Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORDELZINHO DOIS
LETRAS NO ESPELHO
Sandra Fayad

Minhas frases são molduras
Da confiança espelhada
Onde desenhei caricaturas,
Que me levaram à derrocada.

Minhas palavras são fraturas
Na memória engavetadas,
Obrigando-me a lembranças
De um tempo sem estrutura.

Sinto falta do meu atleta
Que as maratonas arrastou
Instalou-se em um harém
Distante de onde estou.

Inspiro-me para escrever
Escrevo em busca de ar.
Corro para massagear os pés
Ando para oxigenação celular.

Estico para não encolher
Alongo para me aprumar,
Depois leio para enriquecer
Os textos que vou ofertar.

Na mídia, sou porcelana
Que um virus pode quebrar.
No Sistema, apenas um número
Que só é lembrado nas eleições
Sem candidatos para votar.

Na família, sou membro inútil,
Que formata um doce lar,
Nem tanto, nem tão pouco
É melhor eu me calar...

No trabalho, sou “servidor (a)”
A serviço de um Estado
Corrupto e corruptor
Que só quer se locupletar.

Escrevo o que está engasgado.
Falo da terra, do céu, do mar.
Conto histórias do passado
Onde posso me referenciar.

Faço duetos com o Tó
Um amor de poeta lusitano
Lindo como um curió
Que escolhi para meu par.

Nas cirandas da Efigênia,
Participo por seus valores.

Clevane Pessoa , em seu Blog
Abriu-me portas em cores

Lemberg leu “Espelho Meu”
E premiou-me com flores.

No Recanto da Letras,
Encontrei muitos escritores
Gente séria e talentosa
Poetas fortes, generosos,
Que comigo trocam prosa
E me dedicam louvores.

Conheci Gustavo Dourado
O mais talentoso cordelista
Que vive aqui no cerrado,
Onde São João Batista...

Escolheu para madrinha

Dos meus passos literários
Alguém que sabe o que diz.
De amor construiu um fadário
Intitulado Vânia Diniz.

Aprendi que virtudes e defeitos
Na verdade são bens-de-raiz.

Têm som de gente cortês
Cheiro de briga-de-foice
Sabor insosso de sordidez..

Que espelho emoldurado
É faca afiada de dois gumes
E do diabo, advogado.

Tem ângulo reto e bissetriz
Onde projetamos o futuro
Que costuramos no passado.
(Bsb, 10/11/2006)

 
Sandra Fayad Bsb
Enviado por Sandra Fayad Bsb em 10/11/2006
Reeditado em 28/06/2015
Código do texto: T287574
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sandra Fayad Bsb
Brasília - Distrito Federal - Brasil
628 textos (217526 leituras)
31 áudios (8758 audições)
5 e-livros (3474 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:12)
Sandra Fayad Bsb

Site do Escritor