Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BATEU SAUDADE

Um casal separou-se depois de uma briga feia, com ameaça até de afrouxar o "rhoath" da esposa. (Prótese  Parcial  removível)
Diante de tamanha violência verbal, a mulher, que tem trauma de gabinete dentário, desde que um dentista prático extraiu um terço da sua dentição na adolescência, passou a mão nos filhos e partiu para a casa da sua mãe.
Passado uns dias, ela ouviu uma buzina conhecida, no terreiro.
-Oi. Tudo bem?
Sem resposta.
-Fiquei com muita saudade dos nossos filhos e vim.
-Quer entrar?
-Anhrrannn!
-Estamos almoçando. Aceita?
-Sim.
À tarde.
-Hum... Que café saboroso!
-Fui eu que torrei e moí.
-Não me diga, minha sogra!!! A senhora fez isso tudo, sozinha?!
-Uai! Esqueceu-se que eu sempre gostei de fazer esse serviço?
De noite.
Enquanto o pai brincava com as crianças, no soalho, a fazendeira cochichou com sua filha:
-Trata logo de arranjar uma bacia e um jarro com água, para seu marido lavar os pés que, pelo jeito, ele vai pernoitar aqui.
O homem ouviu e levantou-se do chão, dizendo:
-Vou buscar o meu pijama, lá no carro!


Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 02/02/2006
Código do texto: T107193

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55245 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:41)
Anna Célia