Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dia de sertanejo

Mote de ABEL....Um dia de sertanejo / Já mata minha ferida...

Sou um matuto do mato
Vivo uma vida tranquila
Levo na minha mochila
O que preciso de fato
Carrego tambem meu gato
Eu sou de bem com a vida
Sempre encontro uma saida
Faço tudo que desejo
Um dia de sertanejo
Já mata minha ferida

Matuto como farinha
Rapadura com beijú
Como papa de angú
E farofa de galinha
Lavo prato na cozinha
E na hora da partida
Agradecendo a comida
Diz quarquer dia te vejo
Um dia de sertanejo
Já mata minha ferida... Glosas: HugoAraujo 14/11/2007  enviar recado cancelar

HUGO ARAUJO
Enviado por HUGO ARAUJO em 14/11/2007
Código do texto: T736529

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HUGO ARAUJO
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 69 anos
194 textos (21919 leituras)
6 áudios (383 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 06:05)
HUGO ARAUJO