Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Casamento da Fulô com o Marimbondo

Beijando a Fulô toda hora
Marimbondo apaixonô
O docinho  qui ela dava
Marimbondo não largô
Foi amô de longa data
Marimbondo intão gostô!

Na Fulô qui era grande
Marimbondo si hospedô
A Fulô apaixonada
Marimbondo conquistô
Era um amor tão profundo
Marimbondo intão gostô!

Foi uma festa tão boa
Marimbondo se casô
Ela de véu e grinalda
Marimbondo admirô
Casaram bem casadinho
Marimbondo intão gostô!

Despois veio o sór bem quenti
Marimbondo incabulô
A Fulô murchô todinha
Marimbondo se intristô
A Fulô se foi morrendo
Marimbondo não gostô!

A vida de todo mundo
É iguar à da Fulô
No iníço tudo é bunito
Iguar a dita Fulô
Mas dispois a vida murcha
Toda beleza acabô!

Num dianta tanto orgulio
Isso tudo é iguar à Fulô
Mesmo tendo um marimbondo
Num dianta ser Fulô
Nem marimbondo agüenta
Vendo qui tudo murchô!

Pur issu que sempre falo
Qui a beleza da Fulô
É passagêra depressa
Surgiu, abriu e murchô
Vamo oiá só prá frente
Ó Marimbondo qui sô!




Thales de Athayde
Enviado por Thales de Athayde em 26/10/2007
Código do texto: T711613

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thales de Athayde
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
80 textos (5973 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:48)
Thales de Athayde