Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A GRANA ESTÁ MAIS CURTA QUE CABELO DE RECRUTA

Vem chegando o Natal
E o povo brasileiro,
Muito gentil e festeiro,
Gostaria, e é normal,
De dar um presente legal
A cada figura impoluta,
Mas apesar da labuta,
A esse prazer se furta.
A grana está mais curta
Que cabelo de recruta.

E esta situação
É o retrato fiel
Do que sente este menestrel
No fundo do coração.
Presentear um irmão
Hoje em dia é uma luta
Inglória, contra a força bruta.
Um coitado quase surta.
A grana está mais curta
Que cabelo de recruta.

Bom mesmo era antigamente.
Por mais pobre que se fosse,
A vida era bem mais doce
E comprava-se presente
Pro amigo e pro parente.
E ninguém mais refuta
Este argumento batuta:
Hoje não cresce nem murta.
A grana está mais curta
Que cabelo de recruta.
Mario Roberto Guimarães
Enviado por Mario Roberto Guimarães em 05/11/2006
Reeditado em 27/06/2009
Código do texto: T282612
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Roberto Guimarães
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
1952 textos (229722 leituras)
2 áudios (624 audições)
1 e-livros (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:36)
Mario Roberto Guimarães