Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visita prematura III

Nem sei se ele é  virtual, o Sr. Progresso, saído da minha imaginação globalizada  ou real, nascendo no virar das paginas da realidade; não sei se ele anacrônico ou um rascunho a ser burilado para o futuro melhor; se é um  alerta de perigo ou a certeza dum desastre.
Resolvi então ter com a Dra. Lógica, para não redundar em intempérie; larguei o Sr. Progresso dormindo, fingindo que.
Dra. Lógica, uma anciã  super complicada do século IV AC, filha do Dr. Aristóteles, diz-se a própria lei do pensamento e a dona da verdade; contestei achando-a pluralista demais para ser verdadeira, quando zangada arguiu:
-Permita deixar de lado a modéstia, mas defini as leis do pensamento que leva à Verdade, podendo testemunhar minha veridicidade muitos alunos universalmente famosos, não apenas no âmbito filosófico  como também os matemáticos George Boole, Fregem Bertrand Russell e, não fosse minha inegável influência, ainda hoje não terias sequer ouvido falar em Eletrónica, Cibernética, Informática, Neurofisiologia, Linguística, Inteligência Artificial...
Como vês, não falo por musica.

Argumentei titubeante diante de tal discurso, porque é  impotente na saúde do  Sr, Progresso.
-Simplesmente porque não posso deduzir atitudes proposicionais verdadeiras sem as quais não se chega a um raciocínio igualmente verdadeiro, num povo falso e sem verdades.
O remédio só atua se tomado, se me entendes e neste caso o remédio para curar o Sr.Progresso terá que ser ministrado pela humanidade, quando se posicionar de forma  cônscia e real, evitando serpentinar em divagações ilógicas e sem rumo definido.
”””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””
Eu fiquei pensando na triste condição humana. Foi provado cientificamente que a constituição física do cérebro humano o vulnerabiliza, necessitando ele crenças, talvez eixo de equilíbrio,eco  na fé... Este fator social se solidifica inabalavelmente,dificultando a transformação mental que os tempos exige.
Assim, pobre Sr.Progresso, pobre de nos ... e como disse a dra. Lógica, para nos tornarmos mais lógicos temos de desenvolver nosso poder intelectual, desmecanizando nossas atitudes pré-histórias.
Tarde frustrante por perder meu tempo para nada, lembrei do Pitchou, meu cãozinho, lembras?, sozinho com aquele velhinho chamado Progresso, candidato a suicida,   se é que é vivo ainda; ele provavelmente late com o seu pipi estocado, o
Pitchou claro!

Grenoble-Fr-25/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 25/05/2006
Código do texto: T162483
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:17)
Inês Marucci