Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Frio

Sentou-se na beira do fogão, aspirando a fumaça que saía das
lenhas de laranjeira seca. O fogo dava-lhe conforto e a aquecia do
frio que fazia pela casa. A temperatura havia caído muito nestes
dias e o vento frio cortava a pele. Mexeu na lenha e atiçou o fogo.
        Precisava sair para pegar mais lenha. Fazer o quê? Tinha de ser
feito ou passaria frio a noite toda.
        Colocou o xale de lã e saiu na escuridão silenciosa e fria.
Sentiu o gelado a subir-lhe pelas pernas, mas não deu importância.
Caminhou ligeiro, cuidando para não apagar o lampião de querosene.
Andou uns poucos passos e divisou o monte de lenhas. Soltou o
lampião e ajuntou uns galhos e umas achas da lenha empilhada.
        Não ouviu o estalar das folhas secas ou se ouviu pensou ser
o vento. Não sentiu quando a lâmina cortou-lhe o pescoço. Ou se
sentiu, pensou ser o frio que lhe penetrava nas entranhas...

odeteronchibaltazar
Enviado por odeteronchibaltazar em 16/09/2005
Código do texto: T50976

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
odeteronchibaltazar
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 63 anos
37 textos (2582 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:13)
odeteronchibaltazar