Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pequena Meretriz -parte II


Aos doze anos de idade
Pregado a cruz do vicio
Seu corpo trêmulo frio
Conhece com extrema dor
A irada e tenebrosa droga
Possuindo como chaga
Sua mente criança de flor.

Junto a ela outros infantes
Loucos entre ranger de dentes
Fumam a droga da morte
Acusam o destino em vão
Por ter-los posto nesta nação
A mercê da ingrata sorte.

São os filhos do acaso
Que rotos pela cidade
Fintam a fome e o cansaço
Diante da humanidade...

São os meninos lembrados
Nos palanques enfeitados
Pra encantar multidão
Onde homens ricos e falsos
Distribuem promessas e abraços
Pra comprar uma nação...

Mas, esses que o país empresta!
Também o futuro estreita
Quando manso, assiste as crianças!
Trazendo com frágeis passos
O amanhã entre os braços
Despido de esperanças...

ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 12/04/2006
Código do texto: T138145

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e endereço para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (207325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:08)
ULISSES de ABREU