Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O CAIPIRA QUE VIROU CRENTE

LÁ EM "NÓIS", ONDE EU VIVIA
SÓ CONHECIA ESPINGARDA,
SABIA CAVAR LEIRÃO
BOTAR CUNHA NA ENXADA
MAS NUNCA OUVÍ DIZER
QUE SEM DEUS EU NÃO ERA NADA.

PASSAVA O DIA NA ROÇA
PLANTANDO MILHO, FEIJÃO
MANDIOCA QUE DÁ FARINHA
BATATA E ATÉ ALGODÃO
MAS, PRECISAVA PLANTAR
AMOR NO MEU CORAÇÃO.

EU ERA BRABO, VALENTE
BRIGAVA ATÉ COM A RESTA
MATAVA PAÇO NO DENTE
ERA GROSSO QUE NEM PRESTA
MAS, UM DIA ALGUÉM ME DISSE:
“UMA ESPERANÇA LHE RESTA.”

EU FIQUEI FOI INFEZADO
QUASE MATO QUEM FALOU
ERA O IRMÃOZINHO TONHO
SOBRINHO DE UM PASTOR
QUE ME ENTREGOU UM PAPEL
E PRUM CULTO ME CHAMOU.

EU DISSE: AGORA PRONTO
QUER BEM QUE EU VÁ SER CRENTE
ELE PENSA QUE EU SOU BESTA
SOU É MUITO INTELIGENTE
AGORA EU ME MISTURE
COM ESSE TIPO DE GENTE.

COM ESSA RAIVA NO PEITO
FUI DORMIR NAQUELE DIA
MAS, TIVE UM SONHO TÃO LINDO
QUE DESPERTEI DE ALEGRIA
VÍ UM GRANDE SER DE BRANCO
QUE PELAS MATA NÃO VIA.

NAQUELA HORA EU SABIA
QUE NÃO ERA OUTRO NÃO
POIS NUNCA VÍ TANTA LUZ
NEM NAS FESTA DE SÃO JOÃO
NO SONHO EU DISSE: ESSE É O DEUS
DO PAPEL DAQUELE IRMÃO.

A ELE EU ME CHEGUEI
COMO COMPADRE DE CASA
AS MINHAS MÃOS ESTENDÍ
COMO QUEM ABRE AS ASA
E DISSE, DEUS, ME ABENÇOA
TRANSFORMA ESSE GELO EM BRASA.


DE REPENTE ELE OLHOU
E EU PRA ELE FITEI
ESTENDEU AS SUAS MÃO
E JAMAIS ME ESQUECEREI
DA FRASE QUE ELE FALOU:
“EU JÁ TE ABENÇOEI”.

PENSE NUMA TREMEDEIRA
QUE ME DEU NAQUELE SONHO
QUANDO ACORDEI, TAVA EM CHOQUE
O PODER ERA TAMANHO
E EU DISSE: “A PARTIR DE HOJE
VOU SER CRENTE QUE NEM TONHO.”

NA NOITE DAQUELE DIA
TINHA CULTO DE ORAÇÃO
CHEGUEI MAIS CÊDO DA ROÇA
PEGUEI O MEU ALAZÃO
FUI CORRENDO PRA IGREJA
ME JUNTAR AOS IRMÃO.

FIQUEI LÁ BEM ESCONDIDO
SÓ SENTINDO ARREPIO
O PASTOR DISSE: “CADÊ
O CORAÇÃO QUE ERA FRIO?
HOJE ELE VAI SE AQUECER”
E EU GRITEI: “EU CONFIO”.

CONFESSEI QUE ERA CRENTE
O IRMÃO TONHO CHORAVA
O PASTOR POR MIM OROU
A IGREJA SE ALEGRAVA
AQUI POR DENTRO MEU PEITO
PARECE QUE SE QUEBRAVA.

PARA DEUS NÃO HÁ LIMITE
QUANDO QUER ABENÇOAR
QUEM CRIOU TODAS AS COISAS
TEM PODER PRA TRANSFORMAR
MANDOU O MOÇO DE LONGE
PRA DO SEU AMOR FALAR.

HOJE EU SOU UMA SÊDA
POR QUALQUER COISA EU CHORO
QUANDO VEJO UM VALENTE
NO MESMO INSTANTE EU ORO
PREGO EM TODO INTERIOR
E A CADA DIA MELHORO.

A ESPINGARDA TROQUEI
PELA ARMA QUE TRAZ LUZ
AGORA TÔ BEM MANSINHO
ALEGRE COM O MEU JESUS
VOU PLANTANDO A SEMENTE
DO FRUTO QUE AO CÉU CONDUZ.
MILTON DUARTE
Enviado por MILTON DUARTE em 25/08/2006
Código do texto: T225142

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MILTON DUARTE
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 49 anos
170 textos (566378 leituras)
44 áudios (204922 audições)
1 e-livros (80 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:18)
MILTON DUARTE