Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caso Vivaldi (4)

    Alguém bate na porta do quarto de Dominique e a própria vai atender, é Franco, seu irmão gêmeo.
    - Entre. Aconteceu alguma coisa? Pergunta a irmã.
    - Tento descansar e não consigo, fico pensando em milhares de coisas.
    - O que está te incomodando?
    - A relação entre o Mariano e os nossos pais. Por que eles não enxergam o nosso irmão como um homem valoroso? Desde a morte do Henrique ele tenta compensar o papel do primogênito, faz os maiores sacrifícios pela família. Será que nossos pais o vêem como um invejoso do Henrique?
     - A mamãe provavelmente sim, já que o primogênito era o primeiro e indiscutível, mas o papai está cada vez mais flexível com Mariano, o assassinato está deixando o coração dele cada vez mais mole.
     - Eu queria que ele fosse mais carinhoso comigo, ele só me trata muito bem por causa do segredo que seria mortal para ele se fosse revelado.
     - Então são dois segredos, pois parece que também existe um sobre Mariano que pode destruir essa família.
     - Mamãe não suporta Mariano. Não é? Pergunta Franco
     - Sim. Esse segredo deve ter algo a ver com o desprezo dela.
     - Eu tive sorte de não ter sido desprezado desse jeito pela mamãe.
     - Pois é ela te adora, mesmo que você sendo assim, não quero usar a palavra para não ofender.
     - Não ofende, eu quero mesmo é que a pessoas me olhem com orgulho e não com desprezo e pena.
     - Você sabe que seus irmãos sempre vão estar do seu lado, não importa o que aconteça.
     - Muito obrigado Nique. Franco chamava a irmã carinhosamente por esse nome
     - Agora vamos assistir ao filme que o Mariano nos chamou para ver no quarto dele.

       
      Os gêmeos foram ao quarto de Mariano que acabara de desligar o telefone.
      - Quem era? Pergunta Franco
      - Fábio, um colega da faculdade.
      - E por acaso você se despede de homens com beijos? Ta na cara que tem mulher na estória.
      - Tem, mas é segredo, não posso falar agora.
      - Está bem. Vamos ver o filme?
      - Vamos, deixe-me só ir a banheiro. Podem ligar o home theater.
 
         Dominique aproveitou para mexer na escrivaninha do irmão e achou um bilhete endereçado a Heloísa.
      - Então é ela.

      Antes de Henrique e Heloísa ficarem noivos Mariano ficou perdidamente apaixonado pela mulher do irmão, mas Henrique morreu sem saber disso, pois Mariano nunca contaria para não magoar seu melhor amigo.
Farah
Enviado por Farah em 14/08/2006
Código do texto: T216264

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Farah
Curitiba - Paraná - Brasil, 30 anos
93 textos (7303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:17)
Farah