Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

............

Um dia chuvoso, olha pela janela e vê, uma pessoa que caminha na chuva, e parece não se importar com ela.Olha atentamente e se vê ali,como se estivesse projetado sli.
Essa visão faz com que percebe que já foi assim, a chuva continua a cair e se pergunta como e porque ficara assim, a desilusões, perdas pelo caminho, uma vida complicada... mas quem não tem? pergutna a si mesmo. Sua vida começa a passar em su amente enquanto vê aquele estranho conhecido ali andando na chuva.
Uma música toca no rádio, o que o faz divagar ainda mais,pensa em tudo e em nada, até que seus pensamentos, param em uma pessoa, qeu não vê a muit o tempo, recordações, de idas e vindas, até a separação definitiva.
Pensa que a vida é feita de momentos, efemeros, masque duram para sempre, posi marcam fund. A chuva amaiou, e num ppiscar de olhos , a pessoa da chuva desapareceu, encosta a testa na janela que rapidamente fica embaçada, faz uma carinha no vidro, algo que a muito não fazia, olha a sua volta, tudo está em seu lugar, mas não parece ser igual, oque poderia estar diferente?  Se pergutna. Gira em torno de si mesmo, olhando tudo atentamente, sem encontrar resposta.
Do corredor ouve passos, por um instante, julga conhecê-los, mas eles param como que indecisos... ... ... algum tempo depois, que não pode dizer quanto foi , que ficou ali na espectativa, ouve leves batidas na porta, batidas indecisas como os passos de momentos atrás, sorri consigo, não etava enganado. Caminha até a porta e abre e ´lá está ela parada, molhada pela chuva.
Giliane Moura
Enviado por Giliane Moura em 30/06/2006
Código do texto: T184808
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autora : Giliane Moura). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Giliane Moura
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
18 textos (619 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:46)
Giliane Moura