Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÚSICA E POESIA.

Na tonga da mironga do cabuletê
Não morri na BR 3
Andei na corda bamba
Sem sombrinha
Queria comer a sobrinha da tia da bailarina
Moro num país tropical
Abençoado por Deus
Ainda bonito por natureza
Mas, cheio de ladrões.
Quando eu morrer
Me enterre na lapinha
Calça, culote paletó
Almofadinha
Mas, no meu velório
Nada de flores mortas,
Vivas muitas mulheres vivas.
Jeus Cristo eu estou aqui, falou?
Quero ter um milhão de amigos
Mas nada de um milhão
Me pedindo empréstimo.
Amélia é que era mulher de verdade
Tinha dois peitos gostosos
E chupava bem demais...
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 16/02/2006
Reeditado em 16/02/2006
Código do texto: T112573
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25268 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:32)