Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um senhor de cabelos grisalhos

Meus cabelos já estão grisalhos, os anos já se passaram, e não tenho com quem compartilha-los, pensava consigo mesmo um  certo senhor.

Enquanto pesava em sua vida solitária, sentou-se ao seu lado  um jovem rapaz, de aparentemente 17 anos, desanimado, mais não disse nada.

O senhor que murmurava, parou de murmurar e passou  a observar aquele jovem e disse
assim:
   - Já tive uma idade igual a sua!
 O jovem não deu a mínima idéia para as palavras daquele senhor.

Mesmo assim o senhor continua a falar.

Nesse mesmo lugar onde você esta, eu  já estive um dia, com a mesma expressão na face, recebendo conselhos de um velho como eu...

Aquele senhor meu jovem! Desconfiado de que meu desanimo era causado pela perda de meu amor, me aconselho a  ir atrás dela, sabe o que fiz?
Fiquei aqui sentado todos esses anos esperando ela voltar.

Mas sabe meu jovem!  Me arrependo de ter ficado aqui, ela nunca voltou.
Após essas palavras o jovem que ali estava sentado no banco da praça todo calado, se levantou com um sorriso no rosto e abraçou aquele senhor que tinha lhe dito sabias palavras.

 Seguindo o conselho do velho, o jovem rapaz foi atrás de sua amada.
Cheio de alegria no coração quis contar aquele velho sobre a volta com a namorada.
Entretanto não sabia onde ele morava.
Então decidiu procura-lo na praça, naquele banco onde  tinha se sentando ao lado dele, quem sabe o velho não estaria de novo ali.

E no dia seguinte lá estava o  jovem que queria contar para aquele velho senhor que tinha conseguido apanhar sua amada dentro de um ônibus indo direto a Mato groso, e que lá mesmo eles voltaram a namorar.

Mas ali também ele não o encontrou,  foi então ate  o vendedor de Rot Dog que trabalhava  na praça e perguntou onde estava aquele velho senhor de cabelos grisalhos.
O vendedor abaixou a cabeça e disse que aquele senhor tinha falecido no dia anterior logo depois que um jovem tinha saído de lá.

Aquele senhor só queria mudar a historia de uma outra pessoa, ele não queria que tivesse outro senhor de cabelos grisalhos sentados ali no banco de um praça a reclamar de sua vida.
Nunca deixe de se aconselhar com uma pessoa mais velha às vezes a resposta que você precisa esta com o que ela já viveu.
     
Barc
Enviado por Barc em 22/01/2006
Código do texto: T102274

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Benilton Reis). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Barc
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 26 anos
195 textos (17866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:55)
Barc