Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NAS TREVAS E NA LUZ.

De Manoel Lúcio de Medeiros.


Nas luzes eu vejo a fonte,
Da vida a me convidar,
E um sol que ilumina,
Noite e dia sem cessar!
Um claro que nunca apaga,
Um raio que brilha a luz,
Um fogo vivo que acende
Num horizonte que prende.

Nas trevas vejo o escuro,
Perde-se na escuridão,
Eu vejo que dentro daquilo,
Só existe a perdição,
No escuro se esconde,
Os males que dão plantão,
Ferindo todos os homens,
Negando sempre o perdão!

Nas trevas vejo a morte,
Recebendo o seu castigo,
Punindo o ser com dores,
Gerando o inimigo,
Sem ter dó ou piedade,
Sem socorro na cidade,
Quem vence é a maldade,
E o bem, pra trás ficando!

Na luz vejo a esperança,
Estrela sempre a brilhar
A uma paz serena e santa,
E a hora sem vacilar,
Vejo no norte um abrigo,
No sul confiança eu pus,
Tudo de bom que eu viso,
Vou só encontrar na luz!



Direitos autorais reservados.




 









Malume
Enviado por Malume em 13/10/2006
Código do texto: T263373
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16867 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:30)
Malume