Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO DEIXE "ELE", DESTRUIR VOCÊ

                 ROBERTO RIBEIRO EM: 26/04/2004
                         roberto@dr.pb.senai.br


O cidadão acredita
Que um dia vai crescer,
Luta com todas as forças
Para não desvanecer,
Vai esquecendo amarguras
E até as desventuras
Pois ele quer se erguer.

Começa fazendo plano
Pra construir no futuro,
Pensa logo numa casa
Como seu porto seguro,
Esquece do seu lazer
Mas é mesmo por querer
Pois já se sente maduro.

Depois da casinha feita
Pensa logo em casamento,
Para viver sempre a dois
O melhor do sentimento,
Dado pelo criador
Em todo seu esplendor
Sem o menor fingimento.

E depois de tanta luta
Seu sonho se realiza,
Construiu todo projeto
Que o cidadão precisa,
Conquistou a liberdade
Ganhou estabilidade
E pela vida desliza.

Motivado pela mídia
Como qualquer cidadão,
Experimenta na festinha
Uma batida de limão,
Achou a bicha gostosa
Docinha e saborosa
E não quis parar mais não.

Ficou logo embriagado
E aprontou no salão,
Foi um grande desmantelo
Acredite meu irmão,
O sujeito levou pau
Foi parar no hospital
Pois foi grande a confusão.

Logo no dia seguinte
Amanheceu pensativo,
Com uma dor de cabeça
Por causa do aperitivo,
Envergonhado do feito
Ainda deitado em seu leito
Procurando explicativo.

Arrependido do feito
Pediu perdão à família,
Fez jurar a todo mundo
Que já mais se repetia,
Aquela cena indecente
Que deixou tão diferente
Nunca mais acontecia,

Não se passou muito tempo
A mesma cena acontece,
Maltrata esposa e filhos
E logo após ele esquece,
Felicidade se acaba
E o seu sonho desaba
E a família padece.

O sonho foi desabando
O casamento desfeito,
Relaxamento chegou
E foi perdendo o respeito,
Tornou-se um ser depravado
Maltrapilho e relaxado
Que só”Deus” pode dar jeito.
 
Escrito e postado por: Roberto Sales ( Roberto Ribeiro)
Roberto Sales
Enviado por Roberto Sales em 08/11/2007
Código do texto: T729224

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Sales
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 63 anos
79 textos (32816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:49)
Roberto Sales