Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*O CAMINHO DO VENTO*

BY DIANA LORENA

             O CAMINHO DO VENTO

 ...durante anos em minha vida,eu sempre buscava algo que me faltava;sem ao menos saber;o que me faltava!

  RECORDO-ME APENAS QUE NESSE DIA,EU CAMINHAVA SEM RUMO,

COM OLHAR VAGO,E COM A LIGEIRA IMPRESSÃO;

QUE TUDO ESTAVA PERDIDO,E QUE JAMAIS SERIA FELIZ.

QUE TERIA QUE ACEITAR A MINHA REALIDADE, A MINHA CONDIÇÃO;

 DE NÃO PODER MUDAR NADA,E NEM ACRESCENTAR NADA,A VIDA É

UM MISTÉRIO INFINITO;

E QUE TODOS OS MEUS DIAS...SE ENCAMINHAVA PARA DIAS SEM

NENHUMA RAZÃO DE EXISTIR.EU VIVERIA APENAS,Á ESPERA DO

FIM.TODOS MEUS DIAS .CADA SEGUNDO QUE PASSAVA. EU

PENSAVA,TUDO È UM IMENSO...VAZIO.

      MAS DEREPENTE,UMA SENSAÇÃO ESTRANHA,COMO SE  NÃO

FOSSE A MESMA PESSOA...PRIMEIRO UMA SENSAÇÃO EXTREMA DE

LIBERDADE,COMO DE UM VENTO FORTE,UM VENDAVAL.

    NEM BEM COMEÇOU A PRIMAVERA,SENTIA ALGO

DIFERENTE;FEITO MAGIA.PARECIA QUE UM SOPRO,UM VENTO ME
ENVOLVIA.

ERA ALGO QUE NUNCA HAVIA SENTIDO;TINHA FRESCOR NAQUELA MANHÃ

NÃO ME PARECIA UM DIA,NORMAL COMO OS TANTOS OUTROS DIAS.

SENTIA A DIFERENÇA EM MINHA VOZ,ESTAVA MAIS

CALMA,TRANQUILA,EM OFF.MEUS PASSOS...ANTES TÃO

APRESSADOS,PARECIAM LEVITAR.
...SABE DAQUELES SONHOS,QUE PARECEM TÃO REAL;

FOI EXATAMENTE ASSIM  QUE EU ME SENTI.NUM SONHO, UM SONHO

TÃO REAL. MAS QUE NO FUNDO,EU SABIA QUE ESTAVA  ACORDADA,CERTA DE QUE  UM VENTO  ME LEVAVA PELAS MÃOS...FOI QUANDO COMECEI A VOAR;

QUE PERDI TOTALMENTE NOÇÃO DO TEMPO.

COMO QUE: SAIR DE UM COMA INDUZIDO, TUDO TOMARA OUTRO

RUMO,QUE COMECEI A VER A VIDA EM TOTAL PLENITUDE.

NÃO SEI QUANTO TEMPO FIQUEI...DIAS,HORAS OU APENAS

INSTANTES.FUI PERDENDO TOTALMENTE A NOSSÃO DOS FATOS.

MAS ALGO EM MIM MUDARA,ME SENTI RENOVADA,COMO SE O VENTO

ME CHAMASSE,CHEGAVA A OUVIR SEU LAMENTO"ACORDA,&&&&.VOLTA;

"EM MEIO Á CONFUSÃO MENTAL:ME DEPAREI COM UM CAMINHO,

ERA COMO UMA DESCOBERTA;

ME SENTIA ALIVIADA POR ESTAR ALI.

TINHA LUZ E LÁ BEM LONGE QUASE NO FINAL PARTIA UM

SOM;SUAVE,RELAXANTE.

QUANTO MAIS EU CAMINHAVA,MAS EU SENTIA UM IMENSO PRAZER

CAMINHAVA,CAMINHAVA... E NADA NÃO ALCANÇAVA NADA;

"DE ONDE VINHA O SOM".JÁ NÃO ENTENDIA MAIS NADA.

NÃO HAVIA FIM NAQUELE CAMINHO.;

   QUANTO MAIS EU CAMINHAVA,MAIS SE ESTENDIA.NÃO ERA UM

SONHO...ERA PROPOSITALMENTE UMA ALUCINAÇÃO.MEUS PASSOS NÃO

 ERA EU QUEM COMANDAVA; MEU ESPIRITO E QUE ME CONDUZIA.

EU,ERA LIVRE,ME CONTENTAVA EM CAMINHAR,ERA UMA SENSAÇÃO

 INEXPLICÁVEL,HAVIA RENOVAÇAO,COMO SE

ALGO;INVERTESSE,CAMINHAVA PARA O PONTO DE PARTIDA,O

COMEÇO,E NÃO PARA O FIM.COMO TUDO EM MINHA VIDA ERA

SURPREENDENTE ...DENTRO DE MIM EU APENAS OBEDECIA.SEM NADA

 QUESTIONAR.

