Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[Curta] Não sou sonâmbulo.

O corpo é um amontoado de fios e juntas de carne. Nada mais do que isso.
A vida não faz o menor sentido. Um complexo de nada que pode parar a qualquer momento.
Eu sei disso.
Entrei em contato com o meu coração semana passada enquanto não conseguia dormir.
Ele me disse que era um pedaço de carne e que a qualquer minuto poderia parar.
Eu tenho insônia.
O pavor me tomou conta e só assim consegui dormir.
O medo me faz dormir.
Dois dias atrás acidentalmente deixei meu cigarro cair no chão.
Aceso.
O piso ainda úmido (por algum motivo de álcool) queimou e consumiu aquele homem que estava ali perto em chamas. Não lembro o que ele estava fazendo.
Não lembro o que EU estava fazendo.
Essa noite foi a melhor noite de sono da minha vida.
De modo que decidi continuar.
O corpo é um amontoado de fios e juntas de carne. Nada mais do que isso.
Penso nisso enquanto coloco meu revolver na cintura. Arrumo meu cabelo com um gel qualquer e espero o envelope passar por debaixo da porta.
Olho no espelho e vejo meu futuro.
Não há morte. Sangue ou pedaços de crânio espatifado na parede.
Existe apenas eu, dormindo em harmonia.
Essa é minha vida.
A vida de um sonâmbulo.
O engraçado é acordar e ver aquele homem de roupas brancas insistindo pra que eu tome remédio.
Estou aqui desde que nasci.
E eu nunca tomo.
Thom Ficman
Enviado por Thom Ficman em 27/10/2006
Código do texto: T275075
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thom Ficman
Belém - Pará - Brasil
19 textos (1449 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:30)
Thom Ficman