélis gota que se afunda no oceano! Outrossim, creio que se as outras rélis derem as mãos, soluções se priorizarão.
Hoje, avistei uma garota lindíssima, muito loira, olho azul, com meia cabeça raspada e na outra meia, uma salada de cabelo natural e postiço, estilo aloucado e estufado;   calça longa bem larga, caída deixando  a calcinha colorida em realce.
Quase perguntei a ela, porque busca não ser a mulher que nasceu.
O Sr. Progresso revolucionou meu dentro, aliás ainda esta lá em casa.
*Mulheres que não são mais mulheres, em processo compensatório aos tantos séculos de anulação social tentando grotescamente impor o poder antes esmagado...
*Homens que não sabem mais ser homens, devido ao repentino ingresso da fêmea ao mundo machista  ter desestabiliado sua segurança ...
Coberto de razão e não por ser homem, me pergunta o Sr.Progresso:
- Onde a dulcíssima inocência maleável feminina, que tanto seduzia o macho viril e poderoso ídolo?
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Gostaria que resgatasse a mulher seu mel e homem seu punho, para reaverem o equilíbrio de casal, que têm nas suas diferenças marcantes motivo justo para mutuamente se completarem, não suprimindo tais detalhes que fazem crescer ereta a pirâmide do amor.
A naturalidade que se imponha, chega do artificialismo rotulado progressista.
Grenoble-Fr-24/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 24/05/2006
Código do texto: T161777
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:16)
Inês Marucci