O CAMINHO ME FAZIA PROSSEGUIR;COMECEI ENTÃO A SENTIR

CHEIRO DE ROSAS.E PUDE PERCEBER QUE AO MEU REDOR...MUITAS

ROSAS BRANCAS,NESSE INSTANTE MEU CORAÇÃO,DESCOMPASSADO;

 PULSAVA FORTE,LEVADO PELA SENSAÇÃO DE EXTÂSE,MUITO EMBORA

FOSSE UMA SENSAÇÃO MUITO AGRADAVEL...NÃO SENTIA DOR,NEM

TRISTEZA;MEU CORAÇÃO ESTAVA ALIVIADO.ERA COMO UMA LAVAGEM CEREBRAL.

SIMPLISMENTE EU NÃO ERA A MESMA PESSOA DEPRIMIDA DE TEMPOS

ATRAS,COMO ERA ANTES DE CHEGAR ALI.

HAVIA PAZ,HAVIA UMA COISA CHAMADA...OUVIR O SOM DO

VENTO,ERA UM SILÊNCIO,UMA ORAÇÃO;UMA BREVE MEDITAÇÃO.

   NADA TINHA MAIS SENTIDO,A PRESSA,O TEMPO,O CORRE-CORRE

DA VIDA.

COMO POR ENCANTO O TEMPO PAROU...

NADA MAIS ERA REAL.EXCETO EU,

COMO FUI PARAR ALI;EM QUAIS CIRCUNSTÂNCIAS!

MINHAS ULTIMAS RECORDAÇÕES...MEUS DIAS CADA VEZ MAIS

TRISTES E SILENCIOSOS.

FOI QUANDO COMECEI A QUESTIONAR;POR QUE COMIGO!E NÃO HAVIA

EM MIM MAIS ESPERANÇA DE DIAS MELHORES;

ME SENTIA CADA VEZ MAIS SEM FORÇAS;

ESTAVA SÓ SEM AMIGOS,SEM AMOR E O PIOR DE TUDO SEM SONHOS.

AS LEMBRANÇAS MAIS FORTES ERAM DE 10 ANOS ATRAS...

O QUANTO EU FUI FELIZ E AGORA;DIAS TÃO TRISTES,TÃO SÓ E

SEM VIDA.MESMO FRACA NÃO TITUBIEI E CONTINUEI A CAMINHAR.
 
SENTIA CADA VEZ MAIS MEU CORAÇÃO DESCOMPASSADO.

"TUDO ISSO VAI PASSAR,VOCÊ MERCE SER FELIZ"FOI QUANDO

EMBRIAGADA COM O CHEIRO FORTE DAS ROSAS...TUDO COMEÇOU A

GIRAR EM MINHA CABEÇA. ;ALGO COMO REDEMOINHO.

ERA ALGO MUITO ESTRANHO,SEM CONTROLE.

TUDO GIRAVA À MINHA VOLTA:O MUNDO,AS PESSOAS,VOCÊ.

FOI QUANDO PERDI TOTALMENTE OS SENTIDOS;COMO MORRER.

PENSEI ACABOU ...MORRI!

ERA UMA FALTA DE CONSCIÊNCIA "CONSCIENTE".

QUE ESTRANHO JAMAIS VIVERA UMA SITUAÇÃO ASSIM.

MAS UMA VOZ REPETIA A MESMA FRASE. "VOCÊ MERECE SER  FELIZ"
   
COMO DESCREVER TUDO,O QUE PASSEI:POR ALGUNS INSTANTES

FIQUEI ENTRE DOIS MUNDOS< O REAL  E O INEXISTÊNCIAL,ERA

CONFUSO.

ESSE CAMINHO CHEGOU COMO VENTO;BATENDO NA PORTA...

DEREPENTE ME DEPAREI ,COM UMA EXPERIÊNCIA,UM DESAFIO...

