Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vende-se dívidas (escrevi esse texto enquanto eu estava sonambulo e por isso o texto não teve fim pois voltei para cama ainda sonambulo. Os erros gramaticais foram corrigidos quando acordei).

Fui numa loja curiosa dias atrás. Só pelo seu nome estampado na entrada já causava curiosidade nos menos curiosos: "Vende-se dívidas de todos os preços". Era algo que não dava para entender de primeira vista, mas logo fui entendendo o funcionamento desse comércio tão exótico e aparentemente único. Após entrar me deparei com um homem gordo, de bigode, debruçado no balcão.

-Vai alguma dívida aí chefe? - me perguntou logo.

Perguntei-lhe qual a finalidade daquela loja.

-É simples: você compra uma dívida. Por exemplo: por somente cinco reais você compra uma dívida de dois reais e cinquenta centavos. Daqui a um mês tem que quitar esta dívida, porque se não começa com juros compostos de dez por cento a cada dia.

Não entendi qual a vantagem que o consumidor levaria e pedi explicações.

-Nenhuma - respondeu.




Calor do cão
Enviado por Calor do cão em 24/01/2006
Reeditado em 24/01/2006
Código do texto: T103391
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Calor do cão
Salvador - Bahia - Brasil, 28 anos
127 textos (9777 leituras)
1 e-livros (39 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:55)