Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

casamento matuto

eita casamento arretado
era pra ser uma moça e um moço juntando os trapos
o pai da moça um fazendeiro
com dinheiro adoidado
despois que morreu a mãe e a fia ricas ficaram
mais as duas por um moço se apaixonram
o moço? vixi minha nossa senhora!
sem dinheiro, sem famía
quase pedindo esmola
mais o que nós vamos fazer?
quando dois coraçoes se juntam
nada pode rompe
crys matos
Enviado por crys matos em 01/06/2008
Reeditado em 03/05/2011
Código do texto: T1015019

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
crys matos
Arapiraca - Alagoas - Brasil, 22 anos
71 textos (27323 leituras)
3 áudios (237 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/14 16:14)
crys matos



Rádio Poética