Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lição de vida

Desde cedo me vi envolvida com livros e jornais e  pessoas
vindo a minha casa para o café da manhã.
Meus pais , amantes das artes, se reuniam mensalmente para os haicais que eram lidos e transcritos em tiras de papel.
Participavam das danças folclóricas valorizando as tradições e costumes da terra natal.
Minha mãe faleceu em setembro, de forma repentina, deixando muita dor e saudades...
E a vida seguiu seu rumo natural;até que um dia meu pai, sentiu-se mal e iniciou o tratamento médico.
Uma noite, ele começou a implicar com a comida e eu, já exausta após, um dia de trabalho,chorei e fui a um canto escrevi meu primeiro poema, uma oração,pedindo  a Deus serenidade para me manter tranquila naquele momento .
Passaram-se alguns meses e minha tia,evangélica fervorosa,trouxe um pastor para convertê-lo; ateu por natureza, meu pai disse que dependia somente de seus filhos e mais ninguém.
Em junho,tirei uma licença médica para cuidar de meu pai;como seu médico havia ido ao exterior participar de seminários,tivemos que interná-lo no hospital em que havia um médico oriental para que ele se sentisse mais seguro como também para facilitar a comunicação.
 No Hospital Erasto Gaetner,hospital do câncer, tive uma visão diferente da vida;morando durante quase dois meses em um dos apartamentos, aprendi que a solidariedade caminha ao lado da dor, do desespero.
Passei momentos cruciantes na pós cirurgia,em que o dreno não deu conta e me vi envolvida com um líquido pastoso ,cheiro de borracha queimada;na crise de taquicardia liguei para uma conhecida que  com palavras tranquilizadoras me fez voltar a razão e a partir daquele dia Deus me acompanhou em todos os momentos.
O médico deu cinco dias de vida e seguindo seu desejo trouxemos meu pai para casa,onde montamos equipamentos e contratamos duas enfermeiras que se revezavam á noite.
Todo dia ele se vestia e dizia que iria morrer,tinha visões com pessoas que já haviam falecido.
Semanas depois,ele pediu que todos ficassem no quarto e naquele dia à noite uma das enfermeiras veio nos comunicar que não voltaria mais pois não estava aguentando presenciar tanto sofrimento.
Ao amanhecer, ele pediu a presença de meu irmão cristão que
ficava ao seu lado, lendo a bíblia; contou que havia visto uma pessoa que lhe estendeu a mão e que quando ia pegá-la essa pessoa pessoa pediu-lhe que voltasse .
 Cristo?-perguntou meu irmão....e ele deu de ombros como se dissesse não sei...
Meu pai ,com as mãos em preces,pediu a presença do amigo dele, pintor e seguidor da religião da minha tia.E, em seguida apareceu minha prima que,nervosa, havia chegado de uma outra cidade.
O amigo chegou e começou a conversar com meu pai, encaminhando e confortando-o ...-" Um dia; dizia ele, você vai me receber como agora em que você vai junto com os seus: arrependa-se e siga seu caminho.Entregue seu coração a Deus".
Todos saíram do quarto chorando..eu entrei, ele me pediu para arrumar os travesseiros em suas costas, uma lágrima rolou,fechou os olhos  e ele se foi....
Uma paz,uma sensação inexplicável se apossou de todos...
enfim ele se encontrou e nos deixou uma grande lição de vida.
A fé que hoje me acompanha, a certeza da presença divina em todos os meus momentos é em decorrência  do tempo em que aprendi o verdadeiro sentido da vida junto ao meu pai...



Anos após cumpri junto com minhas amigas a promessa  feita e retornei ao Hospital visitar a ala infantil, onde passava as tardes livres( e a enfermaria) onde tive oportunidade de conhecer pessoas que me fizeram crescer e
onde comecei a colocar no papel meus sentimentos e emoções.


Lahaina
Enviado por Lahaina em 03/10/2006
Reeditado em 23/08/2015
Código do texto: T255327
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lahaina
Curitiba - Paraná - Brasil
1141 textos (39659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:09)
Lahaina

Site do Escritor