Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A BIRRA

Todos os dias, na casa do Paulinho, era a mesma agonia.
O menino não queria tomar banho, para ir à escola; chorava na hora de almoçar; esperneava para vestir o uniforme; não deixava a mãe pentear os seus cabelos, etc e tal.
O pai, acostumado com aquela birra, sempre brincava para acalmar a criança:
-Anda logo que a sua tia “Fudith” está te esperando lá no portão do colégio!
-O nome da minha tia não é assim, papai! É tia Judith!
No dia seguinte.
-Ih... Começou o chororô de novo! Filho, pára com isso para a gente ir logo, escutar aquela lengalenga de sempre: boa tarde com calor, Paulinho! Boa tarde com chuva, Paulinho! Boa tarde com sol, Paulinho! Ah... Essa tia “Fudith” ...
-Não fala assim da minha tia, viu, papai? Eu gosto dela!
Um belo dia, o menino se irritou tanto com as brincadeiras do genitor, que foi chorando até a escola.
Ao chegarem, a recepcionista, muito simpática, cumprimentou o garoto:
-Boa tarde, com lágrimas, Paulinho!
Como o guri não a respondeu, o pai interferiu:
-Filhão, tia Judith está falando com você!
-Não é assim que você fala, lá em casa, papai!
-Uai! E como é que eu falo?!
-Você fala tia “Fu-di-th”!!


Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 14/02/2006
Código do texto: T111821

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55228 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:48)
Anna Célia