Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A URGÊNCIA DO MEU MUNDO NÃO CABE NUM TELEGRAMA.

HOMENAGEM AO POETA CAETANO XIMENES ARAGÃO, QUE EM 1971 NO SEU LIVRO O PASTERIO DA NUVEM E DO VENTO ESCREVEU: "A URGÊNCIA DO MEU MUNDO NÃO CABE NUM TELEGRAMA".

O Caetano Ximenes Aragão,
um bom médico, grande humanista,
que das letras também foi um artista,
dizia já ele com muita visão
e nos fazia uma grande previsão;
quando enxada ainda cortava grama
quando ainda se usava aerograma
termo que pouca hoje gente sabe,
a urgência do meu mundo não cabe
mesmo dentro  de simples telegrama.

Hoje sua previsão  concretizada
internet, telefone celular
que alcança em quase todo lugar.
Até a sua  Meruoca, terra amada,
já está ao mundo conectada.
Ele deixou aqui  bonita chama.
E a sua poesia faz jus a sua fama.
Não se pode deixar que ela  desabe.
A urgência do meu mundo não cabe
mesmo dentro  de simples telegrama.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
OUTUBRO/2007
Henrique César
Enviado por Henrique César em 05/11/2007
Código do texto: T724549

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique César
Fortaleza - Ceará - Brasil, 65 anos
582 textos (126874 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:27)
Henrique César