MUDAR,RENOVAR E RENASCER.
TUDO ERA MUITO RÁPIDO;NÃO HAVIA MAIS TEMPO A PERDER.
FOI QUANDO COMECEI A DECIFRAR AQUELA MEIA ALUCINAÇÃO:
AQUELE SONHO,AQUELE DESEJO INCONCIENTE DE MUDAR OU SEI LÁ O QUE!TUDO A MINHA VOLTA SE TORNARA VAZIO E SEM VIDA E SEM ESPERANÇA;SEM AMIGOS,SEM SONHOS E O PIOR SEM UM GRANDE AMOR;DAQUELES QUE FAZ O TEMPO PASSAR LENTEMENTE;DIA APÓS DIA.
MAS AO CONTRARIO,TUDO SE PERDERA NUM PASSADO TÃO PROXIMO;
QUE ENVELHECI SEM PERCEBER NESSES ULTIMOS ANOS;NADA ME DAVA PRAZER,JOGAR CONVERSA FORA,AS BRINCADEIRAS DE ÚLTIMA HORA, PASSEAR,DANÇAR;NADA!NÃO HAVIA EM MIM  MAIS EMOÇÃO.
FOI QUANDO COMECEI A ME SENTIR COM:100,150,E ATÉ 200 ANOS.
SÓ PENSAVA...ACABOU,CHEGOU A MINHA HORA,TUDO EM MINHA VIDA,
ERA PRECOCE,MUITO CEDO,MUITO PRIMEIRO DO QUE COM OS OUTROS,"DIZIAM ATÉ QUE EU ERA ADIANTADA AO MEU TEMPO".
CHEGAVA ATÉ A PENSAR;QUE NÃO ERA A MINHA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA DE VIDA.COMO TANTAS VEZES EU AFIRMAVA,TENTANDO ME CONVENCER"NÃO ACREDITO EM OUTRA VIDA".
ESSA É MINHA PRIMEIRA,E UNICA VINDA AQUI.
AS COISAS IAM SE TORNANDO CADA VEZ MAIS ESTRANHAS.
CERTA VEZ ALGUÉM FALOU:QUE ERAMOS LIVRES,E TINHAMOS LIVRE ARBÍTRIO.COMO TER VÍNCULO DE LIBERDADE,SE NUNCA TIVE O QUE SONHEI.NENHUMA TEORIA TORNAVA SE REAL,NA PRATICA.TUDO ERA FILOSOFIA.MEUS SONHOS FORAM SE PERDENDO,COM O TEMPO.
MAS NÃO HAVIA EM  MIM VOCAÇÃO PARA MUDAR O MUNDO!MAS SIM TRANSFORMAR O MEU.
APENAS VENCER,BRILHAR,SER FELIZ.
TINHA A POESIA COMO COMPANHEIRA;SEM NUNCA SAIR DO ANÔNIMATO.
TODA MINHA VIDA PASSAVA A MINHA FRENTE,COMO RAIO;EM FRAÇÃO DE SEGUNDOS;MEU PENSAMENTO APENAS PAUSAVA AS COISAS QUE AMO>AS ESTRELAS,A POESIA, O MAR,MEU JEITO CARA LIMPA,A FÉ NO MESTRE JESUS.
   E O PIOR SER INTOLERANTE COM TUDO QUE DIZ IMPOSSÍVEL.
HAVIA UMA LUZ INTENSA EM MINHA VIDA,UMA FORÇA, ALGO SOBRENATURAL;JAMAIS ESTIVE SÓ;ENQUANTO ESTIVE NAQUELE CAMINHO.ME VEIO A MENTE ENTÃO;UMA POESIA DE UM POETA DESCONHECIDO;MAS QUE EU CONHECIA MUITO BEM!
"BUSCO A TI,COMO A ULTIMA SOLUÇÃO,
PRECISO SORRIR E ACALENTAR MEU CORAÇÃO,
TODOS OS MEUS DIAS,TEM SIDO QUASE UM FINAL.
JÁ NÃO SUPORTO A AUSÊNCIA DO NADA.
NADA TENHO A NÃO SER A CERTEZA QUE AO TE ENCONTRAR,VOU SER FELIZ."
FOI QUANDO MEDITEI ESSAS PALAVRAS;É EXATAMENTE ASSIM,QUE ESTOU:ESPERANDO POR UM MILAGRE;SEM ELE TUDO SE FAZ PERDIDO.
CONTINUEI VAGANDO,FEITO ESTRELA PERDIDA.
TUDO ERA MUITO INTENSO...A ENERGIA,A LUZ.
O DESTINO ME PROVARA MAIS UMA VEZ,QUE AGENTE NÃO É FRUTO DO QUE VIVE;E SIM DE UMA DETERMINAÇÃO;"TUDO ESTÁ ESCRITO"
JAMAIS CONSEGUIRIA SAIR SÓ,SEM AJUDA;SENTIA QUE OS ANJOS,ME RONDAVAM.E QUANDO DESFALECI ELES ME SOCORRERAM E ME LEVANTARAM,ME PUSERAM NO CAMINHO NOVAMENTE.
POR QUE,LOGO EU FUI O ESCOLHIDO!,PARA CONTEMPLAR COM TANTA CLAREZA,O VERDADEIRO MÍSTERIO DA VIDA.
EU NÃO PRETENDIA DESVENDAR NADA!APENAS NÃO ME CONFORMO EM SOMENTE PASSAR EM VÃO,COMO MUITAS VIDAS.
EU QUERIA ALGO,QUE MUITAS VEZES PRECISAMOS DE JUSTIFICATIVA,
PARA SENTI-LA,EU APENAS QUERIA SER FELIZ SENDO,
QUEM SOU,E TODO DIA EU PENSAVA:QUERIA QUE O VENTO LEVASSE MEUS PROBLEMAS PARA BEM LONGE,E QUE EU FICASSE TÃO LEVE;
QUE PUDESSE VOAR;
    QUANDO APÓS ESSE PENSAMENTO,UMA ESTRELA CADENTE,SE MOVEU E ME ABSORVEU INTEIRAMENTE.
MAS PARECENDO UM CONTO DE FADAS,OU APENAS;
UM ERA UMA VEZ...O CAMINHO DO VENTO.
DIANA Lee
Enviado por DIANA Lee em 10/07/2006
Reeditado em 02/10/2006
Código do texto: T191100

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DIANA Lee
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
213 textos (11306 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:24)
DIANA Lee