Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


UMA LENDA AZUL


A história do meu lugar
Venha ao redor do fogão
Que ao senhor vou contar
A lenda do meu pinhão

Gralha Negra estava ali
Na grande copa dormia
O barulho, ouviu dali
De um machado procedia

Foi então que ela notou
Que o machadeiro ardiloso
Sem piedade cortou
Um pinheiro majestoso

Do barulho quis fugir
Muito mais alto subiu
De azul vou te vestir
Uma voz ela ouviu

E assim o passarinho
Ganhou uma nova cor
Ficou todo azulzinho
Um presente do Senhor

Já que gosta do pinhão
Eu agora vou dizer
Preste muita atenção
Como é que vai comer

Você pega a semente
Para que não apodreça
Seja muito previdente
Abra primeiro a cabeça

E assim que se fartar
Lembre o que vou dizer
E o jeito é enterrar
Uns para depois comer

Gralha Azul hoje ensina
A enterrar o pinhão
Com a ponta para cima
Para não dar podridão

O pinhal do meu Estado
Tem uma grande valia
E já não pode ser cortado
Ao prazer de quem queria

Espero que a humanidade
Aprenda bem a lição
De cuidar com caridade
Da árvore do pinhão
Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 06/08/2005
Reeditado em 18/04/2010
Código do texto: T40675

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lili Maia
Curitiba - Paraná - Brasil
484 textos (66694 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:16)
Lili Maia