Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE SERÁ CRIATIVIDADE POETAL


No fundo, no fundo... Todos temos uma alma poetal... A questão é desenvolvê-la...
Osculos e amplexos
Marcial

O QUE SERÁ CRIATIVIDADE POETAL...
Marcial Salaverry

Exercer a criatividade é algo nem todos conseguem fazer, embora possa-se afirmar que todos tem uma certa criatividade interior.  Falta muitas vezes descobrir qual o talento criativo que se encontra embutido, escondido em algum cantinho misterioso do cérebro.
Pessoas assim, passam a vida em brancas nuvens (ou quase), e  de repente descobrem que são capazes de fazer coisas até então tidas e havidas como impossíveis. E despertam para a vida.  Mas... essa é uma outra história, que fica para uma outra vez...
Aliás, era assim que terminavam os contos de fada de meu tempo de infância...Chega a ser meio apropriado, pois, se meu tempo de infância está meio perdido nas curvas do tempo, existem muitas fadas e magos atualmente.
Quem podem ser essa fadas e magos? Existem realmente? As vezes creio que não existem, que se trata de minha imaginação.  Mas é uma realidade, e uma realidade muito linda.
Estou me referindo às muitas e muitos poetas e escritores que vejo surgirem do nada, com textos lindíssimos que recebo via Internet. Se não os conheço pessoalmente, posso dizer que conheço sua alma, através de seus escritos.
Sem qualquer sombra de dúvida, a melhor maneira de se conhecer alguém, é lendo o que escreve.  Desde um simples bilhete, até um lindo poema.
Escrevendo, geralmente as pessoas desnudam sua alma.  Através de coisas ficcionais, como contos, poesias ou poemas (pergunto aos poetas, qual a real diferença entre poesia ou poema), revelamos nosso verdadeiro "eu". Coisa que a realidade nua e crua da vida, quase sempre nos impede de fazer, devido convenções e obrigações profissionais.
E na capacidade de dar a esse mundo de sonhos um toque quase real, é que o poeta mostra sua criatividade, sendo capaz de transmitir aos leitores uma “realidade”, que pode leva-los a “ver” como real, tudo aquilo que  escreve.  Fazer do imaginário algo verdadeiro... Essa a criatividade que revela o talento poetal.
Existem dois tipos de escritores.
Temos aqueles que agem, digamos, cientificamente, ou seja, primeiro procuram um tema, estudam-no e começam a escrever já com um plano de trabalho formado na cabeça. São os chamados "cerebrais".  Tem seu talento devidamente disciplinado.  Geralmente fizeram Escola de Artes, e sabem como ninguém trabalhar o talento que têm dentro de si, usando com perfeição toda a técnica poetal.  Entre os poetas clássicos, encontramos inúmeros exemplos.
Temos os chamados "escritores intuitivos".  Para estes um simples fato corriqueiro, já pode se transformar em um conto, ou um poema. E também deixam seus sentimentos aflorar. Se surge algo ou alguém que lhe mereça atenção, já serve de inspiração para se soltar através de um poema, e isto é criatividade pura.  É um talento inato que não pode ser desperdiçado.
Abordando esse ponto de vista, realmente fico pasmo, ao ver,  como por vezes, de um nada, de uma simples palavra, de uma conversa, eles buscam em seu talento privilegiado, a inspiração para um texto, que quase sempre, chega a ser uma verdadeira obra de arte.
Isto, crianças, não se aprende na escola.  Nasce com a pessoa.  Por vezes leva muito tempo para aparecer, seja por timidez, seja por falta de oportunidade.
É exatamente isso que quis dizer com "Criatividade Poetal". Esse talento inato não deve ser sufocado.  Muito pelo contrário, se algo lhe servir de inspiração, ponha essa inspiração no papel.  Muitas vezes nossa autocrítica nos impede de ver talento naquilo que escrevemos. Por isso, nunca se acanhem em mostrar para todos seu talento.
Como nunca haverá unanimidade de opinião (alguém já me disse não ver talento nenhum em Vinícius de Morais...), não perca as esperanças se "alguém" disser que seu trabalho não é bom.  Insista, pois sempre encontrará quem o aprecie devidamente.
Nunca podemos esquecer que nada neste mundo goza de unanimidade. Para cada pessoa que não aprove seu talento, sempre poderá encontrar outro que aprecie.
Portanto... o importante é  confiar em seu próprio potencial e procurar expor seu trabalho.  O talento não deve ser desperdiçado.
Então, como um poeta diria...
tenham UM LINDO DIA...
cheio de paz e alegria...
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 18/01/2006
Código do texto: T100414
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19866 textos (1963423 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:23)
Marcial Salaverry