Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O JURI DAS SETE MULHERES


 O JÚRI DAS SETE MULHERES

Aconteceu em Ipaumirim
No dia 21 de maio
E a notícia se espalhou
Tão rápida quanto um raio
O júri das SETE MULHERES
Sendo também a ré
Tal qual todas nós
A oitava mulher!

MAGNA SUELY emprestou brilho
A esse júri afamado
Muito bem vestida
Mostrando um porte bem talhado,
Com seu rosto simpático
Sempre esboçando um sorriso
Mas tendo na consciência
Que ser justa era preciso!

ALLISÂNGELA emprestou juventude
Com seu jeito de menina,
Docemente educada,
Gente pra lá de fina.
Sabendo que era necessário
Ser sóbria, saber votar,
Pois na justiça das mulheres
Podiam os homens confiar!

DODÔ foi realmente
Uma figura exemplar
Quem se sentou ao seu lado
Isto pôde constatar.
Muito bem disciplinada
Com sua boa educação
Ouvindo aos debates
E tirando sua conclusão.


Eu sou LÚCIA DORE
Essa pessoa que vos fala
Gente tão tagarela
Que por nada se cala.
Estou sempre a registrar
Fortes ou sutis notícias,
Pra mim, ficar neste júri
Foi a melhor das delícias!


O que nos fez sentir bem
Todos muito à vontade
Foi o fato do Dr. Juiz,
Apesar de tanta seriedade,
Ter nos tratado afavelmente
Procedendo de modo justo,
Esta foi sempre a tônica
Do Dr. CLÁUDIO AUGUSTO!

Com muita sabedoria
Comportou-se FÁTIMA JOSUÉ
Enaltecendo a figura
Tão soberana da mulher!
Com muita segurança
Participou do corpo de “jurado”
Com avidez ouvia ao promotor
E também ao bom advogado!


CÉLIA LUSTOSA com sua voz mansa
Foi uma presença relaxante
Ouvia ao debate com atenção
Como se fosse uma estudante.
Quando tudo terminou
Ela foi tão prestativa
Nos levando para casa
Já que estávamos “só vivas!”


TEREZA PEREIRA preocupava-se
Com seu querido alunado
Pois tivera que deixá-lo
Por conta desse “jurado”(1)
Mesmo assim foi tão serena
Na hora da votação
Mostrando que a mulher
Também age com a razão!

Por sua vez louvo o comportamento
Do simpático Dr. LEYDOMAR,(2)
Que com sua serenidade
Nos fazia relaxar,
Mesmo quando bem maior
Se fazia a tensão
No momento em que nós
Procedíamos a votação!

Devo ainda ressaltar
A figura do oficial de Justiça
Que nos atendia prontamente
Sem canseira ou preguiça;
O caro Sr. CHICHICO
Estava ali o tempo inteiro
Ora pra nos dar bombom
Ou nos levar pro banheiro!

Obrigada caros representantes
Da justiça em Ipaumirim
Terra doce e hospitaleira
Um “favo de mel” pra mim!
Sereis sempre lembrados
Por vossos procedimentos
Durante todo o tempo
Em que se deu o julgamento!
 1 Forma popular de “Júri”
2Defensor Público – Comarca de Ipaumirim
Obrigada!
LUMA            
Luma Dore
Enviado por Luma Dore em 12/03/2006
Reeditado em 12/03/2006
Código do texto: T122233

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luma Dore
Ipaumirim - Ceará - Brasil
13 textos (1924 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:26)
Luma Dore