Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PESCA MILAGROSA

Depois da morte de Jesus
Pedro sentiu-se desanimado
Olhando aos outros discípulos
Quedo, mudo e calado
Pedro disse: eu vou pescar
Pois o barco no mar
Pelos outros acompanhado

Lançou as redes ao mar
Os outros o imitaram
Passaram a noite pescando
E nada eles pegaram
Foi uma luta inglória
Tomaram outra trajetória
Rumo a margem voltaram

Estavam lavando as redes
Jesus deles se aproximou
O que tens para comer
O mestre a eles perguntou
Já com a rede lavada
Eles responderam nada
Esta noite se pescou

Não reconheceram Jesus
E o mestre assim falou
Lançai a rede a direita
Fizeram como ele mandou
Foi tanto peixe apanhado
Pra fora sendo puxado
E a rede não se rasgou

Aquele que é conhecido
Que lhe tinha mais amor
Reconhecendo a Jesus
Disse a Pedro: É o Senhor
Pedro estando nu se vestiu
Do barco na água caiu
Disse: Afasta-te de mim Senhor

Olhando para o outro lado
Viram um peixe assado e pão
O mestre disse: Trazei um peixe
Para a nossa refeição
Pedro a rede puxou pra fora
Aproximou-se sem demora
Pôs o peixe em sua mão

Eles reconhecendo Jesus
Junto dele ficaram
Jesus deu-lhes pães e peixes
E com ele almoçaram
Tendo a todos servido.
O tinham reconhecido
Mas nada o perguntaram.

Morto e ressuscitado
Junto com eles andando
Discípulos e mestre juntos
O mestre a eles ensinando
Reinava tranqüilidade
Cheios de felicidade
Pensavam estarem sonhando

E nós acreditamos...?
A pergunta está lançada
Pois é pela nossa fé
Que a graça é alcançada
Feliz quem não viu e crê
Porque por ele vai ter
A sua culpa lavada.

                      Evg Jo. 21, 1-14.
Zé Bezerra o Águia de Prata
Enviado por Zé Bezerra o Águia de Prata em 01/09/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T634250
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
PESCA MILAGROSA - Zé Bezerra o Águia de Prata
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Bezerra o Águia de Prata
Teresina - Piauí - Brasil, 88 anos
287 textos (67149 leituras)
152 áudios (23959 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:44)
Zé Bezerra o Águia de Prata