Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEM DIAS QUE É DIFICIL

Tem dias que é difícil,
Aguentar os desafios,
E sentimentos vazios,
Invadem todo meu ser,
Então precisamos crer,
Naquilo que já existiu.

O que passou é inerte,
Não movimenta moinho,
Mas geralmente adverte,
Pra uma cobra no ninho,
Já pronta a dar o bote,
 Fingida de coitadinha.

Se tens uma alma boa,
E te tocam as emoções,
Teus pensamentos escoam,
As grandes satisfações,
Ficas esperto com o bote,
Desta serpente, indecisão.

As horrendas malfazejas,
 São conselheiras hostis,
Não dizem o que desejam,
E também não se maldizem,
 Mas disseminam veneno,
 Das folhas até as raízes.

 Com tantas tentações,
Ninguém pode ser liberto,
O diabo enche os porões,
E o céu vai ficar deserto,
São as tais modificações,
Deste mundo dos espertos.

Vamos torcer todos juntos,
 Pela redenção do povos,
Pra que sejamos defuntos,
 De almas boas e nobres,
E não cadáveres supérfluos,
 De naturezas esnobes.


Cordéis em sextilhas, são estrofes construídas com seis versos, contendo sete silabas em cada.








Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 04/11/2010
Reeditado em 16/04/2015
Código do texto: T2597371
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Jacó
Taubaté - São Paulo - Brasil, 60 anos
2713 textos (161020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/05/17 06:38)
Miguel Jacó